Raposa-do-cabo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaRaposa-do-cabo
Crias de Raposa-do-Cabo

Crias de Raposa-do-Cabo
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnivora
Família: Canidae
Género: Vulpes
Espécie: V. chama
Nome binomial
Vulpes chama
( A Smith, 1833)

A raposa-do-cabo (Vulpes chama) é uma raposa de porte pequeno.

O seu pelo é preto ou prateado, com os lados e a parte de baixo amarelo claro. A ponta de sua cauda é sempre preta.

As raposas-do-cabo medem de 45 a 61 cm de comprimento, não incluindo a cauda de 30 a 40 cm. Têm de 28 a 33 cm de altura no ombro, e pesam geralmente 3,6 a 5 kg.

Habitat[editar | editar código-fonte]

É encontrada na África do Sul, do Zimbábue a Angola. Prefere as savanas abertas e as regiões semi-áridas do sudoeste da África, de Zimbábue ao sul da província do Cabo.

Comportamento[editar | editar código-fonte]

É noturna, encontra-se sozinha ou em pares, nas savanas e nos estepes.

Alimentação[editar | editar código-fonte]

Como a maioria das raposas, é onívora, preferindo mamíferos pequenos, répteis, e cadáveres, mas come também insetos e frutas.

Reprodução[editar | editar código-fonte]

Raposas-do-Cabo formam pares que duram toda a sua vida e, ao contrário da raposa-vermelha, acasalam o ano inteiro, sem um período de reprodução específico, apesar de tipicamente terem crias entre os meses de Outubro e Janeiro. A gestação dura 51-53 dias, com uma ninhada média de 3 a 6 crias. Têm um peso médio à nascença de 50 a 100 gramas. As crias são criadas em tocas, debaixo de terra, onde ficam até atingirem cerca de 4 meses de idade. São desmamadas após 6-8 semanas, mas não começam a procuram comida até terem 4 meses de idade. As crias normalmente tornam-se independentes e dispersam aos 5 meses de idade (tipicamente em Junho ou Julho).

Ambos os progenitores cuidam das crias, com o macho a fornecer alimento à fêmea durante as duas primeiras semanas. Grupos familiares normalmente são constituídos pelos progenitores e as suas crias, mas grupos familiares diferentes podem-se misturar durante a alimentação. É possível haver mais do que uma ninhada, mas nestes casos a fêmea costuma expulsar as crias da ninhada anterior quando está à espera de uma nova.

As Raposas-do-Cabo estão completamente desenvolvidas ao fim de um ano, atingindo maturidade sexual em nove meses, com uma esperança média de vida de 6 anos, mas podendo chegar aos 10.

Conservação[editar | editar código-fonte]

Pensa-se que a Raposa-do-Cabo ajuda a regular populações de mamíferos pequenos. Os predadores da Raposa-do-Cabo incluem gaviões e corujas, assim como o caracal, leopardos, hienas e leões. Sucumbem muitas vezes de doenças como a raiva e a cinomose, e mais recentemente começaram a ser vitimas de armadilhas destinadas a animais problemáticos. Um grande número de Raposas-do-Cabo são mortas nas estradas por veículos, e muitos são caçados e perseguidos como vermes. Alguns são confundidos com chacais e responsabilizados pela perda de gado. Cerca de 2,500 indivíduos são mortos anualmente, o que equivale a cerca de 16% da população total. Mesmo assim, esta raposa não é considerada uma espécie ameaçada.

Ícone de esboço Este artigo sobre carnívoros, integrado no Projeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.