Ramble On

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Ramble On"
Canção de Led Zeppelin
do álbum Led Zeppelin II
Lançamento 22 de outubro de 1969
Gravação 1969
Gênero(s)
Duração 4:23
Gravadora(s) Atlantic
Composição Jimmy Page / Robert Plant
Produção Jimmy Page
Faixas de Led Zeppelin II
"Living Loving Maid (She's Just a Woman)"
(7)
"Moby Dick"
(8)
Amostra de áudio
informação do ficheiro · ajuda

Ramble On é uma canção da banda britânica de rock Led Zeppelin, lançada em seu segundo álbum de estúdio em 22 de outubro de 1969. Foi escrita por Jimmy Page e Robert Plant, e gravada em Nova Iorque, pela Juggy Sound Studio, durante a segunda turnê da banda nos Estados Unidos. Em 2010, a canção ficou na 440ª posição na lista das 500 melhores músicas de todos os tempos da revista Rolling Stone.[5]

Influências[editar | editar código-fonte]

As letras da canção foram fortemente inspiradas pela obra O Senhor dos Anéis de J. R. R. Tolkien.[6] A linha de abertura ("As folhas estão caindo por toda parte") é, aparentemente, uma paráfrase da linha de abertura do poema de Tolkien "Namárië". O poema também pode ser a fonte de inspiração para todo o primeiro verso.

As referencias de Tolkien aparecem mais tarde na letra da canção, incluindo Mordor e Gollum:

A minha é uma história que não pode ser contada

minha liberdade eu guardo com apreço
Como nos anos passados, em dias de outrora
quando a magia enchia o ar
Foi nas profundezas mais obscuras de Mordor
Eu conheci uma garota tão atraente
Mas Gollum, e o maligno se aproximaram

sorrateiramente e fugiu com ela

As referências à obra de Tolkien também existem em outras canções do Led Zeppelin, como "Misty Mountain Hop" e "The Battle of Evermore". Alguns especulam que "Stairway to Heaven" também possui referências à Tolkien.[7]

Composição[editar | editar código-fonte]

A introdução de guitarra jangly emprega uma clássica técnica de Jimmy Page: usando regulares acordes abertos sobrepostas maior no braço da guitarra.

Houve muita dúvida em torno das percussões de Bonham, no fundo durante a música, tendo em conta a ressonância especial que capta. Não há versões consistentes a este respeito: muitas vezes confundidos com bongôs, alguns disseram de uma caixa pequena de plástico para lixo jogado com as mãos do lado de baixo, os outros sobre as varas em seu tambor almofada do assento kit de vinil, ou até mesmo as solas dos sapatos que ele usava durante a sessão de gravação e assim ritmicamente agredidos com paus seu tambor, o livro de John Bonham: A Thunder of Drums relata em vez de um caso difícil para guitarra em que Bonham improvisado fundo de percussão com as mãos.[8]

A música também serve como uma ilustração da interação estreita entre o baixista John Paul Jones e o baterista John Bonham.

Luz de Jones, frases de baixo melódicas dar lugar a um motivo ascendente que segue percussões suaves Bonham.

Performances ao vivo[editar | editar código-fonte]

Até 2007 "Ramble On" nunca havia sido tocada ao vivo na íntegra em shows do Led Zeppelin[6]. No entanto, parte da música foi realizada pela banda no meio de "Babe I'm Gonna Leave You" em um show em Toronto em 2 de novembro de 1969, como pode ser ouvido sobre o Led Zeppelin bootleg Listen to my Bluebird. Além disso, algumas linhas são cantadas maravilhosamente por Robert Plant durante Communication Breakdown, no show em 21 de março de 1970 de Vancouver, Pacific Coliseum. A versão completa da música foi tocada na apresentação no Led Zeppelin reunion em 10 de Dezembro de 2007, na Arena O2, em Londres.

Em junho de 2008, Jimmy Page e John Paul Jones se juntaram ao Foo Fighters em um palco no estádio de Wembley e tocaram "Ramble On", com vocais realizados por Dave Grohl e Taylor Hawkins na bateria. Curiosamente, os dois Foo Fighters inverteram os papéis tocando "Rock and Roll", uma canção da dupla do Led Zeppelin.

Créditos[editar | editar código-fonte]

Versão de Train[editar | editar código-fonte]

"Ramble On"
Single de Train
Lançamento Janeiro de 2001
Formato(s) CD single
Gênero(s) Roots rock
Duração 4:41
Gravadora(s) Columbia Records
Cronologia de singles de Train
"I Am"
(2000)
"Drops of Jupiter (Tell Me)"

Em 2001, a banda Train fez um cover da canção e o lançou como single. O produtor Brendan O'Brien ouviu o cover e decidiu produzir o segundo álbum da banda, intitulado Drops of Jupiter. Este álbum viria a ser um enorme sucesso comercial.[9]

Cultura popular[editar | editar código-fonte]

A canção foi ouvida no início da segunda metade de cobertura do Super Bowl XLVIII do Fox em 2 de fevereiro de 2014.

"Ramble On" é ouvida várias vezes no filme de ficção científica Oblivion de 2013, como escutado pelo personagem de Tom Cruise.

No episódio de Supernatural "The Monster at the End of This Book", Dean Winchester diz que suas duas músicas favoritas são "Ramble On" e a versão de Led Zeppelin de "Traveling Riverside Blues".[10]

Referências

  1. Frickle, David (12 de novembro de 2012). «A Última Valsa». Rolling Stone Brasil. Consultado em 29 de janeiro de 2019 
  2. Courtright, Kevin (2009). Back to Schoolin' (em inglês). [S.l.]: Xulon Press. p. 101. ISBN 9781615790456 
  3. Popoff, Martin (15 de agosto de 2014). The Big Book of Hair Metal: The Illustrated Oral History of Heavy Metal's Debauched Decade (em inglês). [S.l.]: Voyageur Press. p. 11. ISBN 9780760345467 
  4. «Led Zeppelin Biography». Rock and Roll Hall of Fame (em inglês). Consultado em 29 de janeiro de 2019. Arquivado do original em 29 de junho de 2016. Led Zeppelin II found them further tightening up and modernizing their blues-rock approach on such tracks as 'Whole Lotta Love,' 'Heartbreaker' and 'Ramble On.' 
  5. «The 500 Greatest Songs of All Time - Maio de 2010» (em inglês). Rolling Stone. Consultado em 22 de agosto de 2012 
  6. a b Lewis 1994
  7. «Led Zeppelin And Lord Of The Rings» (em inglês). Ultimate Guitar. 21 de abril de 2007. Consultado em 22 de agosto de 2012 
  8. Ramble On sound question - Forum on Drummer World.com Página visitada em 22 de agosto de 2012.
  9. Amazon.com: Ramble on: Train: Music. Página acessada em 29 de agosto de 2012.
  10. Mike Rohl, Jared Padalecki, Jensen Ackles (2 de abril de 2009). «The Monster at the End of This Book». Supernatural. Temporada 4. Episódio 18. The CW 
Leitura adicional
  • Lewis, Dave (2004). The Complete Guide to the Music of Led Zeppelin (em inglês). Londres: Omnibus Press. 96 páginas. ISBN 0-7119-3528-9 
  • Welch, Chris (1998). Led Zeppelin: Dazed and Confused: The Stories Behind Every Song (em inglês). Londres: Thunder's Mouth Press. 160 páginas. ISBN 1-56025-818-7