Raining Blood

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Raining Blood"
Canção de Slayer
do álbum Reign in Blood
Lançamento 7 de outubro de 1986
Gravação 1986 em Los Angeles, California
Gênero(s) Thrash metal
Duração 4:17
Gravadora(s) Def Jam
Letrista(s) Jeff Hanneman, Kerry King
Composição Jeff Hanneman
Produção Rick Rubin, Slayer

"Raining Blood" é uma canção da banda americana de thrash metal Slayer. Foi escrita por Jeff Hanneman e Kerry King para o álbum de estúdio Reign in Blood sobre religião, especificamente a ser dito sobre a derrubar o céu. Originalmente foi lançado para o álbum Reign in Blood em 7 de outubro de 1986, e posteriormente, no final daquele ano foi lançada como Single.

É uma das canções mais curtas do álbum, contendo apenas três minutos (fora os interlúdios), totalizando quatro minutos e desessete segundos. A música termina ao som de efeitos sonoros de chuva, o que seria uma "chuva de sangue". É descrito como um "clássico" segundo o site All Music[1], também como uma das canções mais populares do Slayer. Além de estar constantemente em suas performances ao vivo, King e Hanneman dizem ser sua canção favorita.

Devido a um erro na masterização do álbum, a faixa começa com o final da música "Postmortem". Na verdade, "Raining Blood" apenas inicia a partir de 0:42 de música, ao som do trovão.

Composição e Escrita[editar | editar código-fonte]

Raining Blood foi escrita por Jeff Hanneman e Kerry King[2]. D. X. Ferris disse que Hanneman quando escreveu a canção: "Imaginei uma cena de uma rua escura ou fim de rua sangrenta", e depois passou a dizer que a canção foi escrita "como uma alma banida que despertou com fome de vingança."

O segundo verso foi escrito por King, levando o título de Hanneman numa nova direção [3]. O som foi composto ao longo de 1986, em Los Angeles, Califórnia com a produção de Rick Rubin [4][5].

Hanneman explicou "É sobre um cara que está em no Purgatório e ele foi expulso do Céu. Ele está esperando por vingança e quer foder daquele lugar para cima.". King explicou mais tarde que: "o resto da canção explica o que acontece quando ele começa a 'foder' as pessoas". Nas palavras: "Return to power draws near", King quer dizer: "Que ele está esperando para começar novamente, porém forte o suficiente para derrubar o céu.". E em: "Fall into me, the sky's crimson tears'", King acrescenta: "É o sangue de todo mundo que flui dele.". Então, basicamente, "Raining Blood" significa todo o sangue dos anjos caindo sobre ele."[6].

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Ouça agora[editar | editar código-fonte]

Ouça trecho da música "Raining Blood"

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

Referências

  1. Erik Hinds do About.com - "said that the piece has unexpectedly become a ballad".
  2. Créditos do álbum {{{título}}}.
  3. Ferris 2008, p. 78–79
  4. «An exclusive oral history of Slayer». Decibel Magazine. Cópia arquivada desde o original em 13 de agosto de 2006. Consultado em 15 de julho de 2010 
  5. Ferris 2008, p. 68
  6. Ferris 2008, p. 139
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.