Raffaele Piria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Raffaele Piria
Raffaele Piria
Nascimento 20 de agosto de 1814
Scilla
Morte 18 de julho de 1865 (50 anos)
Turim
Cidadania Reino de Itália
Alma mater
Ocupação químico, professor universitário, político, médico
Prêmios
Empregador Universidade de Pisa

Raffaele Piria (Scilla, 20 de agosto de 1814 – Turim, 18 de julho de 1865) foi um químico italiano, que converteu a substância salicilina em um açúcar e um segundo componente, que oxidado transforma-se em ácido salicílico, o principal componente da droga analgésica aspirina (ácido acetilsalicílico). Outras reações descobertas por Piria foram a conversão do ácido aspártico em ácido málico pela ação do dióxido de nitrogénio,[1] e a reação de compostos nitro aromáticos com sulfetos em sulfonação aromática.[2]

Referências

  1. Piria, Raffaele (1848). «Recherches sur la constitution chimique de l'asparagine et de l'acide aspartique». Annales de chimie et de physique. 22: 160–179 
  2. Piria, Raffaele (1851). «Über einige Produkte der Einwirkung des schwefligsäuren Ammoniaks auf Nitronaphtalin». Annalen der Chemie und Pharmacie. 78: 31–68. ISSN 0075-4617. doi:10.1002/jlac.18510780103