Rafael Cruz Ojer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rafael Cruz
Informações pessoais
Nome completo Rafael Cruz Ojer
Data de nasc. 18 de janeiro de 1985 (30 anos)
Local de nasc. São Paulo,  Brasil
Altura 1,76 m
Destro
Apelido Jimmy Neutron
Informações profissionais
Clube atual America de Recife
Posição Lateral-direito
Clubes de juventude
****-2003 Brasil Esporte Clube Santo André
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2003-2004
2005–2007
2008–2010
2010–2014
2011–2012
2013
2013
2014–2015
2014
Brasil Santo André
Brasil Democrata-SL
Brasil Atlético-GO
Brasil Atlético Mineiro
Brasil Atlético-GO (emp.)
Brasil Ceará (emp.)
Brasil Atlético Goianiense (emp.)
Brasil São Bernardo
Brasil Náutico (emp.)

00* 0000(*)
00* 0000(*)
0032 0000(0)
0026 0000(1)
0056 0000(0)
0015 0000(0)
0017 0000(0)
0029 0000(0)
0023 0000(0)
000


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 8 de abril de 2015.

Rafael Cruz Ojer (São Paulo, 18 de janeiro de 1985) é um futebolista brasileiro, joga na função de lateral-direito, Atualmente defende o America de Recife.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Rafael Cruz começou nas categorias de base do Esporte Clube Santo André.Na equipe paulista, atuou no grupo principal de 2003 até 2004, sendo campeão da Copa São Paulo de Juniores de 2003,da Copa do Estado de São Paulo de 2003,Vice-campeão do Campeonato Brasileiro da Série C de 2003 e campeão da Copa do Brasil de 2004.Entre 2005 e 2007 defendeu o Democrata de Sete Lagoas.Em 2008 foi contratado pelo Atlético-GO e fez temporadas brilhantes e 32 jogos.Em 2008,foi 3º colocado no Campeonato Goiano e campeão do Campeonato Brasileiro da Série C.Em 2009,foi vice-campeão goiano e conseguiu também o acesso ao Campeonato Brasileiro da Série A de 2010,ficando na 4º posição na Série B de 2009.Em 26 de fevereiro de 2010, foi apresentado como novo reforço do Atlético-MG na Cidade do Galo.Viveu altos e baixos na equipe,fazendo,entre 2010 e 2011, 26 jogos,sendo 18 jogos no Brasileirão,3 no Mineiro,2 amistosos,2 na Copa do Brasil e 1 na Copa Sulamericana contra o Santa Fé-COL,sendo 11 vitórias,7 empates e 8 derrotas,marcando 1 gol sobre o Avaí,no dia 17 de outubro,no Campeonato Brasileiro de Futebol de 2010,quando Rafael tocou para Neto Berola que devolveu de calcanhar para Rafael chutar de pé esquerdo[1] .Foi campeão do Campeonato Mineiro de 2010,sendo eleito o 2º melhor lateral-direito da competição e em 2011,foi vice-campeão.Em 15 de junho de 2011,foi emprestado ao Atlético-GO,fazendo 56 jogos.No dia 17 de Novembro de 2011,no empate entre Santos e Atlético-GO em 1 x 1 na 35º rodada do Campeonato Brasileiro de 2011,com gols de Paulo Henrique Ganso (Santos) e Leozinho Moura (Atlético-GO),no Pacaembu,Rafael Cruz deu uma caneta em Neymar.Ainda em 2011,venceu o Troféu Armando Nogueira de melhor lateral-direito do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2011 e em 2012,foi vice-campeão goiano.Em 2013,foi contratado junto ao Atlético-MG pelo Ceará,sendo campeão cearense e fazendo 15 jogos.No decorrer do ano,foi emprestado ao Atlético-GO e ficou em 16º no Campeonato Brasileiro de Futebol da Série B,fazendo 17 jogos na temporada,se livrando do rebaixamento na 38º e última rodada quando o time venceu o Guaratinguetá por 2 x 0 com gols de Juninho e Ricardo Jesus após os 85 minutos (Rafael Cruz começou como titular).Em 2014 foi contratado em definitivo pelo São Bernardo,quando a equipe fez 23 pontos no Campeonato Paulista de 2014,sendo o 8º time que somou mais pontos na primeira fase e ficando em 13º colocado no campeonato todo.Foi contratado pelo Naútico por empréstimo para a disputa da Série B de 2014,ficando na 13º posição somando 50 pontos,fazendo 23 das 38 partidas do time no campeonato.Em 2015,voltou ao São Bernardo Futebol Clube para a disputa do Paulistão 2015.Ficando em 13º no campeonato e sendo o 12º time que mais somou pontos.Pelo clube,fez 29 jogos,sendo seu último na vitória sobre o Marília por 4 x 0,no dia 8 de abril.Em sua carreira,nunca foi rebaixado em seus 7 clubes e 12 anos de carreira profissional (até 2015).Ao término do campeonato,negociou com alguns clubes,entre eles o Paraná,mas não concordou com os valores e ficou sem clube.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Campanhas em destaque[editar | editar código-fonte]

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

Honrarias[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Rafael Cruz marca 1º gol com a camisa do Atlético-MG e mostra evolução. Visitado em 17 de Agosto de 2015.