Rómulo Díaz de la Vega

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Rómulo Díaz de la Vega
Nascimento 23 de maio de 1800
Cidade do México
Morte 3 de outubro de 1877
Puebla de Zaragoza
Cidadania México
Ocupação político, militar,
Movimento estético conservadorismo

Rómulo Díaz de la Vega (Cidade do México, 1800? - Puebla, Outubro de 1867) foi um militar e político conservador mexicano.[1]

Ocupou interinamente a presidência do México, durante dois dias, após a demissão de Antonio López de Santa Anna até à nomeação de Martín Carrera.[1] Após a demissão deste último, ocupa pela segunda vez e interinamente o cargo de presidente durante cerca de três semanas, nomeado pelas chefias militares que se haviam revoltado contra Carrera, até ser substituído por Juan Álvarez.[1]

Fez parte do grupo de conservadores que impôs Maximiliano de Habsburgo como imperador em 1863.[1]

Referências

  1. a b c d Tucker, Spencer; Arnold, James R.; Wiener, Roberta; Pierpaoli (Jr.), Paul G.; Cutrer, Thomas W.; Santoni, Pedro (2013). The Encyclopedia of the Mexican-American War: A Political, Social, and Military History (em inglês). 1. Santa Bárbara: ABC-CLIO. pp. 197–198 

Precedido por
Antonio López de Santa Anna
Presidente do México (interino)
13 de Agosto a 15 de Agosto de 1855
Sucedido por
Martín Carrera
Precedido por
Martín Carrera
Presidente do México (interino)
12 de Setembro a 4 de Outubro de 1855
Sucedido por
Juan Álvarez