Rainbow Rowell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rainbow Rowell
Nascimento Rainbow Rowell
24 de fevereiro de 1973 (43 anos)
Omaha (Nebraska), EUA
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Filho(s) 2
Magnum opus Eleanor & Park
Página oficial
http://rainbowrowell.com/blog/

Rainbow Rowell (Omaha, 24 de fevereiro de 1973) é uma autora norte-americana de livros jovens-adultos ou adulto-contemporâneo. Suas obras Eleanor & Park e Fangirl receberam muitos elogios de crítica e público em 2013. Ela é casada e tem dois filhos.[1] Seus quatro livros já foram publicados no Brasil pela editora Novo Século. Em Portugal, a Edições Chá das Cinco publicou dois dos seus livros, Eleanor & Park e Fangirl, em 2015.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Rainbow foi colunista e copywriter no jornal Omaha World-Herald entre 1995 e 2012.[3] Depois de sair do Omaha World-Herald, Rainbow começou a trabalhar para uma agência publicitária.

A autora começou a escrever aquele que se tornaria o seu primeiro romance a ser publicado, Attachments, nos seus tempos livres. Rainbow teve um filho nesta altura e fez uma pausa na escrita do manuscrito durante dois anos.[4] O romance, publicado em 2011, é uma comédia romântica contemporânea sobre um "it guy", Lincoln O'Neil, que tem um único trabalho: monitorar o e-mail de outras pessoas. Ele acaba se apaixonando por Beth, o único problema é que ele já leu todos os emails dela.[5] A revista Kirkus Reviews considerou-o um dos melhores primeiros romances daquele ano.[6]

Ainda em 2011, Rainbow terminou o primeiro rascunho do romance Fangirl para o projeto National Novel Writing Month.[7] Este foi o primeiro livro escolhido para o Reblog Book Club da rede social Tumblr.[8]

Em 2013, foram publicados dois livros de Rainbow: Fangirl e Eleanor & Park. O primeiro romance é sobre Cath, uma garota louca por fanfiction. Ela e sua irmã gêmea Wren estão indo para a faculdade, mas Cath acaba desapontada quando descobre que Wren quer deixar as fics de lado e aproveitar a universidade. Ela começa a sentir-se sozinha. Depois de fazer amizade com a colega de quarto e o namorado dela, Cath acaba se apaixonando. O segundo se passa em 1986 e conta a história de como dois desajustados se apaixonam, narrando sempre as experiências do primeiro amor.[9]

Ambos os romances foram escolhidos pelo The New York Times como sendo dois das melhores ficções para jovens adultos do ano.[10] Eleanor & Park foi ainda considerado um dos 10 melhores livros do ano pela Amazon[11] e o melhor livros para jovens adultos do ano pelos utilizadores do site Goodreads (Fangirl ficou em segundo lugar).[12] O estúdio DreamWorks e a presidente da Sidney Kimmel Entertainment, Carla Hacken, estão a trabalhar numa adaptação ao cinema de Eleanor & Park e Rainbow será responsável pelo roteiro.[13]

No ano em que foi publicado, Eleanor & Park foi alvo de censura por parte de um grupo de pais de um liceu do Minnesota. O grupo considerou o romance profano em virtude da inclusão de linguagem grosseira e de sexualidade e pediu que fosse retirado das bibliotecas escolares. No entanto, um grupo de trabalho considerou o romance "poderoso, realista e honesto" e decidiu rejeitar o pedido dos pais.[14] Rowell salientou em uma entrevista que o material que esses pais chamaram de "profano" foi o que muitas crianças em situações difíceis tinham que encarar e que "quando essas pessoas chamam Eleanor & Park uma história obscena, eu sinto que eles dizem que superar isso não é possível".[15]

O quarto livro de Rainbow, Landline, um romance para adultos, foi publicado a 8 de julho de 2014. Segue a história de Georgie McCool, uma roteirista de televisão que sabe que seu casamento está com problemas e que vem estado assim há um bom tempo. Ela ainda ama seu marido, Neal, que também a ama profundamente, mas a questão talvez esteja além disso agora. Dois dias antes de eles supostamente visitarem a família de Neal em Omaha para o Natal, Georgie avisa o marido que ela não pode ir devido a uma crise no programa que escreve e que a obriga a permanecer em Los Angeles. Ela sabe que Neal ficará um pouco chateado com ela - aliás, ele sempre parece estar um pouco chateado -, mas ela não esperava que ele pegaria suas malas e as crianças e iria para a casa dos pais sem ela.[16]

Ainda em 2014, Rainbow assinou um contrato com a First Second para escrever dois romances gráficos para jovens adultos. O primeiro será ilustrado por Faith Erin Hicks.[17]

Em outubro de 2015 foi publicado o seu quinto livro. Carry On baseia-se na série de livros de fantasia de Simon Snow que surge em Fangirl e representa o oitavo livro da série.[18]

Obras[editar | editar código-fonte]

Ano Título Título no Brasil Título em Portugal
2011 Attachments Anexos
2013 Eleanor & Park Eleanor & Park Eleanor & Park
Fangirl Fangirl Fangirl
2014 Landline Ligações
2015 Carry On

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Página da autora na Amazon». 
  2. «Procurar livros por: - Sítio do Livro». www.sitiodolivro.pt. Consultado em 2016-02-11. 
  3. «Q&A: Rainbow Rowell transitions from newspaper columns to novels». Daily Nebraskan. Consultado em 2016-02-11. 
  4. «How Rainbow Rowell Turned A Bomb Into A Best-Selling Novel». BuzzFeed. Consultado em 2016-02-11. 
  5. «Página do livro na Amazon». 
  6. «Outstanding Debuts of 2011 (pg. 1) | Kirkus Reviews» (em inglês). Kirkus Reviews. Consultado em 2016-02-11. 
  7. «NaNoWriMo results: 42,008 new novels written in November». latimes.com. Consultado em 2016-02-11. 
  8. «Tumblr launches book club. Watch out, 'Today' show». latimes.com. Consultado em 2016-02-11. 
  9. «Página do livro na Amazon». 
  10. «What Are the Best Things You've Read, Watched, Heard or Played This Year?». The Learning Network. Consultado em 2016-02-11. 
  11. «Amazon releases its 10 best books of 2013». USA TODAY. Consultado em 2016-02-11. 
  12. «The Best New Books Of The Year, According To Goodreads». Business Insider. Consultado em 2016-02-11. 
  13. «CELEBRITY EXTRA | Times-Herald and Sunday Times Newspapers». Consultado em 2016-02-11. 
  14. «Challenged book to stay on Anoka High library shelves». Star Tribune. Consultado em 2016-02-11. 
  15. «Entrevista da autora no Goodreads (em inglês)». 
  16. Maslin, Janet. (2014-07-09). "In Rainbow Rowell’s ‘Landline,’ Magic May Fix Things". The New York Times. ISSN 0362-4331.
  17. «Rainbow Rowell signs two-book deal with First Second | EW.com». Consultado em 2016-02-11. 
  18. «Rainbow Rowell Says Carry On Isn’t Fanfiction, It’s Canon». Tor.com. Consultado em 2016-02-11.