Rádio no Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A radiodifusão no Brasil surgiu em 7 de setembro de 1922,[1] sendo a primeira transmissão um discurso do então presidente Epitácio Pessoa, porém a instalação do rádio de fato ocorreu apenas em 20 de abril de 1923 com a criação da "Rádio Sociedade do Rio de Janeiro".

Na década de 1930 começou a era comercial do rádio, com a permissão de comerciais na programação, trazendo a contratação de artistas e desenvolvimento técnico para o setor. Com o surgimento das radionovelas e da popularização da programação, na década de 1940, começou a chamada era de ouro do rádio brasileiro, que trouxe um impacto na sociedade brasileira semelhante ao que a televisão produz hoje.

Com a criação da televisão o rádio passa por transformações, os programas de humor, os artistas, as novelas e os programas de auditório são substituídos por músicas e serviços de utilidade pública. Na década de 1960 surgiram as rádios FMs que trouxeram mais músicas para o ouvinte.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «História do Rádio no Brasil». Consultado em 2 de dezembro de 2008.. Cópia arquivada em 20 de dezembro de 2014 
  2. «História do Rádio no Brasil», Grupo escolar 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]