Rana temporaria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma infocaixa de taxonomiaRana temporaria
Rana temporaria

Rana temporaria
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Amphibia
Ordem: Anura
Subordem: Neobatrachia
Família: Ranidae
Género: Rana
Espécie: R. temporaria
Nome binomial
Rana temporaria
Linnaeus, 1758
Distribuição geográfica
Mapa Rana temporaria.png
Sinónimos
  • Rana aquatica Linnaeus, 1758
  • Rana hyla Linnaeus, 1758
  • Rana muta Laurenti, 1768
  • Rana alpina Laurenti, 1768
  • Rana campanisona Laurenti, 1768
  • Rana rufa Lacépède, 1788
  • Rana atra Bonnaterre, 1789
  • Rana flaviventris Millet de la Turtaudière, 1828
  • Rana temporaria var. canigoensis Boubée, 1833
  • Rana glacialis Boubée, 1833
  • Rana scotica Bell, 1839
  • Rana platyrrhinus Steenstrup, 1846
  • Rana temporaria var. typus Koch, 1872
  • Rana temporaria var. montanus Koch, 1872
  • Rana temporaria var. maximus Koch, 1872
  • Rana temporaria var. verrucosus Koch, 1872
  • Rana temporaria var. cinereus Koch, 1872
  • Rana temporaria var. gracilis Koch, 1872
  • Rana temporaria var. acutirostris Fatio, 1872
  • Rana temporaria var. obtusirostris Fatio, 1872
  • Rana fusca honnorati Herón-Royer, 1881
  • Rana honnorati Herón-Royer, 1881
  • Rana muta var. subconcolor Camerano, 1884 "1883"
  • Rana muta var. flavomaculata Camerano, 1884 "1883"
  • Rana muta var. nigroguttata Camerano, 1884 "1883"
  • Rana muta var. atra Camerano, 1884 "1883"
  • Rana fusca var. longipes Müller, 1885
  • Rana temporaria parvipalmata López-Seoane, 1885
  • Rana temporaria var. marmorata Werner, 1897
  • Rana temporaria var. entzi Werner, 1897
  • Rana méhelyi Bolkay, 1912 "1911"
  • Alytes grandis Brunner, 1957
  • Rana aragonensis Palanca-Soler, Vieites & Martínez-Suárez, 1995
Vocalizações.

Rana temporaria Linnaeus, 1758 é uma espécie de anfíbio anuro da família Ranidae,[1] com distribuição natural na Europa e no noroeste da Ásia. Prefere lugares húmidos, passando grande parte da vida adulta em terra, regressando à água apenas para escapar quando se sente ameaçada e para se reproduzir. A fase reprodutiva ocorre na primavera, com os machos a chamar as fêmeas com um particular coachar, parecido com um grunhido. Após o acasalamento, as fêmeas pôem grupos fluitantes de milhares de ovos.

Descrição[editar | editar código-fonte]

A espécie apresenta um corpo robusto, com 6-9 cm de comprimento,[2] cabeza e focinho pontiagudos, tímpano pequeno e pouco visível e olhos com pupila elíptica horizontal. As pernas são mais curtas do que as rãs-verdes comuns (Pelophylax spp.), mas geralmente o corpo é de menor tamanho. Apresenta hábitos mais nocturnos do que a rã-verde, saindo ao anoitecer e não sendo tão fácil de observar tanto pelos seus hábitos e como pela sua maior raridade. As populações do Sistema Central e do norte da Península Ibérica estão em recessão, devido às mudanças nas valas e canais de irrigação (retirando a cobertura fornecida por plantas aquáticas e cimentando as margens) e ainda devido à poluição das águas.

Os espécimes adultos apresentam pregas na pele das partes laterais do dorso, relativamente paralelas entre si e bem visíveis. As patas dianteiras têm três tubérculos na região palmar e quatro dedos com tubérculos abaixo de cada articulação. A espécie é apresenta grande variação nas cores e forma das manchas dorsais, por isso é capturada para aquários e jardins. Ocorrem em lagoas, mas prefere água corrente.

A parte inferior do corpo é esbranquiçada ou amarelo-acastanhada, por vezes com coloração rosada nas regiões do fémur e anal. Na região da garganta apresenta coloração amarelada ou acinzentada, por vezes escura, com uma banda central mais clara.

A parte superior do corpo geralmente tem escurecimento variável, variando do castanho-cinza escuro ao castanho-avermelhado, sendo esta última coloração especialmente frequente em indivíduos jovens.

Notas

  1. Paul Sterry (1997). Complete British Wildlife Photoguide. Londres: HarperCollins. ISBN 0 583 33638 8 

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • (em inglês) Kuzmin, S. et al. (2004). Rana temporaria. 2006 IUCN Red List of Threatened Species. IUCN 2006. Acesso a 12 de maio de 2006.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Rana temporaria
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Rana temporaria