Ray Langston

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Raymond "Ray" Langston
Laurence Fishburne 2009 - cropped.jpg
Laurence Fishburne interpreta Ray Langston
Sexo Masculino
Nascimento 21 de Novembro 1962
Espécie Humano
Ocupação CSI Nível 2
Série(s) CSI
Temporada(s) 9 ,10 ,11
Primeira aparição "19 down"
Última aparição "73 Seconds"
Interpretado por Laurence Fishburne

Raymond "Ray" Langston é um personagem da série CSI: Crime Scene Investigation, interpretado pelo ator Laurence Fishburne. Ele aparece a partir da nona temporada para substituir Gil Grissom (William Petersen).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Langston é médico patologista. Seu pai foi um soldado condecorado na Guerra da Coreia e foi muito violento durante a sua infância, o que o perturba até hoje. Escreveu um livro sobre suas experiências, que foi lido por Grissom e também pelo Dr. Tom Loman (CSI: Miami). Langston torna-se professor universitário, e através disso a equipe de CSIs Grissom entra em contato com ele, quando investigavam uma série de assassinatos de um serial killer, Nate Haskel. Ao final do caso, Grissom sai da polícia e deixa o cargo à disposição de Langston. Sua primeira aparição foi no episódio 09 x 09, 19 Down. Ele recebeu uma fria recepção de David Hodges, que ainda estava descontente com a saída de Grissom. Seus primeiros dias de trabalho como um CSI foram um pouco difíceis, como é mostrado no 09 x 11. Ele ficou obcecado pelo fato de não conseguir prender o assassino em série Dr. Jekyll, o que foi mostrado no episódio 10 x 22, futuramente em um tiroteio, Nick Stokes mata Jekill antes dele matar Langston. Na continuação deste, o episódio termina com Ray sendo esfaqueado pelo outro serial killer Nate Haskell, após dar a notícia que havia terminado o caso Jekill. Na temporada 11 e mostra-se que ele sobreviveu. É revelado em 11 x 14 que ele foi casado com Gloria Parkes, Nick observa que Ray ainda usa seu anel de casamento e aconselha a tira-lo para ir no novo casamento de Gloria, do qual foi convidado pela mesma. Langston vai ao julgamento de Nate Haskell que é condenado a pena de morte por tentar mata-lo mas, foge com a ajuda de duas de suas "fãs". A perseguição de Ray por Nate Haskell continua. Em 11 x 21, sua ex-mulher, Gloria, é sequestrada e seu marido é assassinado por Nate Haskell. No episódio 11 x 22, Ray, em busca de Gloria, se encontra com Haskell em uma casa, e o mata jogando-o de uma escada. No início da temporada 12, Ray deixa o CSI e vai morar em Baltimore para estar perto de Gloria que, segundo ele, foi a única mulher que amou.

Ícone de esboço Este artigo sobre um personagem de CSI é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.