Rajko Mitić

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rajko Mitić
Рајко Митић
Rajko Mitić (1970).jpg
Informações pessoais
Nome completo Rajko Mitić
Data de nasc. 19 de novembro de 1922
Local de nasc. Bela Palanka, Flag of the Kingdom of Yugoslavia.svg Iugoslávia
Falecido em 30 de março de 2008 (85 anos)
Local da morte Belgrado, Sérvia Sérvia
Informações profissionais
Posição Atacante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1946-1959 Jugoslávia Estrela Vermelha 572 (262)
Seleção nacional
1945
1946-1957
Flag of the Socialist Republic of Serbia.svg Rep. Soc. Iug. da Sérvia
Jugoslávia Iugoslávia
2 (2)
59 (32)
Times/Equipas que treinou
1966-1970 Jugoslávia Iugoslávia
Medalhas
Jogos Olímpicos
Prata Londres 1948 Equipe
Prata Helsinque 1952 Equipe

Rajko Mitić - em sérvio, Рајко Митић (Bela Palanka, 19 de novembro de 1922 - Belgrado, 30 de março de 2008) foi um futebolista e técnico de futebol sérvio.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Um dos maiores atacantes da antiga Iugoslávia, começou em 1938, ainda aos 16 anos incompletos. Em 1946, começou sua trajetória no Estrela Vermelha, um ano após a fundação do clube, onde ficaria até encerrar a carreira, em 1959. Mitić marcou 262 gols em 572 jogos no clube da capital, conquistando seis campeonatos iugoslavos, cinco Copas da Iugoslávia (tendo conquistado ambos os torneios na sua temporada da despedida) e uma Copa Mitropa, torneio precursor da atual Liga dos Campeões da UEFA.

Mitić chegou a jogar duas vezes (marcando dois gols) pela Sérvia, quando a então república iugoslava teve uma seleção, em 1945. Pela Iugoslávia[1], marcou 32 gols em 59 jogos, conquistando duas pratas olímpicas - em 1948 e 1952 - e participado de duas Copas do Mundo[2], as de 1950 e 1954[3].

Assim que parou de jogar, passou a integrar a comissão técnica do clube, sendo assistente técnico até 1965, vendo o Estrela ganhar outros três campeonatos iugoslavos e outras três Copas. A partir de 1966, tornou-se técnico da Iugoslávia, levando a equipe à fase final da Eurocopa 1968, perdendo a final para a Itália.

Lenda do Estrela, Mitić é um dos cinco jogadores do clube que receberam sua mais alta honraria, o Zvezdine Zvezda ("Estrelas do Estrela"), tendo sido sucedido por Dragoslav Šekularac, Dragan Džajić, Vladimir Petrović e Dragan Stojković.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Enfrentou nas duas Copas que disputou o Brasil. Na de 1950, foi escalado como titular, mas teve de esperar alguns minutos para entrar em campo para ser atendido após ter cortado o supercílio num túnel do Maracanã. Enquanto estava fora, o Brasil abria 1 x 0.
  • Já em 1954, Brasil e Iugoslávia classificariam-se à segunda fase com um empate, mas desse detalhe os jogadores brasileiros não sabiam - e, com o jogo em 1 x 1, continuavam a atacar insistentemente, assustando os iugoslavos. Mitić começou a gesticular aos adversários, apontando ao placar do estádio. Tomando a atitude como provocação, os brasileiros se irritaram a começavam a atacar ainda mais, mas o jogo permaneceu 1 x 1. Só no vestiário, arrasados, é que viriam a saber que estavam classificados e o que Mitić realmente queria explicar.
  • Foi o autor do primeiro gol no Estádio Independência (atual Arena Independência) durante a Copa do Mundo de 1950.

Referências