Rádio Vida FM

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rádio Vida FM
{{{alt}}}
A rádio no momento está fora do ar em 96.5 MHz
Rádio Vida FM Ltda.
País  Brasil
Frequência(s) 96.5 MHz
Sede São José dos Campos, SP (outorga)
São Paulo, SP (estúdios)
Slogan A vida é tudo de bom
Fundação 8 de abril de 2014
Proprietário Carlos Apolinário
Género Gospel
Afiliações Em breve - (88.1 MHz -Rio de Janeiro)
Idioma (português brasileiro)
Prefixo ZYM 695
Nome(s) anterior(es) Rádio Gospel
Cobertura 150 Km
Potência 100 kW
RDS Sim
Sítio oficial vidafm.com.br

A Rádio Vida FM é uma estação de rádio brasileira, com outorga para operação na cidade de São José dos Campos, e tem cobertura para toda a Grande São Paulo, Vale do Paraíba e Litoral Norte. Além de estar disponível na frequência 96.5 em São Paulo, a programação da Rádio Vida em breve será transmitida na frequência 88.1 MHz no Rio de Janeiro.

História[editar | editar código-fonte]

A rádio foi fundada por Carlos Apolinário, depois deste adquirir a concessão da frequência 96.5 MHz de Orestes Quércia. Antes de se chamar Rádio Vida, se chamava Rádio Gospel e era dirigida pela Igreja Internacional da Graça de Deus.

Área de concessão[editar | editar código-fonte]

A frequência 96.5 em São Paulo, tem sua cobertura questionada desde o início dos anos 2000, quando ainda pertencia a Orestes Quércia[1]. A concessão para atuação da rádio é para o município de São José dos Campos, no Vale do Paraíba, devendo a rádio atuar exclusivamente nesta região. Ao deslocar os transmissores para Mogi das Cruzes e instalar o estúdio na cidade de São Paulo, a rádio também era sintonizada em toda a Grande São Paulo e Litoral Norte e estaria, portanto, operando sob força de liminar judicial. Em março de 2014 estavam em situação semelhante outras 15 rádios da mesma região, segundo o Ministério Público Federal.[2][3]

Três semanas após a interrupção da transmissão em São Paulo, a direção artística da Rádio Vida assumiu que o motivo da interrupção da transmissão em São Paulo foi em decorrência da apreensão e lacração dos transmissores pela Anatel e Polícia Federal, situação que não foi revertida, mesmo após apelos à justiça. Diante da impossibilidade de operar em 96.5, Juanribe Pagliarin (presidente da Rádio Vida) arrendou outra emissora, a FM 92.5 MHz, desta vez com outorga para a cidade de São Paulo. A Rádio Vida Ltda encerrou, portanto, suas transmissões em 28 de fevereiro de 2014 e toda sua programação migrou para a Rádio Feliz FM, após 20 dias.

Retorno das operações[editar | editar código-fonte]

A direção da Rádio Vida foi devolvida aos proprietários e em 8 de abril de 2014, após decisão liminar da justiça, a Rádio Vida voltou a operar sob nova direção artística.

Fim das operações no FM 96.5 MHz[editar | editar código-fonte]

Em 25 de junho de 2015, após um ano da mesma ação praticada, técnicos da Anatel cortaram o sinal da Rádio Vida na frequência 96.5 FM de São Paulo sob acusações de irregularidades em sua documentação e de que a rádio teria transferido sua antena de transmissão de São José dos Campos (onde encontrava-se a concessão da emissora) para Mogi das Cruzes sem autorização da Agência Nacional de Telecomunicações para que o sinal pudesse chegar mais forte na capital paulista, a direção da rádio nega qualquer acusação em sua página do Facebook e continua operando normalmente na internet.

Nota: Atualmente a emissora era líder no segmento religioso e ocupava a 4ª posição do ranking geral de audiência na cidade de São Paulo, ficando atrás apenas da Band FM, Nativa FM e TransContinental.

Retorno das operações nos 96.5 MHz[editar | editar código-fonte]

Por volta das 19h00 do dia 8 de julho de 2015, após 13 dias fora do ar e mantendo sua grade somente via internet, a emissora voltou a retransmitir sua programação no FM 96.5 MHz de São Paulo e, de acordo com o portal Tudo Rádio, ainda não há a confirmação se a emissora obteve algum recurso para poder operar novamente no espectro FM.

Encerramento das transmissões[editar | editar código-fonte]

Em 24 de julho de 2015, a Rádio Vida deixou novamente o dial FM de São Paulo nos 96.5 MHz após sua programação ser interrompida pela 3ª vez consecutiva pela Anatel devido a negação de que sua antena de transmissão permaneça situada em Mogi das Cruzes já que sua sede é na cidade de São José dos Campos, a programação da emissora continua sendo vinculada normalmente pelo APP da rádio através de tablets e smartphones e também na sua página da web.

Retorno das transmissões[editar | editar código-fonte]

Em 11 de setembro de 2015, após um mês e meio fora do ar a Rádio Vida voltou a transmitir sua programação gospel no dial 96.5 MHz de São Paulo, ainda não se sabe de onde está partindo o sinal da emissora já que pela lei da Anatel o sinal deve ser transmitido de sua concessão em São José dos Campos, o que não foi feito das outras vezes e acarretou o fechamento da emissora, depois disso, outras rádios como a Kiss FM e a Top FM tiveram suas torres de transmissão alteradas para a cidade de suas outorgas após essa forte intensificação da Agência Nacional de Telecomunicações, outras rádios nessa situação devem passar por averiguação.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]