Ramana (Azerbaijão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Ramana, também escrito Ramany, Romana (em azeri: Ramana, Ramanı) é um município do Azerbaijão, no raion Sabunchu de Baku, com população (2005): 8.800[1] .

O povoado foi provavelmente fundado por tropas do Império Romano sob Lucius Julius Maximus e parte da Legio XII Fulminata por volta de 84 - 96 d.C.[2] e deriva o seu nome do latim Romana[2] [3] .

Pontos de interesse locais incluem o castelo de quatro andares de meados do século XIV d.C. e a mesquita, de 1323 d.C. O castelo tem muralhas com espessura de 1,5 m e uma torre retangular ( 9 x 7,5 m e altura de 13m).

Referências

  1. The State Statistical Committee of the Republic of Azerbaijan (em inglês)
  2. a b Ашурбейли Сара. История города Баку: период средневековья. Баку, Азернешр, 1992; page 31
  3. History 1

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre o Azerbaijão é um esboço relacionado ao Projeto Europa e ao Projeto Ásia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.