Radiante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O radiante de uma chuva de meteoros é um ponto no céu de onde (para um observador num planeta) os meteoros parecem originar.[1] A nominação de uma chuva e meteoros pode estar associada à localização do radiante no céu. As Perseidas, por exemplo, têm seu radiante localizado na constelação de Perseus.[2]

Um observador pode ver os meteoros em qualquer posição no céu, mas a direção de movimento, se rastreada, apontará para o radiante. Um meteoro que não aponta para o radiante de qualquer chuva de meteoros conhecida é conhecido como esporádico e não é considerado como componente de uma chuva.

A localização do radiante é um fator importante para a observação. Se o radiante está próximo ao horizonte, poucos ou nenhum meteoro deve ser visto. Isso ocorre porque apenas meteoros se movendo muito próximos a uma tangente da superfície terrestre.

Causas[editar | editar código-fonte]

Uma chuva de meteoros é causada por detritos e poeira deixados no caminho de um cometa. Como os corpos componentes da chuva se movem aproximadamente numa mesma direção, os caminhos dos meteoros vistos na atmosfera apontam todos para a mesma direção do caminho do cometa.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Radiant» (em inglês). NASA. Consultado em 25 de outubro de 2019 
  2. «Perseids» (em inglês). International Meteor Organization. Consultado em 25 de outubro de 2019 


Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço relacionado ao Projeto Astronomia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.