Ration Bored

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ration Bored
 Estados Unidos
1943 •  cor •  7 min 
Direção Emery Hawkins
Milt Schaffer
Produção Walter Lantz
História Ben Hardaway
Elenco Kent Rogers (não-creditado)
Música Darrell Calker
Companhia(s) produtora(s) Walter Lantz Productions
Distribuição Universal Pictures
Idioma inglês

Ration Bored (em português: O Afanador de Gasolina) é o nono curta de desenho animado da série Woody Woodpecker. Lançado no cinema em 26 de julho de 1943, o filme foi produzido pela Walter Lantz Productions e distribuído pela Universal Pictures.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Enquanto dirigia seu carro, Pica-Pau vê uma placa que diz: "Economize gasolina e pneus. Esta viagem é realmente necessária? " Pica-Pau se refere a si mesmo como um "mal necessário", ao mesmo tempo que muda sua aparência para uma versão diabólica de si mesmo, com olhos perturbados e acelera na estrada depois de voltar a mudar. Ao subir uma colina, ele fica sem gasolina e desce para o posto de gasolina abaixo.

O atendente do posto pede para ver o livro "ABC" de Pica-Pau (veja abaixo), e Pica-Pau entrega a ele um livro de alfabeto. Insultado, o atendente pega um martelo e bate no carro de Pica-Pau em um pátio de salvamento. Pica-Pau decide roubar gasolina dos veículos destruídos no estacionamento, e tira o gás de um carro da polícia estacionado.

Um policial persegue Pica-Pau até que a ave acaba colidindo com uma grande unidade de armazenamento de gasolina que explode, matando os dois.

No céu, o policial deixa o "Wing Rationing Board" com um pequeno par de asas. Ele começa a perseguir Pica-Pau novamente quando percebe que as asas que Pica-Pau recebeu são muito maiores.

Aparência de Woody[editar | editar código-fonte]

Walter Lantz havia sido criticado desde o início que a aparência extravagante de Woody era prejudicial ao apelo da estrela em ascensão. A adição de luvas brancas nas mãos de Woody (como as de Mickey Mouse e Bugs Bunny ) marcou a primeira tentativa notável de dar ao Pica-Pau um design de personagem mais simplificado. No filme a seguir, O Barbeiro de Sevilha, a aparência de Pica-Pau seria completamente reformada, fazendo de Ration Bored o último filme de Woody Woodpecker que apresentava o design maníaco original.

Notas de produção[editar | editar código-fonte]

  • Esta é o único episódio do Pica-Pau a ser dirigido pelo roteirista Milt Schaffer e pelo animador Emery Hawkins. Eles substituíram os diretores da série anterior Walter Lantz e Alex Lovy; Lantz parou de dirigir filmes por vários anos e Lovy deixou o estúdio depois de trabalhar no The Dizzy Acrobat para servir na guerra. No episódio seguinte, O Barbeiro de Sevilha, eles seriam substituídos pelo animador veterano James "Shamus" Culhane como diretor da série.[1]
  • Esta é também a última vez que Kent Rogers faz voz do Pica-Pau antes de sua morte em um acidente de avião na Segunda Guerra Mundial em 9 de julho de 1944.

Referências culturais[editar | editar código-fonte]

Ration Bored é uma paródia do racionamento do exército. Durante a Segunda Guerra Mundial, os cidadãos dos Estados Unidos foram solicitados a economizar gasolina e borracha, além de outros itens e suprimentos de comida. As decisões sobre o racionamento foram tomadas por um Conselho de Ração, daí o título de punição.

O atendente do posto de gasolina se refere a um livro de rações como um "livro ABC". Durante a guerra de 1940, os automóveis americanos foram classificados como A, B, C, T ou X.

O cartão de título final pede aos espectadores que comprem títulos de guerra.

Referências

  1. Cooke, Jon, Komorowski, Thad, Shakarian, Pietro, and Tatay, Jack. "1943". The Walter Lantz Cartune Encyclopedia