Rémi Taffin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Rémi Taffin é um engenheiro francês formado pela École supérieure des techniques aéronautiques et de construction automobile (ESTACA, Promotion 1998), atualmente ele o diretor técnico de motores[1] da Renault Sport F1.[2][3]

Carreira na Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Depois de trabalhar um tempo na Fórmula 3, ele se juntou ao grupo Renault em 1999 e trabalhou sucessivamente com British American Racing, Arrows, Benetton Formula e Renault F1 Team.

Em 2005 e 2006 ele trabalhou com o bicampeão mundial Fernando Alonso.

A partir de 2012, tornou-se chefe das operações faixas de Renault Sport F1 e apoio a várias equipes usuárias do motor V8 da fabricante francesa. Ele contribuiu para os quatro títulos mundiais conquistados pela equipe Red Bull Racing.[4]

Referências

  1. «RENAULT AUMENTA PRESENÇA NO AUTOMOBILISMO». Sala de Imprensa Renault. Consultado em 20 de janeiro de 2017 
  2. «Rémi Taffin, Director de Operações Renault Sport F1». Renault Portugal. Consultado em 20 de janeiro de 2017 
  3. «Diretor da Renault vê comparação com Mercedes difícil e avalia: "Eles estão escondendo o jogo"». Grande Prêmio. Consultado em 20 de janeiro de 2017 
  4. Renault Sport : « Rémi Taffin » (consultado em 20 de janeiro de 2017)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]