Raimundo Nonato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
São Raimundo Nonato
Cristo coroando São Raimundo Nonato (Museu do Prado)
Confessor
Nascimento 1204 em Portell, Comarca de Segrià, Catalunha, Reino de Aragão
Morte 1240 (36 anos) em Cardona, Bages, Catalunha, Reino de Aragão
Veneração por Igreja Católica
Canonização 1657, Roma por Papa Alexandre VII
Festa litúrgica 31 de agosto
Padroeiro Baitoa, República Dominicana; parto; crianças; grávidas; pessoas acusadas falsamente; febre; crianças; parteiras; recém-nascidos; obstetras
Gloriole.svg Portal dos Santos

São Raimundo Nonato (em catalão: Sant Ramon Nonat, em espanhol: San Ramón Nonato, em francês: Saint Raymond Nonnat, em maltês: San Rajmondo Nonnato) é um santo católico romano que viveu no século XIII e se rebelou contra a escravidão, que na época era tida como natural por muita gente.

Vida[editar | editar código-fonte]

Raimundo recebeu a alcunha de Nonato ("não nascido") porque foi extraído do ventre de sua mãe, já morta antes de dar-lhe à luz, ou seja, não nasceu de uma mãe viva, mas foi retirado de seu útero, algo raríssimo à época. Por isso é festejado, no dia 31 de agosto, como o patrono das parteiras e obstetras.

Em 1224 entrou na Ordem de Nossa Senhora das Mercês, que era dedicada a resgatar os cristãos capturados pelos muçulmanos levados para prisões na Argélia. Mas ele não queria apenas libertar os escravos, lutava também para manter viva a fé cristã dentro deles.

Capturado e preso na Argélia, converteu presos e guardas, mas teve a boca perfurada e fechada por um cadeado para não pregar mais. Após sua libertação, foi nomeado em 1239 cardeal pelo papa Gregório IX, todavia no início de seu caminho a Roma padeceu violentas febres pela qual morreu.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Servilio Conti. O santo do dia.- 10. ed revisada e atual - Petrópolis, RJ: Vozes, 2006

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Raimundo Nonato