Rô Fonseca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Rô Fonseca é um poeta, cronista e compositor de Niterói, RJ. Nasceu em 26 de abril de 1947.

Licenciou-se em Contabilidade na Faculdade do Centro Educacional de Niterói e formou-se em Ciências Contábeis e Administração na Faculdade Celso Lisboa. Ainda assim, ele se define: "sou um contador de estórias, já que os números não são meu forte".

Compôs mais de 80 músicas em parceria com diversos autores, dentre eles Nelson Sargento e, mais constantemente, Ilmar Paes, para o qual produziu o CD Várias Formas.

Durante alguns anos foi cronista do Nosso Jornal de São Gonçalo.

Escreve poesias desde jovem e sempre gostou de ler. Quando criança, um de seus passatempos prediletos era ler as embalagens das caixas que caiam em suas mãos. Na adolescência, organizava jornais no colégio. Oriundo das classes menos favorecidas, precisou pelejar para vencer na vida.

Obras e premiações[editar | editar código-fonte]

  • Livro "Poetas Brasileiros de Hoje" – 1986 – Editora Shogum Arte – Poema "Solidão"
  • Concurso de Poesia Infantil – Fundação do Livro Infantil e Juvenil (MEC) – 1988 – Finalista
  • Exposição Individual de Poesias – CEHAB-RJ – Março/Abril – 1990
  • Estande do Grupo Kizomba (II Feira Luso Brasileira, no Riocentro) – 1990 – Poema "Meu Nome"
  • Jornal Obakòso – nº 01 – Junho/1991 – Poema "Mater et Magistra"
  • Concurso Literário do Servidor do Estado do Rio de Janeiro – 1995 – 1º Lugar Poesia Infantil – Poema "Transformações da Natureza"
  • Livro "Caixa de Brinquedos" - 2009, com poesias infantis

Ligações externas[editar | editar código-fonte]