Adam Rose

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Ray Leppan)
Ir para: navegação, pesquisa
Adam Rose
Adam Rose WrestleMania 32 Axxess.jpg
Rose em abril de 2016
Informações pessoais
Nome completo Raymond John Leppan[1]
Nascimento 20 de julho de 1979 (36 anos)[2]
Joanesburgo, África do Sul[3]
Cônjuge(s) Cassandra Leppan
Filho(s) 2
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
Adam Rose[4]
Aldo Rose
Dameon Duke[2]
Leo Kruger[2]
Z-Max[5]
Altura
anunciada
1 85 m
Peso
anunciado
218 lb (99 kg)[6]
Anunciado
de
Musha Cay, Bahamas[6]
Treinado
por
Florida Championship Wrestling[2]
Paul Lloyd Sr.[2]
Estreia 1995[7]

Raymond John "Ray" Leppan[8] (Joanesburgo, 20 de julho de 1979) é um lutador de luta livre profissional sul-africano que trabalha sob o nome de ringue Aldo Rose. Ele é melhor conhecido pela sua passagem na WWE, onde atuou com o nome Adam Rose. Trabalhando no território de desenvolvimento da empresa, a Florida Championship Wrestling, ele ele foi duas vezes FCW Florida Heavyweight Champion sob o nome Leo Kruger.

Inicio de vida[editar | editar código-fonte]

Ray Leppan nasceu e cresceu na África do Sul. De acordo com sua esposa, ele queria lutar desde os 10 anos de idade. Leppan fugiu de casa quando tinha 14 anos, em seguida, passou dois anos vivendo nas ruas e em prédios abandonados. Leppan descreveu mais tarde que ele estava "fora de controle" durante esse período, que estava cheio de violência e álcool, e apenas o sonho de se tornar um lutador o ajudou a escapar. Leppan também disse que ele tinha rejeitado fazer parte de uma família, apesar de ter pais amorosos. A mãe de Leppan mais tarde conseguiu seduzir Leppan a voltar para casa com a perspectiva de iniciar aulas de wrestling.[9]

Carreira[editar | editar código-fonte]

África do Sul (1995-2010)[editar | editar código-fonte]

Leppan estreou como um wrestler profissional em 1995 com 15 anos de idade.[3] [7] Ele lutou no circuito independente Sul-africano sob o ring-name Z-Max, um personagem baseado em The Karate Kid.[5]

Trabalhou na África do Sul com Paul Lloyd Jr., conhecido pela tag team Pure Juice. Ele também lutou como "Dameon Duke" na World Wrestling Professionals.[2] Enquanto estava lá, Duke ganhou o WWP World Heavyweight Championship, derrotando Tornado em 2007, mas acabou sendo derrotado por Fury no ano seguinte.[10]

World Wrestling Entertainment / WWE[editar | editar código-fonte]

Florida Championship Wrestling (2010–2012)[editar | editar código-fonte]

Depois conseguir um visto de trabalho nos Estados Unidos, Leppan foi capaz de fazer sua estréia na Florida Championship Wrestling (FCW) sob seu nome real em 25 de fevereiro de 2010, onde saiu derrotado por Curt Hawkins.[2] Duas semanas depois, Leppan foi derrotado por Eli Cottonwood.[2]

Kruger durante um evento da FCW em Fevereiro de 2011

Na semana seguinte, Leppan mudou seu ringue name para Leo Kruger, escolhido como uma homenagem ao ex-presidente da África do Sul Paul Kruger, antes de perder para Johnny Curtis.[2] [3] Em 18 de Março, Kruger obteve sua primeira vitória desde que chegou na FCW ao derrotar Jacob Novak.[2] Nas gravações da FCW em 20 de maio, Kruger desafiou Justin Gabriel. Em 10 de junho, Kruger perdeu para Gabriel, mas em uma revanche em 1 de Julho, Kruger saiu vencedor.[11] Em meados de 2010, Kruger formou uma equipe com Derrick Bateman. A dupla desafiou Los Aviadores (Hunico e Epico) pelo FCW Florida Tag Team Championship em 2 de julho, mas foram derrotados.[12] Em 8 de Julho, Kruger se juntou com Tyler Reks para desafiar Los Aviadores novamente pelo campeonato, mas não obteve sucesso. Kruger em seguida, passou por uma série de vitórias, derrotando Big E. Langston, Bateman, Austin Watson, Husky Harris, e Wes Brisco, antes de finalmente perder em uma mixed tag team match, quando ele e Kaitlyn perderam para Brad Maddox e Jamie Keyes em 9 de Setembro. A última luta de Kruger em 2010 foi nas gravações da FCW TV em 23 de setembro, quando ele perdeu para Bo Rotundo.[11] Após a luta, Kruger sentiu um desconforto em seu braço, e foi descoberto que ele havia quebrado seu pescoço.[13] Enquanto se recuperava, Kruger se tornou comentarista da FCW TV.[13]

Depois que Bo Rotundo se lesionou em setembro de 2011, seu FCW Florida Heavyweight Championship foi desocupado e um foi criado um torneio para determinar o novo campeão.[14] Kruger derrotou Percy Watson para chegar na final, a final foi decidida em uma fatal four-way match contra Husky Harris, Damien Sandow, e Dean Ambrose.[15] Kruger venceu a luta e o campeonato, e conquistou seu primeiro título na FCW.[16] Kruger, em seguida, apareceu em dark matches antes das gravações do SmackDown, em 20 e 27 de Setembro, perdendo para o Trent Barreta e derrotando Johnny Curtis respectivamente.[17] [18] Kruger defendeu com sucesso o título contra Harris em 24 de outubro e em de novembro Kruger derrotou Harris e Richie Steamboat em uma triple threat match para manter o FCW Florida Heavyweight Championship.[19] [20] No episódio da FCW em 18 de dezembro, Kruger defendeu com sucesso o título contra Seth Rollins, após interferência de Antonio Cesaro.[21]

No final de dezembro de 2011, Kruger apareceu em vários live events da WWE, perdendo para Alex Riley, em 27 e 28 de dezembro.[22] [23] Em 30 de dezembro, ele se juntou com Riley e Mason Ryan para derrotar Tyler Reks, Curt Hawkins, e JTG em uma six-man tag team match em um live event do Raw.[24] Em 2 de Fevereiro de 2012, Kruger perdeu o FCW Florida Heavyweight Championship para Mike Dalton.[25] Ele recuperou o título de Dalton, três semanas depois, em 23 de fevereiro, mas perdeu na mesma noite para Seth Rollins.[16]

NXT (2012-2014)[editar | editar código-fonte]

Quando a WWE rebatizou seu território de desenvolvimento, FCW, para NXT,[26] Kruger estreou no episódio de 27 de junho de 2012 gravado na Full Sail University, derrotando Aiden English.[27] No dia 1 de agosto, Kruger foi inserido no torneio Gold rush para coroar o primeiro campeão do NXT, onde foi derrotado por Richie Steamboat nas quartas-de-final.[28] Em setembro, o personagem de Kruger foi ajustado para a de um caçador e mercenário.[29] [30] Em dezembro, Kruger formou uma aliança com Kassius Ohno,[31] Kruger e Ohno derrotaram Tyson Kidd e Justin Gabriel no dia 2 de janeiro de 2013.[32] No episódio de 16 de janeiro, Kruger venceu Trent Barreta.[33] No dia 30 de janeiro, Ohno e Kruger entraram no NXT Tag Team Championship Tournament para definir os primeiros NXT Tag Team Champions e derrotaram Alex Riley e Derrick Bateman no primeiro turno.[34] No dia 6 de fevereiro, Kruger e Ohno foram derrotados por Adrian Neville e Oliver Grey nas semi-finais.[35] Kruger, em seguida, rivalizou com Justin Gabriel, quando ele tentou atacar seu parceiro ferido, Tyson Kidd.[36] Kruger ganhou uma série de lutas 2-1.[30] [37] [38] Kruger mudou de rumo, e mirou no NXT Championship de Bo Dallas.[39] No episódio de 18 de julho ganhou uma Triple Threat Match contra Sami Zayn e Antonio Cesaro, para se tornar o desafiante número um ao titulo.[40] No dia 7 de agosto, Kruger lutou contra Dallas pelo NXT Championship, mas perdeu.[41] Kruger, eventualmente, rivalizou com Sami Zayn com a rixa que culminou com Zayn ganhar uma Two-out-of-three falls Match no dia 1 de janeiro de 2014.[42]

Rose (acima) sendo apanhado por seus ''Rosebuds'' (nome dado aos amigos de festa de Rose) durante sua entrada no ringue em Maio de 2014

Leppan foi então removido da televisão e começou a lutar em House Shows com um novo personagem chamado Adam Rose.[43] Como Rose, ele retornou a televisão no dia 6 de março de 2014, com o seu novo personagem sendo um organizador de festas com vários festeiros fantasiados, que o acompanham durante sua entrada no ringue.[44] [45] Rose's supporters are called Rosebuds.[46] Os festeiros de Rose são chamados de Rosebuds. O personagem Rose é vagamente baseado no comediante Russell Brand.[47]

Em agosto de 2014, Rose e Sami Zayn participaram de um torneio pelo NXT Tag Team Championship, derrotando Justin Gabriel e Tyson Kidd na primeira rodada,[48] mas perderam na segunda rodada para os Lucha Dragons (Kalisto e Sin Cara) com o personagem Adam Rose sendo vencido pela primeira vez.[49] No dia 4 de setembro, Rose sofreu sua primeira derrota individual contra Tyson Kidd.[50]

Plantel principal (2014–2016)[editar | editar código-fonte]

O Expresso Exótico (2014-2015)[editar | editar código-fonte]

Desde o Raw pós-Wrestlemania em 7 de abril, a WWE lançou no ar vinhetas introdutórias para Rose.[51] Rose fez sua estreia no plantel principal no Raw de 5 de maio, interrompendo Zeb Colter e Jack Swagger.[52] Rose continuou a distrair Swagger durante suas lutas, levando-o a perder. Rose lutou pela primeira vez no plantel principal, no Raw de 26 de maio, vencendo Damien Sandow, durante a luta, Swagger e Colter interferiram, segurando um dos membros da festa de Rose, apesar da distração, Rose venceu a luta e salvou seu amigo. Rose derrotou Swagger no Smackdown de 30 de maio e no Raw de 2 de junho, respectivamente.[53] [54] Rose fez sua primeira aparição em pay-per-view no Money in the Bank, onde derrotou Damien Sandow.[55] No pré-show do Battleground, Rose derrotou Fandango. Após mais de um mês de inatividade, Rose retornou no Raw de 1 de setembro, onde derrotou Titus O'Neil.

Em 22 de setembro, Rose se uniu com seu popular Rosebud, Bunny (a "pessoa muito atlética" em um terno de coelho) pela primeira vez, onde eles derrotaram Heath Slater e Titus O'Neil.[56] No dia 10 de outubro, 15º aniversário do Smackdown, Rose sofreu sua primeira derrota no plantel principal, perdendo para Kane.[57]

Adam Rose em setembro de 2014

"... Eles fizeram dele um menino estravagante e fora de moda, diz Michael Cole em um comentário idiota".

Shawn Valentino do Professional Wrestling Torch Newsletter[58]

No Smackdown de 31 de outubro, a WWE provocou a briga entre Rose e Bunny, quando R-Truth deu o entender que Bunny estava abandonando Rose.[59] Depois que Bunny custou uma vitória a Rose, ele foi abandonado por Rose, mas continuou a apoiar Rose durante suas lutas e muitas vezes custou a vitória a ele tentando ajudá-lo. Em resposta, Rose permitiu que Bunny lutasse contra Tyson Kidd em uma "inter-espécies" match, mas não o ajudou quando Kidd aplicou o Sharpshooter. No Survivor Series, Rose e Bunny lutaram contra Slater Gator (Heath Slater e Titus O'Neil) em uma tag team match, Rose e Bunny ganharam a luta, mas Rose estava claramente descontente após a luta. Em seguida, Rose e Bunny perderam em uma tag team turmoil match, que concedeu aos vencedores uma luta pelo WWE Tag Team Championship. Em dezembro de 2014, Bunny ganhou um Slammy Award; mais tarde, Rose explicou em um Podcast como encontrou e contratou Bunny na Times Square.[60]

Rose rivalizou com Kane. Kane o derrotou e lesionou o pescoço de Bunny com um tombstone piledriver quando ele apenas tentava ajudar Rose.[61] No Raw de 22 de dezembro, Rose perdeu para R-Truth, após o combate, Rose atacou Bunny violentamente, virando heel (personagem mal da história); essa foi a última aparição de Bunny.[62] Como parte do seu heel turn, Rose começou a bater em seus Rosebuds, comportando-se como um valentão. Em seguida, ele rivalizou com o recém-retornado Zack Ryder, trocando vitórias e usando o Twitter para insultar Ryder, mesmo com William Shatner (a quem Rose chamava de "pai") juntando-se. Rose foi um dos participantes da segunda André The Giant Memorial Battle Royal, na Wrestlemania 31,[63] porém Rose não ganhou a luta.

No final de abril, Fandango separou-se de Rosa Mendes e Adam Rose foi visto falando com ela. Uma semana depois, Rosa custou a Fandango uma luta contra Rose, e tornou-se a namorada de Rose, depois de um beijo. Em 14 de maio de 2015, Rose informou aos seus Rosebuds que a festa estava "oficialmente" terminada com sua "Party Animal" gimmick.

The Party Pooper; Rose Bush (2015-2016)[editar | editar código-fonte]

No Raw de 22 de junho, a gimmick de Rose foi ajustada para um artista de pomposo, exclamando que o universo WWE nõa tinha idéia da verdadeira arte ou paixão, exaltando-se a revelar sua "obra-prima".[64] O enredo nunca foi resolvido. Rose reapareceu no Main Event do dia 29 de agosto, ostentando carregadores genéricos pretos e calças, uma camisa cinza-claro, óculos e um chamariz mexido. Embora ele tenha perdido para Jack Swagger, ele declarou antes da luta que suas intenções eram de "por cocô na festa de todo mundo". No Raw de 5 de outubro, Rose compartilhou uma "mensagem codificada", dizendo: "Tudo o que eu queria fazer era colocar sorrisos em pequenos rostos infantis. Bem, côco." A camêra então inclinou para baixo e mostrou o que parecia ser a cabeça do mascote Bunny.[65] No Main Event de 3 de novembro, durante e depois de derrotar Fandango, esse coelho misterioso foi visto no ringue deixando Rose surpreendido.[66]

Rose formou um time com Brad Maddox.[67] No entanto, a equipe durou pouco, por Maddox ser liberado de seu contrato no dia 25 de novembro.[68]

Depois de Maddox ser liberado da empresa, no Raw do dia 30 de novembro, Rose estreou o segmento Minuto Hollywood intitulado The Rose Bush, em que ele fala sobre toda a "sujeira" na WWE.[69]

Social Outcasts e saída (2016)[editar | editar código-fonte]

No Raw de 4 de janeiro de 2016, Rose, juntamente com Heath Slater, Curtis Axel e Bo Dallas estreou com uma nova stable e ajudou Slater a vencer Dolph Ziggler.[70] No Raw de 11 de janeiro, passaram a ser chamados de Social Outcasts, o grupo iria enfrentar a Wyatt Family, mas não ouve luta quando Ryback interferiu.[71] No Smackdown de 24 de janeiro, eles derrotaram a equipe de Goldust, Damien Sandow, Jack Swagger e Zack Ryder. No Raw de 8 de fevereiro, Rose derrotou Titus O'Neil. Na Wrestlemania 32, Rose competiu na André The Giant Memorial Battle Royal, mas foi eliminado pelo vencedor Baron Corbin.[72]

Em 16 de abril, Rose foi suspenso por 60 dias após a sua segunda violação no Programa de Bem-estar da empresa.[1] Em 20 de abril, Leppan abordou publicamente sua suspensão como "não está certo", dizendo: "Eu não fiz nada conscientemente errado e estava tomando medicação que o meu [médico] prescreveu e eu segui todo o protocolo correto."[73] Em 3 de maio, Leppan postou uma nota de alimentação manuscrita de um médico em seu Twitter, indicando que ele tinha prescrito Adderall XR para tratar ADHD. Leppan escreveu que a WWE sabia que ele tinha a receita para mais de um ano.[74] Em 11 de maio, Leppan foi preso em Hillsborough County, Flórida por violência doméstica e adulteração de testemunha.[75] Mais tarde, naquele dia, a WWE anunciou que a partir do resultado, Leppan tinha sido suspenso por tempo indeterminado.[76] [77] Em 23 de maio, Leppan solicitou e obteve sua libertação da WWE.[78]

Em 14 de junho de 2016, o caso de violência doméstica foi abandonado devido a ele provar que estava recebendo ajuda profissional para seus problemas conjugais.[79] Em 12 de maio, um juiz de Hillsborough County liberou Rose com U$1000,00 depois que sua esposa implorou ao juiz para ter misericórdia com seu marido devido a ele concordar em passar por aconselhamento semanal antes de sua próxima corte em junho.[79]

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

Rose é incluindo como conteúdo para download para o jogo WWE 2K15, como parte do pacote NXT Arrival, disponibilizado em março de 2015 antes da Wrestlemania 31.[80] O personagem The Bunny está incluido na entrada de Rose com outros Rosebuds no WWE 2K15, mas é outra forma não jogável. Rose também é jogável no WWE 2K16.

Para a temporada 2014-15, os Ottawa Senators da NHL, juntamente com os Frontenacs Kingston da Liga de Hóquei de Ontário utilizaram o tema de entrada de Rose como parte de chifre de gol da equipe.

Em maio de 2015, um documentário de E: 60, intitulada "Behind the Curtain", foi ao ar na ESPN, com foco em Leppan, Austin Watson (Xavier Woods), Matthew Polinsky (Corey Graves) e seu tempo no território de desenvolvimento da WWE, NXT.[81]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Leppan tem uma esposa americana, Cassandra, que ele conheceu depois que chegou aos Estados Unidos em 2010 para lutar. Cassandra ficou impressionada com sua dedicação e ética no wrestling. Leppan tem dois filhos: Maverick e Levi. Maverick nasceu em 18 de outubro de 2011 com onfalocele (um raro defeito na parede abdominal), e precisava de cirugia imediata depois do nascimento para corrigir o defeito. Com três anos de idade, Maverick tinha sobrevivido ao seu prognóstico, tinha quatro operações, e ele precisava ser alimentado através de um tubo ligado ao seu estômago. Levi nasceu em fevereiro de 2014.[5]

Em 2016, Leppan revelou que sua irmã tinha morrido de complicações decorrentes ao uso de heroína.[73]

No dia 11 de maio de 2016, Leppan foi preso em Lutz, Flórida pelo gabinete do Hillsborough County Sheriff por adulteração de testemunha e violência doméstica. O incidente ocorreu às 1:30 da manhã. No dia seguinte às 4:10 da tarde, Leppan foi liberado da custódia com uma fiança de U$1.000,00.[82] Os responsáveis da WWE suspenderam Leppan por tempo indeterminado, citando sua política de "tolerância zero" por violência doméstica, e mais tarde, concederam a ele seu pedido de liberação. No dia 14 de junho de 2016, foi anunciado por seus advogados que todas as acusações contra Leppan foram retiradas.[76]

Leppan é um cristão.

No wrestling[editar | editar código-fonte]

  • Alcunhas
    • "The South African Super Studd"[2]
    • "The Ultimate Party Animal"[95] [96]
    • "The Ultimate Party Pooper"[65]
    • "The Radical Mongoose"[97]
  • Managers
  • Temas de Entrada
    • "Hot House" por Extreme Music (FCW; 2010)
    • "Excessive Testosterone" por Joseph Saba & Stewart Winter (FCW; 2011)
    • "Grand March From Aida" por Harry Edwards (NXT; 2012)
    • "Medieval Rock 2" por No Straw Dogs Library (NXT; 2012-2013)
    • "Let It Go" por Extreme Music Library (NXT; 2013)
    • "World Goes Wild" por Above Envy (NXT; 2014)
    • "Break Away" por CFO$[98] (WWE; 2014-2016)
    • "My Way" por Jim Johnston (WWE; 4 de janeiro de 2016; usado enquanto parte do The Social Outcasts)
    • "Outcast" por CFO$ (WWE; 11 de janeiro de 2016 – 3 de abril de 2016) (usado enquanto parte do The Social Outcasts)

Títulos e prêmios[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «WWE Suspends Raymond Leppan and Ryan Parmeter». WWE. 16 April 2016. Consultado em 16 April 2016. 
  2. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u «Leo Kruger». Online World of Wrestling. Consultado em 29 December 2011. 
  3. a b c Fishman, Scott (29 April 2012). «South African friends looking to reunite in WWE». The Miami Herald. Arquivado desde o original em 30 April 2012. Consultado em 30 April 2012. 
  4. http://www.pwinsider.com/article/82308/results-and-thoughts-from-final-nxt-house-show-in-tampa.html?p=1
  5. a b c "WWE: Behind the Curtain". E:60. ESPN.
  6. a b c «Adam Rose». WWE. Consultado em 18 April 2016. 
  7. a b Mooneyham, Mike. «Adam Rose’s inspirational story: From the streets to WWE». The Post and Courier. Consultado em 29 May 2016. 
  8. Johnson, Mike. «New FCW talents, where are they now, chat with the Bellas and more». PWInsider. Consultado em 6 May 2014. 
  9. «Adam Rose’s inspirational story: From the streets to WWE». 2015-05-10. Consultado em 2016-06-25. 
  10. a b «WWP World Heavyweight Title». World Wrestling Professionals. 1 July 2011. Consultado em 29 December 2011. 
  11. a b «Florida Championship Wrestling (2010)». Online World of Wrestling. Consultado em 29 December 2011. 
  12. Mize, Adam (2 July 2010). «7/2 FCW Results in Melbourne, Fla.: Nexus angle continues, Kaval main events, Hennig vs. Hawkins». Pro Wrestling Torch. Consultado em 29 December 2011. 
  13. a b c «Leo Kruger». NXT Wrestling. Arquivado desde o original em 19 January 2013. Consultado em 24 August 2012. 
  14. «Superstars of the Week: Leo Kruger». Florida Championship Wrestling. Arquivado desde o original em 28 December 2011. Consultado em 29 December 2011. 
  15. Namako, Jason (10 October 2011). «FCW Results – 10/9/11». WrestleView. Consultado em 29 December 2011. 
  16. a b c «Champions Roll Call». Florida Championship Wrestling. Consultado em 17 March 2012. 
  17. Tedesco, Mike (20 September 2011). «SPOILERS: WWE NXT for September 20». WrestleView. Consultado em 29 December 2011. 
  18. Tedesco, Mike (27 September 2011). «SPOILERS: WWE Superstars for September 29». WrestleView. Consultado em 29 December 2011. 
  19. Namako, Jason (25 October 2011). «FCW Results – 10/24/11». WrestleView. Consultado em 29 December 2011. 
  20. Namako, Jason (14 November 2011). «FCW Results – 11/14/11». WrestleView. Consultado em 29 December 2011. 
  21. «Florida Championship Wrestling TV report for 12–18». Wrestling Observer/Figure Four Online. Consultado em 29 December 2011. 
  22. Martin, Adam (28 December 2011). «Second report of 12/27 WWE event at MSG». WrestleView. Consultado em 29 December 2011. 
  23. Mientus, Joe (28 December 2011). «12/28 WWE results Pittsburgh, Pa.: Punk vs. Miz steel cage, Miz mic work, battle royal, Lawler, Cena vs. Kane». Pro Wrestling Torch. Consultado em 29 December 2011. 
  24. Tedesco, Mike (31 December 2011). «12/30 WWE Results: Hartford, Connecticut». WrestleView. Consultado em 2 January 2012. 
  25. Meltzer, Dave (2 February 2012). «Two title changes at tonight's FCW tapings». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 4 February 2012. 
  26. «WWE News: FCW name being phased out». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 7 June 2013. 
  27. James, Justin. «JAMES'S NXT REPORT 6/27: Week 2 of New NXT season – Bateman vs. Curtis main event, Cesaro, Seth Rollins, Steamboat». Pro Wrestling Torch. Consultado em 14 July 2012. 
  28. James, Justin. «JAMES'S WWE NXT RESULTS 8/1: NXT Title tournament begins with Rollins, Steamboat, McIntyre». Pro Wrestling Torch. Consultado em 9 August 2012. 
  29. Chiverton, George. «CHIVERTON'S NXT SCOUTING REPORT: Latest evaluation & rankings of WWE's top Developmental stars». Pro Wrestling Torch. Consultado em 7 October 2012. «Kruger is a changed man ... He's got a hunter gimmick ... his persona has gone from confused to straight up crazy.» 
  30. a b James, Justin. «JAMES'S WWE NXT REPORTS 4/17 & 4/24 & 5/1: Jericho in action, The Shield, Clash of Champions featuring several title matches, Paige vs. Summer Rae feud continues, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 18 June 2013. 
  31. James, Justin. «JAMES'S WWE NXT RESULTS 12/5 – WEEK 24: Kidd main event, Cesaro, Shield member in action, Overall Reax». Pro Wrestling Torch. Consultado em 10 January 2013. 
  32. James, Justin. «JAMES'S WWE NXT REPORT 1/2: Developmental kicks off 2013 with NXT Title match, Shield added to storylines, Big E.'s role before main roster call-up». Pro Wrestling Torch. Consultado em 10 January 2013. 
  33. James, Justin. «JAMES'S WWE NXT REPORT 1/16: PAC debuts, released Barreta & injured Kidd wrestle, Sandow and Cesaro(?) team, Overall Reax». Pro Wrestling Torch. Consultado em 30 July 2013. 
  34. James, Justin. «JAMES'S WWE NXT RESULTS 1/30: Tournament continues, Bo Dallas in main event, returns of Bateman, A-Ry & Mason Ryan». Pro Wrestling Torch. Consultado em 1 June 2013. 
  35. James, Justin. «JAMES'S WWE NXT REPORT 2/6 – Week 32: Tag Tournament continues, Bo Dallas's main-roster debut carries over, Overall Reax». Pro Wrestling Torch. Consultado em 15 February 2013. 
  36. Chiverton, George. «CHIVERTON'S NXT SCOUTING REPORT: Latest Rankings & Evaluation of WWE Developmental roster». Pro Wrestling Torch. Consultado em 11 August 2013. 
  37. James, Justin. «JAMES'S WWE NXT RESULTS 2/27: The Shield attacks in the main event, a match so bad that it's good, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 11 August 2013. 
  38. Chiverton, George. «CHIVERTON'S NXT SCOUTING REPORT: Latest Rankings & Evaluation of top WWE Developmental prospects». Pro Wrestling Torch. Consultado em 19 August 2013. 
  39. Namako, Jason. «WWE NXT Results – 6/27/13 (#1 Contenders Match)». Wrestleview. Consultado em 8 August 2013. 
  40. Namako, Jason. «WWE NXT Results – 7/18/13 (Neville/Graves vs. Wyatt Family)». Wrestleview. Consultado em 8 August 2013. 
  41. Trionfo, Richard. «WWE NXT REPORT: UNITED STATES TITLE ON THE LINE; NXT TITLE ON THE LINE; DANCE SUPREMACY IN NXT ON THE LINE; TYLER BREEZE IS TYLER BREEZE; AND MORE». PWInsider. Consultado em 9 August 2013. 
  42. James, Justin. «James's WWE NXT results 1/1 – Week 79: Zayn/Generico in 2/3 Falls match, Kingston, Natalya, Overall Reax». Pro Wrestling Torch. Consultado em 3 January 2014. 
  43. Johnson, Mike. «Results and thoughts from final NXT house show in Tampa». PWInsider. Consultado em 3 May 2014. 
  44. «James's WWE NXT report 3/6: Post-Arrival "reset" includes Neville's first night as NXT champ, Zayn vs. Graves, re-packaged Rose, Flair, Cena, Yoshi, more; Overall Reax». Pro Wrestling Torch. Consultado em 3 May 2014. 
  45. Chiverton, George. «Chiverton's NXT scouting report: Latest Rankings & Evaluation, including Network Era Ranking #1». Pro Wrestling Torch. Consultado em 3 May 2014. 
  46. Caldwell, James. «WWE Newswire: Raw's Twitter TV Ranking, Slaughter talks WM40, D-Young mentioned in Michael Sam statement, NXT'er introduces new gimmick, int'l try-out, new toy line». PWTorch.com. Consultado em 2 October 2014. 
  47. Looking At A 'Most Excellent Debut For Adam Rose' Edition Of Wwe Nxt. PWInsider.com (7 March 2014). Retrieved on 2015-08-10.
  48. Namako, Jason. «WWE NXT Results – 8/7/14 (Kidd/Gabriel VS. Zayn/Rose)». wrestleview.com. Consultado em 18 October 2014. 
  49. Witner, Emerson. «WWE NXT TV Report: Kalisto/Sin Cara vs. Sami Zayn/Adam Rose, new GM coming». Wrestling Observer. Consultado em 18 October 2014. 
  50. James, Justin. «James's WWE NXT Report 9/4 – Week 114: Final hype for "Takeover" special, Tag Tournament ends, Overall Reax». PWTorch.com. Consultado em 18 October 2014. 
  51. Caldwell, James. «Raw news: Bryan's first night as champ, Taker update, Cesaro joins Heyman, Warrior returns, RVD returns, Paige debuts & wins Divas Title, other NXT intros, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 8 April 2014. 
  52. Caldwell, James. «Caldwell's WWE Raw results 5/5: Complete "virtual-time" coverage of live Raw – PPV fall-out, U.S. Title battle royal, IC Title re-match, Shield vs. Wyatts, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 13 May 2014. 
  53. Adam Rose vs. Jack Swagger: SmackDown, 30 May 2014. WWE.com. Retrieved on 10 August 2015.
  54. Adam Rose vs. Jack Swagger: 2 June 2014. WWE.com. Retrieved on 10 August 2015.
  55. WWE Money in the Bank 2014 Results: Winners, Grades, Reaction and Highlights. Bleacher Report (29 June 2014). Retrieved on 2015-08-10.
  56. Caldwell, James. «Caldwell's WWE Raw results 9/22: Complete "virtual-time" coverage of Raw vs. NFL Week 3 – PPV fall-out, Cena vs. Orton, Ambrose's in-ring return, no Heyman or Brock, more». PWTorch.com. Consultado em 18 October 2014. 
  57. Parks, Greg. «Parks's WWE SmackDown report 10/10: Ongoing "virtual time" coverage of Friday show, including the 15th Anniversary of Smackdown celebration». PWTorch.com. Consultado em 18 October 2014. 
  58. «Ask the Specialists Roundtable: Should WWE be doing more with a fresh star like Dean Ambrose?». PWTorch.com. Consultado em 23 January 2015. 
  59. Parks, Greg. «Parks's WWE SmackDown report 10/31». Pro Wrestling Torch. Consultado em 5 November 2014. 
  60. Adam Rose talks about The Bunny's Slammy Award win: WWE App, 12 December 2014. WWE.com. Retrieved on 10 August 2015.
  61. Adam Rose vs. Kane: SuperSmackDown, 16 December 2014. WWE.com. Retrieved on 10 August 2015.
  62. 5 Ups And Downs From Last Night's WWE Raw (15 Dec) – Page 8. Whatculture.com (16 December 2014). Retrieved on 2015-08-10.
  63. Clapp, John. «2nd Annual André the Giant Memorial Battle Royal». WWE. Consultado em 24 February 2015. 
  64. Benigno, Anthony. (22 June 2015) WWE Raw results, 22 June 2015: Lesnar settles his debts and Rollins begs forgiveness as WWE Battleground approaches. WWE.com. Retrieved on 2015-08-10.
  65. a b http://www.wrestlezone.com/news/613305-detailed-wwe-main-event-taping-results-including-dark-match-dusty-classic-match-results-spoilers
  66. http://dailyddt.com/2015/11/04/adam-rose-unveils-new-bunny-photo/
  67. http://www.pwmania.com/adam-rose-brad-maddo-latest-paige-the-miz-talk-new-movie-the-usos-on-wwe-main-event
  68. http://www.wwe.com/inside/brad-maddox-released-28272321
  69. http://www.lordsofpain.net/reports/wwe/raw/LIVE_COVERAGE_OF_TONIGHT_S_WWE_RAW_11_30_15.html
  70. http://www.wwe.com/shows/raw/2016-01-04/wwe-raw-results-28503480/page-7
  71. Caldwell, James. «1/11 WWE Raw Results – CALDWELL’S Complete, Live Report». PWTorch.com. Consultado em 6 February 2016. 
  72. http://www.wrestlezone.com/news/693885-wrestlemania-32-result-winner-of-the-andre-the-giant-memorial-battle-royal-is
  73. a b http://www.twitlonger.com/show/n_1soj9q3
  74. http://www.foxsports.com/wwe/story/wwe-adam-rose-suspension-adderall-doctors-note-050416
  75. http://www.foxnews.com/entertainment/2016/05/11/suspended-wwe-star-adam-rose-arrested-on-domestic-violence-charges.html
  76. a b http://wrestlingnews.co/wwe-announces-adam-rose-is-now-suspended-indefinitely-following-florida-arrest/
  77. «Raymond Leppan (a.k.a Adam Rose) arrested, suspended». WWE. Consultado em May 23, 2016. 
  78. «Adam Rose released». WWE. Consultado em May 23, 2016. 
  79. a b «Adam Rose case dropped». The Bleacher Report. Consultado em June 15, 2016. 
  80. 2K talks about Paige, Sid, Adam Rose's Bunny and other members | WWE 2K15 Game – Hints, cheats and tips. . Retrieved on 10 August 2015.
  81. http://heavy.com/sports/2015/05/behind-the-curtain-nxt-wwe-e60-espn-corey-graves-adam-rose-xavier-woods/
  82. http://www.wrestlinginc.com/wi/news/2016/0512/611678/adam-rose-released-from-jail/
  83. Namako, Jason. «WWE NXT results – 5/1/14 (Adrian Neville vs. Brodus Clay)». Wrestleview. Consultado em 27 May 2014. 
  84. Trionfo, Richard. «WWE Raw report: an old friend returns to be by Triple H's side; more matches for Payback; Bolieve on Raw; and more». PWInsider. Consultado em 27 May 2014. 
  85. «WWE NXT TV Report: Sami Zayn vs. Leo Kruger 2/3 Falls, Kofi vs. Rusev (video)». 
  86. a b Trionfo, Richard. «WWE NXT report: number one contender match; six divas in action; the Shield send a message; the Wyatt Family makes their presence known». PWInsider. Consultado em 9 March 2013. 
  87. a b c Martin, Adam. «FCW Results- 5/27/12». Wrestleview. Consultado em 12 August 2013. 
  88. a b c Trionfo, Richard. «WWE NXT report: current and former NXT champions in action; women's title tournament finishes the first round; number one contenders for the tag titles determined; and more». PWInsider. Consultado em 28 June 2013. 
  89. «WWE NXT TV report – Top contenders for tag title match». Wrestling Observer. Consultado em 12 August 2013. «Leo won the match with a high stepping Lariat called The Slice and submitting Dante» 
  90. Trionfo, Richard. «WWE NXT REPORT: NEVILLE VERSUS CLAY IN A NO DQ MATCH; THE EXOTIC EXPRESS STOPS AT FULL SAIL; WOMEN'S TITLE TOURNAMENT STARTS; AND MORE». PWInsider. Consultado em 4 May 2014. 
  91. Rose, Adam. «My spine buster = The E-Lemon-Nator! Thanks #Rosebuds! Love ya». Twitter. Consultado em 5 November 2014. 
  92. a b Trionfo, Richard. «WWE NXT Ohno versus Harper; Rusev and Lefort are no more; a new recruit For the 'mean girls'?; and more». PWInsider. Consultado em 21 December 2013. 
  93. a b Trionfo, Richard. «WWE NXT report: if you like the Shield, this is the show for you to watch; big title match announced for next week; Kidd and Gabriel versus Ohno and Kruger; and more». PWInsider. Consultado em 9 January 2013. 
  94. Namako, Jason. «WWE NXT Results – 12/11/13 (Kruger vs. Zayn)». WrestleView. Consultado em 21 December 2013. 
  95. http://www.wwe.com/videos/big-e-vs-adam-rose-smackdown-january-9-2015-27000023
  96. http://www.wwe.com/shows/wwenxt/2015-06-03/wwe-nxt-results-2015-06-03-27454457
  97. «The Usos def. Curtis Axel & Adam Rose». WWE.com. Consultado em February 5, 2016. 
  98. http://learnfree.me/cig/dshop.php?file=kIM5dd5iBqFZJ4epkfp
  99. «PWI 500 2015». 
  100. Meltzer, Dave (26 January 2015). «Jan. 26, 2015 Wrestling Observer Newsletter: 2014 awards issue w/ results & Dave’s commentary, Conor McGregor, and much more». Wrestling Observer Newsletter (Campbell, California [s.n.]): 34. ISSN 1083-9593. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Adam Rose

Perfil de Adam Rose no WWE.com (em inglês)