Raymundo Bruno Marussig

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Raymundo Bruno Marussig
Nascimento 1929
Londrina
Morte 13 de agosto de 2017 (87–88 anos)
Curitiba
Sepultamento Parque Iguaçu
Cidadania Brasil
Ocupação engenheiro civil, político,

Raymundo Bruno Marussig (Londrina, 1929 - Curitiba, 13 de agosto de 2017) foi um engenheiro civil e político brasileiro.[1]

Atuou como ministro interino da Agricultura no governo Costa e Silva, de 10 de abril a 20 de novembro de 1968.[2] [3]

Entre outras funções públicas, foi primeiro presidente da Instituto de Pesquisas e Planejamento Urbano de Curitiba (IPPUC), instituição pioneira do estudo e planejamento urbano, criada em 1965.[4] Ocupou também a Secretaria Municipal das Administrações regionais da cidade de Curitiba, na administração Jaime Lerner (1989-1992).[5]

Referências

  1. «Falecimentos do dia (13/08/2017) | Falecimentos, Notícias». Tribuna PR - Paraná Online. 13 de agosto de 2017. Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  2. «Ministérios». Biblioteca. Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  3. «Marussig mostra a Costa os resultados da Carta de Brasília» (PDF). Diário do Paraná. 23 de abril de 1968. Consultado em 1 de dezembro de 2020 
  4. «Nos 15 anos do IPPUC, o encontro da cidade | tabloide digital». www.millarch.org. Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  5. NAZARENO, Louise Ronconi de (2005). «REDES SOCIAIS E COALIZÃO DE GOVERNO EM CURITIBA 1985-2004» (PDF). UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO - FACULDADE DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS - DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA POLÍTICA. Consultado em 1 de dezembro de 2020 

Precedido por
Ivo Arzua Pereira
Ministro da Agricultura do Brasil
1968
Sucedido por
Ivo Arzua Pereira


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) político(a) é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.