RJ-107

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Avenida Coronel Sisson
Avenida Automóvel Clube
Estrada Velha da Estrela
País
Nome popular Estrada Velha
Identificador  RJ-107 
Tipo pavimentada
Extensão 25 km
Extremos
 • norte:
 • sul:

Alto da Serra, Petrópolis, RJ
BR-116, Imbariê, Duque de Caxias, RJ
Concessionária DER-RJ
Rodovias estaduais do Rio de Janeiro
A partir da localidade de Raiz da Serra, em Magé, a estrada passa a ser de paralelepípedos, com falta de manutenção e sinalização, e muito sinuosa. A estrada é tombada pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (INEPAC).

A RJ-107 é uma rodovia do estado do Rio de Janeiro.

Com 25 quilômetros de extensão, liga a BR-116, altura de Imbariê, terceiro distrito de Duque de Caxias ao município de Petrópolis.

É dividida em três trechos. O primeiro, conhecido como 'Avenida Coronel Sisson' que passa além de Imbariê, pelos bairros de Santa Lúcia e Parada Angélica, começando pela Rua Veronica, e passando por baixo do Viaduto da Rio-Teresópolis (BR-116) e encontrando a 'Avenida Coronel Sisson'. O segundo trecho chamado de 'Avenida Automóvel Clube' passando pelo bairros de Fragoso e Piabetá, até o distrito de Vila Inhomirim. onde no terceiro trecho se chama Estrada Velha da Estrela, sendo nesse trecho com serra acima em paralelepípedo, com muitas curvas, sinalização deficiente e pouca manutenção até o bairro Alto da Serra (Petrópolis). Estes são fatores que provocam constantes acidentes de automóveis, sejam por batidas entre automóveis ou por quebras provocados por buracos ao longo desta esquecida estrada, e que a torna muito perigosa.

Corta a Mata Atlântica e por toda a sua extensão, podemos encontrar contrastes entre os belos pontos naturais, muita mata, antigas e humildes vilas e barracos.

RJ-107 na localidade de Meio da Serra, divisa entre os municípios de Magé e Petrópolis

É conhecida popularmente como Estrada Velha, já que antes da inauguração da BR-040 este era o principal acesso para a cidade da Região Serrana Fluminense. É uma das estradas mais antigas do Brasil.

Por estar entre as cidades de Petrópolis e Magé e por não ser a principal via de acesso à estas cidades, a responsabilidade de conservação desta estrada não é de nenhuma das cidades, porém a Prefeitura de Petrópolis iniciou em 2018 um projeto de recuperação da estrada.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]