RJ-145

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Avenida Silas Pereira da Mota
Avenida Vereador Osmar Dias Ferreira
Rodovia Alberto Santos Dumont
Identificador  RJ-145 
Tipo pavimentada
Extensão 108 km
Extremos
 • sul:
 • norte:

RJ-139.svg RJ-139, em Passa Três, em Rio Claro, RJ
RJ-151.svg RJ-151, Manuel Duarte, em Rio das Flores, RJ
Interseções BR-116 RJ.svg BR-116 (Rodovia Presidente Dutra)
RJ-133.svg RJ-133
RJ-137.svg RJ-137
RJ-143.svg RJ-143
RJ-115.svg RJ-115
RJ-135.svg RJ-135
Concessionária Atualmente DER-RJ e em breve, cedida a concessão privada.
Rodovias Estaduais do Rio de Janeiro
Trecho entre Valença e Rio das Flores denominado "Rodovia Alberto Santos Dumont"

A RJ-145 é uma rodovia do estado do Rio de Janeiro.

Com 108 quilômetros de extensão, liga o distrito de Passa Três, no município de Rio Claro ao distrito de Manoel Duarte, no município de Rio das Flores.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Seu primeiro trecho, tendo como ponto de partida o distrito de Passa Três em Rio Claro, começa no entroncamento desta rodovia com a RJ-139, conhecida como "antiga Rio-São Paulo", e segue até o Centro do município de Piraí.

RJ-145 no trecho do perímetro urbano do município de Piraí.

No segundo trecho, que beira o lago formado pelas águas do Rio Piraí, que abastecem o sistema do Reservatório da Represa de Ribeirão das Lajes, pertencente à Light S.A., a rodovia segue até o Centro de Barra do Piraí, onde nos perímetros urbanos, recebe os nomes de Avenida Silas Pereira da Mota e Avenida Vereador Osmar Dias Ferreira, quando então prossegue, atravessando a rodovia Lúcio Meira (BR-393), até a cidade de Valença.

Em seu terceiro e último trecho, denomimado Rodovia Alberto Santos Dumont, parte de Valença até o distrito de Manuel Duarte, no município de Rio das Flores, após atravessar a sede deste, onde encontra a RJ-151 e no entroncamento com a RJ-133, há um posto da PRE e está no pacote de concessões de rodovia proposto pelo GERJ[1].

A RJ-145 incorpora em alguns de seus trechos, antigos leitos de ferrovias que operaram na região como o trecho entre o distrito de Passa Três em Rio Claro e a cidade de Barra do Piraí, correspondente a antiga Linha da Barra da Rede Mineira de Viação, o trecho que segue pelo Centro do município de Valença, correspondente ao antigo Ramal de Jacutinga da Estrada de Ferro Central do Brasil e o trecho que liga Valença à cidade de Rio das Flores, correspondente ao antigo Ramal de Afonso Arinos, também pertencente à Estrada de Ferro Central do Brasil. [2][3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «GOVERNO LANÇA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CONCESSÃO DE RODOVIAS ESTADUAIS». GERJ. Consultado em 11 de Junho de 2020. Cópia arquivada em 21 de Janeiro de 2019 
  2. «Bela Vista -- Estações Ferroviárias do Estado do Rio de Janeiro». www.estacoesferroviarias.com.br. Consultado em 7 de outubro de 2020 
  3. «Valença -- Estações Ferroviárias do Estado do Rio de Janeiro». www.estacoesferroviarias.com.br. Consultado em 7 de outubro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]