Rádio da Universidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rádio UFRGS AM
{{{alt}}}
Prédio da Rádio UFRGS AM, no Campus Central da UFRGS.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
País  Brasil
Cidade de concessão Eldorado do Sul, RS
Frequência(s) AM 1080 kHz
Sede Porto Alegre, RS
Rua Sarmento Leite, 426 - Centro Histórico
Slogan A pioneira das emissoras universitárias do Brasil.
Fundação 1 de julho de 1950 (1950-07-01)
Pertence a Centro de Televisão Educativa da UFRGS
Proprietário(s) UFRGS
Formato Universitária
Gênero Música erudita e jornalismo
Faixa etária Público de 30 a 70 anos
Idioma Português
Prefixo ZYK 260
Prefixo(s) anterior(es) ZYU 67
Emissoras irmãs UFRGS TV
Cobertura Região Metropolitana de Porto Alegre
Coord. do transmissor 30° 0' 20.0" S 51° 20' 09.0" O
Dados técnicos Potência: 10 kW
Classe: B
RDS: Não
Webcast Ouça ao vivo
Página oficial Página oficial

A Rádio UFRGS AM (mais conhecida como Rádio da Universidade ou Universidade AM) é uma estação de rádio brasileira com sede em Porto Alegre, RS. Pertence à Universidade Federal do Rio Grande do Sul e opera na frequência 1080 kHz AM. É caracterizada por executar música clássica e erudita na maior parte de sua programação. Seu estúdio se localiza no Campus Central da UFRGS, no Centro Histórico de Porto Alegre e seus transmissores estão no município de Eldorado do Sul. É a primeira estação de rádio universitária do Brasil.

História[editar | editar código-fonte]

A Rádio da Universidade foi inaugurada em 1 de julho de 1950, sendo a primeira estação de rádio educativa a ser operada por uma universidade no Brasil. Inicialmente, era transmitida em ondas curtas, na faixa de 76 metros, e transmitia programas educativos sobre atividades da Universidade, além de informações do observatório astronômico. No entanto, a emissora não era autorizada a transmitir programação musical.[1]

Em 1953, a emissora ganha um novo transmissor de 2 kW, ainda em ondas curtas. No entando, no final do mesmo ano, a rádio foi retirada do ar, pois a emissora estava transmitindo músicas, o que era proibido. Em 20 de janeiro de 1954, o então reitor da UFRGS, Eliseu Paglioli, em uma audiência com o então presidente Getúlio Vargas, solicitou a concessão de um canal de rádio em AM. Em 18 de novembro de 1957, durante o governo do presidente Juscelino Kubitschek, a emissora voltou ao ar, dessa vez em 1080 kHz.[2]

Em 1960, os estúdios da Rádio da Universidade foram transferidos para um prédio no Centro Histórico de Porto Alegre, onde desde 1920 estava funcionando a Seção de Meteorologia do Instituto Astronômico e Meteorológico. O prédio foi reformado e adaptado para receber a emissora e foi restaurado em 1989, 1992 e 2000.[1]

Em julho de 1990, a Rádio da Universidade se tornou a primeira emissora AM da cidade a usar CD na programação musical. Em 1995, a emissora começou a digitalizar a programação. Em novembro deste ano, a emissora passa a ter 24 horas de programação diária. Em setembro de 1997, a estação inaugurou o seu website, e em março do ano seguinte, a UFRGS AM se tornou uma das primeiras emissoras de rádio do Brasil transmitir a sua programação pela internet.[2]

Programação[editar | editar código-fonte]

A Rádio da Universidade possui uma programação voltada à música erudita, cultura e jornalismo, além de possuir alguns programas experimentais, produzidos por alunos da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação (Fabico), supervisionados por professores. A seleção musical é feita pelo departamento de programação, que é composto por servidores da Universidade. Os programas culturais e jornalísticos são produzidos e/ou curados pelo departamento de jornalismo da emissora.

  • Jornalismo 1080: Boletim de notícias com 10 minutos de duração que vai ao ar de segunda à sexta, ás 9h e 18h, trazendo um resumo das principais informações da cidade, do estado, do Brasil e do Mundo.
  • Universidade Revista: Happy hour com a agenda cultural da cidade e programação musical, do jazz à MPB.
  • Jornal da UFRGS: Notícias e entrevistas sobre a Universidade nas áreas de ensino, pesquisa e extensão, além de atividades e eventos voltados à comunidade universitária e em geral.
  • Por Volta do Meio Dia: Programa experimental de alunos do curso de Jornalismo da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação.
  • UFRGS em Canto: Biografia e gravações de corais, grupos vocais e madrigais brasileiros e internacionais.
  • Música Antiga: Com comentários e exemplos musicais de performances históricas, o programa aborda a música do passado, desde os seus primórdios até o século XIX.
  • Folhetim: Entrevistas com escritores, sobre suas obras e trajetórias. É produzido pelo departamento de jornalismo.
  • Latinidade: As culturas, as músicas e as notícias da semana no continente ibero-americano.
  • Música em Pessoa: A trajetória e a produção de professores, alunos e egressos dos cursos de Música da UFRGS, em entrevistas permeadas por música.
  • Entrevista Coletiva: Programa laboratorial em que alunos do curso de Jornalismo da Fabico conversam com uma personalidade.
  • Toccata: A música organística de todas as épocas, com comentários sobre seus autores, intérpretes e temas pertinentes a este instrumento.
  • Momento do Patrimônio: Programa jornalístico que aborda sobre o Patrimônio Cultural de Porto Alegre.
  • Diálogos UFRGS: A universidade em pauta. Atualidade, realizações e gestão da UFRGS. Entrevistas com integrantes da Reitoria e Administração Central da Universidade. Veiculado também pela UFRGS TV.
  • Nota Musical: Programa sobre música erudita. Traz também a agenda de concertos da cidade e entrevistas.
  • Estação Cidadania: Entrevistas sobre as ações de extensão realizadas pela UFRGS com foco em educação, direitos humanos e cidadania.
  • Boletim Astronômico: informações astronômicas trazidas do Observatório Astronômico da UFRGS.
  • Uma Ópera por Semana: todas as tardes de domingo, o programa traz uma ópera diferente.

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Açorianos[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Indicação Resultado
2007[3] Honra ao Mérito Rádio da Universidade Venceu

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Rádio da Universidade». Setor de Patrimônio Histórico - UFRGS. Consultado em 26 de setembro de 2019 
  2. a b «Nossa História». Consultado em 25 de setembro de 2019 
  3. «Vencedores do Prêmio Açorianos de Música - 2007». Consultado em 2 de maio de 2018