Rafael Pires Monteiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rafael
Informações pessoais
Nome completo Rafael Pires Monteiro
Data de nasc. 23 de junho de 1989 (29 anos)
Local de nasc. Coronel Fabriciano (MG), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,92 m
Canhoto
Apelido Rafa
Informações profissionais
Período em atividade 2008
Clube atual Cruzeiro
Número 12
Posição Goleiro
Clubes de juventude
2002–2008 Cruzeiro
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2008– Cruzeiro 0103 000(0)
Seleção nacional
2009 Brasil Sub-20 0014 000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 14 de outubro de 2018.

Rafael Pires Monteiro, mais conhecido como Rafael Monteiro, ou simplesmente Rafael (Coronel Fabriciano, 23 de julho de 1989), é um futebolista brasileiro que atua como goleiro. Atualmente joga pelo Cruzeiro.[1][2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Rafael passou a fazer parte da categoria de base do Cruzeiro Esporte Clube em 2002, aos 13 anos de idade.[3] O jogador fez sua estréia como profissional no dia 29 de maio de 2008, em amistoso realizado no Estádio Independência, em que o Cruzeiro venceu o América por 2 a 1.[4]

No começo de 2014, Rafael passou por duas intervenções cirúrgicas que deixaram o jogador fora dos gramados. No começo do ano ele foi submetido a um procedimento no joelho esquerdo, ficando fora da fase de grupos da Copa Libertadores. O jogador voltou a treinar me maio. Em outubro o jogador passou por outra cirurgia, dessa vez para corrigir problema no menisco direito.[5][6][7]

Em 17 de julho de 2016, Rafael sofreu uma fratura no quarto dedo da mão direita durante o aquecimento para a partida contra o Fluminense, válida pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.[8] No dia 20, o jogador foi submetido a uma cirurgia no dedo anelar da mão direita.[9] No dia 27 de agosto, já recuperado da cirurgia, o jogador renovou seu contrato com o Cruzeiro até 2019 e foi anunciado como substituto de Fábio, que rompeu o ligamento cruzado do joelho direito.[10] Logo na primeira partida após assumir a posição titular, em vitória sobre o Santa Cruz por 2 a 0, pelo Campeonato Brasileiro, o goleiro fez uma excelente defesa em cabeçada de Wallyson. A intervenção foi eleita a principal da rodada pelo canal Sportv.[11]

No dia 13 de novembro, Rafael completou 50 jogos pelo Cruzeiro, no empate sem gols com o Palmeiras, partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador tornou-se o 25º goleiro a alcançar essa marca na história da equipe. Com o resultado, o time chegou à terceira partida consecutiva sem ser vazado na competição.[12]

Rafael demostrou ser um exímio defensor de pênaltis, mantendo uma invencibilidade na temporada 2016. Ele defedeu a cobrança de Nikão na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-PR, pela Primeira Liga; o arremate de Andrés Chávez, na derrota por 1 a 0 para o São Paulo, pelo Brasileiro e também em cobrança de Cárdenas, no triunfo por 1 a 0 sobre o Vitória, pelo Brasileiro. Na quarta cobrança, de Diego Souza, em jogo contra o Sport, a bola acertou o travessão.[11]

Em abril de 2017, com o retorno de Fábio aos gramados, a vaga de goleiro titular passou a ser disputada entre o dois atletas.[13] O técnico Mano Menezes destacou a importância de Rafael após o goleiro evitar um gol aos 47 minutos do segundo tempo contra o América e garantir o empate na primeira partida da semifinal do Campeonato Mineiro: "Felizmente o Rafael é nosso. Quando tomei a decisão de mantê-lo na reta final é porque eu obedeci a esse grande momento que ele vive, além do ritmo de jogo na competição. Ele vem sendo um goleiro regular, felizmente temos dois grandes goleiros e estamos bem servidos", disse o treinador.[14] Em boa forma, o goleiro de 27 anos permaneceu na equipe principal na atual maratona de jogos decisivos pela Copa do Brasil, Campeonato Mineiro e Copa Sul-Americana.[15]

Ao fim do Campeonato Mineiro, Rafael foi eleito o melhor goleiro da competição, recebendo o Troféu Globo Minas.[16]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Cruzeiro (Divisões de Base)
Cruzeiro

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

  • Troféu Globo Minas de Melhor Goleiro do Campeonato Mineiro : 2017

Referências

  1. «Perfil do jogador no site Ogol». Ogol.com.br. Consultado em 12 de maio de 2015. 
  2. «Perfil do jogador no site do cruzeiro». Cruzeiro Esporte Clube. Consultado em 12 de maio de 2015. 
  3. FERNADES, Thiago (3 de setembro de 2016). «Substituto de Fábio deixou interior aos 13 anos para morar no Cruzeiro». UOL Esporte 
  4. «Perfil do jogador no site do cruzeiro». Cruzeiro Esporte Clube. Consultado em 7 de fevereiro de 2016. 
  5. «Recuperado de cirurgia, Rafael volta à reserva de Fábio no Cruzeiro». UOL Esporte. 16 de maio de 2014 
  6. «Goleiro Rafael passará por operação para corrigir lesão no menisco do joelho direito». Superesportes. Portal UAI. 23 de outubro de 2014 
  7. «Goleiro Rafael opera o joelho e deve ter alta ainda nesta terça». O Tempo. 28 de outubro de 2014 
  8. «Goleiro Rafael sofre fratura em dedo e será operado no Cruzeiro». Isto É. Portal Terra. 19 de julho de 2016 
  9. MORAES, Isabelly (20 de julho de 2016). «Goleiro Rafael do Cruzeiro passa por cirurgia no dedo da mão e fica afastado por um mês». Vavel 
  10. «Novo titular do Cruzeiro, goleiro Rafael renova contrato com o clube até 2019». Isto É. Portal Terra. 27 de agosto de 2016 
  11. a b MADUREIRA, Thiago. «Seguro, com estrela e pegador de pênalti: Rafael se consolida e ameaça império de Fábio». Superesportes. UAI 
  12. ARRUDA, Rafael (13 de outubro de 2016). «Em jogo de número 50 pelo Cruzeiro, goleiro Rafael valoriza ponto somado contra o líder». Superesportes. UAI 
  13. FERNANDES, Thiago (13 de abril de 2017). «Por que vitória de Rafael sobre Fábio no Cruzeiro é apenas momentânea». UOL Esporte 
  14. «Rafael faz nova defesa do jogo e Mano se rende: "felizmente ele é nosso"». UOL Esporte 
  15. FERNANDES, Thiago. «Mano prefere Rafael ao ídolo Fábio, que não quer ficar no banco do Cruzeiro». UOL Esporte 
  16. Prata, Thiago (7 de maio de 2017). «Atlético e Cruzeiro dominam seleção do Troféu Globo Minas». O Tempo 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]