RTP Açores

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
RTP Açores
Radio e Televisão Portuguesa Açores
Logótipo da RTP Açores
Tipo Generalista
País Flag of Portugal.svg Portugal
Fundação 10 de agosto de 1975 (41 anos)
Pertence a Grupo RTP - Rádio e Televisão de Portugal
Slogan Unimos as ilhas
Cobertura Açores (por radiodifusão)
Portugal Continental e Madeira (por TV cabo)
Página oficial http://www.rtp.pt/acores/
Disponibilidade aberta e gratuita
TDT
5 (somente no território do arquipélago dos Açores)
Disponibilidade por cabo
MEO
18 (Açores)
202 (Portugal Continental e Madeira
NOS
18 (Açores e serviço por Satélite)
189 (Portugal Continental e Madeira
NOWO
28 (Portugal Continental
Vodafone
149 (Portugal Continental

A RTP Açores é um canal de televisão de características regionais pertencente ao Grupo RTP - Rádio e Televisão de Portugal e assumindo a responsabilidade e a missão pela prestação do serviço público da televisão na Região Autónoma dos Açores.

História do canal[editar | editar código-fonte]

O projecto para a RTP Açores nasceu com o 25 de Abril de 1974 e com a hipótese de serem criados canais de televisão regionais.

Futuro logótipo da RTP Açores

A ilha de São Miguel foi escolhida para receber o centro emissor, instalando-se os primeiros estúdios num edifício em São Pedro, nos arredores da cidade de Ponta Delgada, após algumas obras de adaptação.

Antiga sede da RTP Açores na cidade de Ponta Delgada.

No dia 10 de Agosto de 1975 foi para o ar a primeira emissão de televisão nos Açores, com a duração excepcional de 6 horas, uma vez que durante o período das emissões experimentais, que durou dois meses, a televisão emitia cerca de 3 horas diárias. Abriu às 15h30, com a intervenção do Presidente da Junta Governativa dos Açores, o General Altino Pinto de Magalhães, e fechou às 21h30 com o Telejornal.

A 4 de Junho de 2012, a RTP Açores concentrou a produção regional entre as 17:00 e as 00:00. No restante horário, o canal emite em simultâneo com a RTP3.

A 8 de Maio de 2015, ao celebrar os seus 40 anos de emissões e por ocasião das festas em honra do Senhor Santo Cristo dos Milagres, a RTP Açores iniciou as suas transmissões por cabo para Portugal Continental através do canal 202 da MEO, do canal 189 da NOS, do canal 185 da Vodafone e do canal 28 da Cabovisão. Nessa mesma ocasião, a RTP Açores partilhou a emissão das festas religiosas com a RTP Internacional tendo alcançado ampla visibilidade nas ilhas Bermudas, assim como nos Estados Unidos da América e no Canadá.

A RTP Açores tem, também, um vasto leque de ficção regional realizada pelo próprio canal. Um dos seus grandes impulsionadores foi José Medeiros, grande realizador cinematográfico. Grande parte do seu elenco não tem currículo artístico, mas Alguns dos seus trabalhos trataram-se da adaptação televisiva de grandes obras da literatura açoriana. Outro tema também bastante presente foram as tradições e costumes da Região, predominando o regionalismo. Alguns exemplos:

No dia 30 de agosto de 2016, a RTP Açores investiu 2,5 milhões de euros no seu primeiro estúdio virtual numa antiga escola sediada na Praia da Vitória, Terceira.[1]

Programas[editar | editar código-fonte]

Informação regional[editar | editar código-fonte]

  • Jornal da Tarde (Açores)
  • Telejornal (Açores)
  • Açores Hoje
  • Açores 24
  • Teledesporto
  • Troféu
  • Consulta Externa
  • Causa Pública
  • Parlamento (Açores)
  • Conselho de Redação
  • Atlântida (Açores)

Informação Nacional[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão em Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «Primeiro estúdio virtual da RTP Açores em funcionamento na Terceira na próxima semana - Açoriano Oriental». Consultado em 2016-09-03.