Rádio da Cidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rádio da Cidade
{{{alt}}}
Rádio Comunicação Brasil Ltda.
País Brasil
Cidade de concessão Itapevi, SP
Frequência(s) AM 1370 kHz
Sede São Paulo, SP
Pertence a Rede Mundial de Comunicações
Proprietário(s) Paulo Masci de Abreu
Outras emissoras Rádio da Cidade Mogi das Cruzes
Rádio da Cidade Santos
Formato Comercial
Gênero
Idioma Português
Nome(s) anterior(es) Rádio Atual
Rádio Iguatemi (2001-2007; 2009-2015)
Rádio Apolo (2015-2016)
Emissoras irmãs
Página oficial radiodacidadeam.com.br

Rádio da Cidade (estilizado Rádio DaCidade ou ainda Rádio DACIDADE) é uma emissora de rádio brasileira sediada em São Paulo, capital do estado homônimo. Opera no dial AM, na frequência 1370 kHz, concessionada em Itapevi, e pertence à Rede Mundial de Comunicações, do empresário Paulo Masci de Abreu, que também controla filiais em Mogi das Cruzes e Santos, além de diversas outras emissoras de rádio em AM e FM no estado de São Paulo.

História[editar | editar código-fonte]

A frequência AM 1370 kHz está em funcionamento desde a década de 1990, quando operava como Rádio Atual.[1] Em 2001, passou a usar o nome Rádio Iguatemi, mantendo programação de caráter popular. Em 25 de janeiro de 2007, entra no ar a primeira passagem da Rádio da Cidade pela frequência, com enfoque popular e a prestação de serviços. A programação permanece no ar até 2009, quando retorna a Rádio Iguatemi.

Ainda quando a emissora se denominava de Rádio Iguatemi, o Shopping Iguatemi processou a rádio pelo uso indevido da marca "Iguatemi" em sua nomenclatura, sendo que o nome é uma marca registada da empresa de shopping center. Com isso, a emissora passou a se chamar Rádio Apolo.[2] A rádio também demitiu a sua equipe de profissionais em dezembro de 2014, quando passou a transmitir uma programação só com músicas.[3][4]

Em agosto de 2015, a frequência passa a ser ocupada pela Rede do Coração e suas operações passam para a frequência 1520 kHz, sediada em Mogi das Cruzes.[5][6] A emissora também operava em Campinas, na frequência de FM de 96.5 MHz, que posteriormente passou a transmitir a Rádio Plenitude.[7] A emissora voltou a ser sintonizada em 1370 kHz no final de 2015, ter ficado fora do ar por algumas semanas e ter transmitido a Super Rádio, que possui a sua frequência originalmente em 1150 kHz[8], e a Top FM.

Em 14 de outubro de 2016, a Rádio da Cidade voltou ao ar na frequência 1370 kHz, também sendo transmitida na frequência de Mogi das Cruzes.[9][10] Em 2017, entra no ar uma filial da Rádio da Cidade em Santos.[11]

Referências

  1. Daniel Castro (26 de julho de 1999). «Deputado tem 3 rádios clandestinas». Folha de S. Paulo. Consultado em 9 de dezembro de 2018 
  2. Carlos Massaro (21 de maio de 2015). «Rádio Iguatemi AM também deixa de operar na capital paulista». Tudo Rádio. Consultado em 17 de outubro de 2015 
  3. «Rádio Iguatemi também demite equipe de profissionais». Bastidores do Rádio. 2 de dezembro de 2014. Consultado em 17 de outubro de 2015 
  4. «Rádio Iguatemi mantem programação musical». Bastidores do Rádio. 19 de dezembro de 2014. Consultado em 17 de outubro de 2015 
  5. Daniel Starck (18 de agosto de 2015). «Exclusivo: R.D.C. substitui a Rádio Apolo na frequência 1370 AM de São Paulo». Tudo Rádio. Consultado em 17 de outubro de 2015 
  6. «Rede do Coração assume 1.370 kHz da extinta Rádio Iguatemi». Bastidores do Rádio. 19 de agosto de 2015. Consultado em 17 de outubro de 2015. Cópia arquivada em 3 de março de 2016 
  7. Carlos Massaro (12 de agosto de 2015). «Exclusivo: 96 FM encerra sua programação popular na Grande Campinas e no Leste Paulista». Tudo Rádio. Consultado em 17 de outubro de 2015 
  8. Daniel Starck (28 de dezembro de 2015). «Extra: Rádio Apollo retorna ao AM de São Paulo e de Mogi das Cruzes». Tudo Rádio. Consultado em 6 de janeiro de 2016 
  9. Carlos Massaro (17 de outubro de 2016). «Rádio da Cidade já opera no dial AM da Grande São Paulo». Tudo Rádio. Consultado em 9 de dezembro de 2018 
  10. Leandro Renato (14 de dezembro de 2016). «Mudança no AM paulistano: sai Top e entra Rádio da Cidade». Tudo Rádio. Consultado em 9 de dezembro de 2018 
  11. Daniel Starck (29 de agosto de 2017). «Exclusivo: Rádio Terra deixa o dial AM de Santos. Rádio DaCIDADE assume». Tudo Rádio. Consultado em 9 de dezembro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]