Real Noroeste Capixaba Futebol Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Real Noroeste
RealNoroesteCFC.png
Nome Real Noroeste Capixaba Futebol Clube
Alcunhas Merengue Capixaba
Mascote Águia
Fundação 9 de abril de 2008 (12 anos)
Estádio Ninho da Águia
Capacidade 5.281[1]
Localização Águia Branca,  Espírito Santo
Presidente Flaris Olímpio da Rocha
Treinador Gilmar Estevam
Patrocinador Banestes
Material (d)esportivo Fase
Competição Campeonato Capixaba
Copa Espírito Santo
Copa Verde
Ranking nacional 205º, 60 pontos[2]
Website [1]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

O Real Noroeste Capixaba Futebol Clube, ou apenas Real Noroeste, é um clube-empresa de futebol brasileiro com sede em Águia Branca, no estado do Espírito Santo.

Seu estádio, o José Olímpio da Rocha, fica situado no mesmo município e tem capacidade para 5.281 pessoas.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O tricampeonato da Copa Espírito Santo[editar | editar código-fonte]

No dia 22 de agosto de 2010, o Real Noroeste estreou em competições oficiais na Copa Espírito Santo de 2010, empatou em 1 a 1 com o Jaguaré no Estádio Conilon. O atacante Giovani foi o autor do primeiro gol da história do Real. Ainda nesta edição, o clube chegou à decisão e acabou ficando com o vice-campeonato ao ser derrotado pelo Vitória-ES.[3]

Em 2011, na decisão do Campeonato Capixaba da Segunda Divisão, o Real empatou em 1 a 1 com o Botafogo de Jaguaré no José Olímpio da Rocha e foi goleado por 5 a 0 no Estádio Conilon, terminando com o vice-campeonato, garantindo acesso à Primeira Divisão. Ainda em 2011, depois de dois vices, nas duas primeiras competições oficiais, o clube conquistou a Copa Espírito Santo, derrotando a Desportiva Ferroviária por 3 a 0 e garantindo vaga na Copa do Brasil do ano seguinte para estrear em competições nacionais.[3]

Na primeira fase da Copa do Brasil de 2012 o clube perdeu por 2 a 0 para o Ipatinga no Estádio José Olímpio da Rocha e foi eliminado da competição nacional sem a necessidade do jogo da volta.[4]

Em 2013 conquistou o bicampeonato da Copa Espírito Santo empatando o segundo jogo da final em 1 a 1 com o Cachoeiro Futebol Clube em Águia Branca. O primeiro jogo foi vencido por 2 a 1 no Estádio Engenheiro Araripe em Cariacica. O título garantiu vaga em 2014 na segunda Copa do Brasil da história do clube e na disputa do título em jogo único da Copa dos Campeões do Espírito Santo contra a Desportiva, campeão do Campeonato Capixaba de de 2013.[5]

Na primeira competição do ano, a Copa dos Campeões do Espírito Santo de 2014, o Real Noroeste foi derrotado pela Desportiva por 2 a 1 no Estádio Salvador Costa em Vitória na final e perdeu o título para o rival.[6]

Na Copa do Brasil de 2014, após empate de 1 a 1 no jogo da ida em Águia Branca, Real Noroeste foi derroto pelo Rio Branco-AC por 1 a 0 na Arena da Floresta em Rio Branco, Acre e foi eliminado ainda na fase preliminar do campeonato.[7] No mesmo ano, Real Noroeste conquistou o tricampeonato da Copa Espírito. O clube empatou o segundo jogo da final com o Atlético Itapemirim por 1 a 1 e garantiu o título e a vaga novamente na Copa do Brasil do ano seguinte por ter vencido o jogo de ida por 2 a 1.[8]

Na fase preliminar da Copa do Brasil de 2015 o Real Noroeste classificou-se após vitória também no jogo de volta contra Atlético Acreano no José Olímpio da Rocha por 3 a 2 com três gols do jogador Stênio Garcia.[9] Na primeira fase após derrota em casa por 4 a 1 para o Criciúma, foi eliminado sem a necessidade do jogo de volta.[10]

Na Copa Espírito Santo de 2015 o clube chegou a sua quinta final na competição. O Real Noroeste terminou com o vice-campeonato após dois empates na final por 1 a 1 com o Espírito Santo, o time do Espírito Santo tinha a vantagem na final por ter melhor campanha na primeira fase.[11]

No Capixabão de 2016, o clube terminou o campeonato na terceira colocação no hexagonal final, a apenas um ponto dos finalistas Espírito Santo e Desportiva.[12]

Vice-campeão capixaba duas vezes seguidas[editar | editar código-fonte]

Na primeira fase do Capixabão de 2018, o Real Noroeste terminou na vice-liderança e classificou-se à semifinal.[13] Na semifinal, eliminou o Espírito Santo e alcançou a final do Capixabão pela primeira vez na sua história.[14] No segundo jogo da final, o Real Noroeste venceu o Serra por 4 a 3 no Estádio Kleber Andrade, porém não conquistou o título por ter perdido o primeiro jogo por 1 a 0.[15] Na Copa Espírito Santo de 2018, o Real Noroeste foi eliminado pelo Atlético Itapemirim nas semifinais.[16]

Nas semifinais do Capixabão de 2019, após perder o primeiro jogo por 4 a 3 contra o Rio Branco-ES no Kleber Andrade, venceu o segundo jogo em casa por 2 a 0 com gol de Robert nos acréscimos e classificou-se à final pelo segundo ano consecutivo.[17] Na final, após dois empates em 1 a 1, foi derrotado na disputa por pênaltis para o Vitória-ES, terminando com o vice-campeonato pela segunda vez em sua história.[18]

O Real Noroeste foi confirmado na Copa Verde de 2019 por indicação da Federação de Futebol do Espírito Santo após as desistências de clubes de outras federações. Foi a primeira vez que o Real participou desta competição.[19] Na estreia, o clube derrotou em casa por 1 a 0 o Iporá de Goiás no jogo de ida da primeira fase.[20] No jogo de volta, o Real perdeu por 2 a 0 sendo eliminado da competição.[21]

Quarto título da Copa Espírito Santo[editar | editar código-fonte]

Nas semifinais do Copa Espírito Santo de 2019, após dois empates, o Real Noroeste derrotou o Serra na disputa por pênaltis, classificando-se à final para reeditar a final do Capixabão de 2019 com o Vitória-ES. Com a classificação à final garantiu também uma vaga inédita na Série D do Brasileiro.[22] Na final, após vencer o Vitória no jogo de ida por 1 a 0, o Real Noroeste empatou em 0 a 0 no jogo de volta, conquistando o título na revanche após perder a final do Capixabão para o Alvianil. Este título foi o quarto da sua história, tornando-se o maior vencedor da competição. O título também concedeu vaga na Copa Verde de 2020.[23]

Na estreia do Campeonato Brasileiro da Série D de 2020, o Real vence o Aquidauanense do Mato Grosso do Sul por 3 a 1 no José Olímpio da Rocha em jogo válido pela fase preliminar.[24] No jogo de volta, o Real vence novamente o Aquidauanense por 3 a 1 e garante vaga na fase de grupos.[25] Na fase de grupos, o Real termina na quarta colocação em seu grupo e classifica-se à fase de mata-mata.[26] Na segunda fase é eliminado pelo Brasiliense.[27]

No Capixabão de 2020, o Real elimina o Serra nas quartas de finais.[28]

Títulos[editar | editar código-fonte]

ESTADUAIS
Competição Títulos Temporadas
EStrophy.png Copa Espírito Santo 4 2011, 2013, 2014 e 2019

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Participações[editar | editar código-fonte]

Participações em 2020
Competição Temporadas Anos P Aumento R Baixa
Espírito Santo (estado) Campeonato Capixaba 9 2012-2020
Série B 1 2011 1
Copa Espírito Santo 10 2010-2019
Brasil Campeonato Brasileiro - Série D 1 2020
Copa do Brasil 3 2012, 2014-2015
Copa Verde de Futebol Copa Verde 2 2019-2020

Temporadas[editar | editar código-fonte]

Brasil Brasil Copa Verde de Futebol Regional Espírito Santo (estado) Espírito Santo
Ano Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Copa Verde Campeonato Capixaba Copa Espírito Santo
Div. Pos. Pts J V E D GP GC Fase Máxima Fase Máxima Div. Pos. Fase Máxima
2010 D Não classificado B F
2011 D Não classificado B C
2012 D Não classificado 1F A 1F
2013 D Não classificado A C
2014 D Não classificado Preliminar A C
2015 D Não classificado 1F A F
2016 D Não classificado A 1F
2017 D Não classificado A 1F
2018 D Não classificado A SF
2019 D Não classificado 1F A C
2020 D 32º 20 16 5 5 6 21 22 A disputar A Ad
Legenda:
     Campeão
     Vice-campeão
     Eliminado na semifinal.
     Rebaixado à divisão inferior.
     Campeão e promovido à divisão superior
     Promovido à divisão superior.

Retrospecto em competições nacionais[editar | editar código-fonte]

Última atualização: Campeonato Brasileiro de 2020 - Série D.

Competição Temporadas Títulos Pts. J V E D GP GC
Brasil Série D 1 20 16 5 5 6 21 22
Copa do Brasil 3 7 6 2 1 3 6 10
Copa Verde de Futebol Copa Verde 1 3 2 1 0 1 1 2

Pts Pontos obtidos, J Jogos, V Vitórias, E Empates, D Derrotas, GP Gols Pró e GC Gols Contra

Jogos em competições nacionais

Ipatinga 2 x 0 Real Noroeste - Copa do Brasil de 2012[4]

Real Noroeste 1 x 1 Rio Branco - AC - Copa do Brasil de 2014[29]

Rio Branco - AC 1 x 0 Real Noroeste - Copa do Brasil de 2014[29]

Atlético Acreano 0 x 1 Real Noroeste - Copa do Brasil de 2015[30]

Real Noroeste 3 x 2 Atlético Acreano - Copa do Brasil de 2015[30]

Real Noroeste 1 x 4 Criciúma - Copa do Brasil de 2015[31]

Jogadores ilustres[editar | editar código-fonte]

Símbolos[editar | editar código-fonte]

Escudos[editar | editar código-fonte]

O primeiro escudo do clube foi desenhado pelo designer gráfico esperancense Wagney Gomes Câmara.

Uniformes[editar | editar código-fonte]

Temporada 2020[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme nº 1
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme nº 2

Temporada 2019[editar | editar código-fonte]

Copa Espírito Santo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme nº 1
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme nº 2
Campeonato Capixaba
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme nº 1
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme nº 2

Temporada 2018[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme nº 1
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme nº 2

Temporada 2017[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme nº 1
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme nº 2

Temporada 2016[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme nº 1
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme nº 2

Temporada 2015[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme nº 1
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme nº 2

Ranking da CBF[editar | editar código-fonte]

Ranking atualizado em dezembro de 2018.[2]

  • Posição: 205º
  • Pontuação: 60 pontos

É o ranking criado pela Confederação Brasileira de Futebol para pontuar todos os clubes do Brasil segundo a classificação em competições nacionais nos últimos cinco anos.

Referências

  1. a b «Kleber Andrade e José Olímpio da Rocha serão os palcos da final do Capixabão 2018». globoesporte.com. 26 de março de 2018. Consultado em 28 de março de 2018 
  2. a b «RNC - Ranking Nacional dos Clubes 2019» (PDF). CBF. 5 de dezembro de 2018. Consultado em 31 de julho de 2019 
  3. a b «Dez anos em dez momentos: Real Noroeste completa uma década no futebol profissional». globoesporte.com. 21 de agosto de 2020. Consultado em 22 de setembro de 2020 
  4. a b «Ipatinga vence Real Noroeste fora de casa e evita partida de volta». globoesporte.com. 7 de março de 2013. Consultado em 5 de dezembro de 2016 
  5. «Com golaço, Real Noroeste empata com Cachoeiro e leva bi da Copa ES». globoesporte.com. 28 de setembro de 2013. Consultado em 5 de dezembro de 2016 
  6. «Tiva quebra escrita, vence o Real e conquista Copa dos Campeões do ES». globoesporte.com. 11 de janeiro de 2014. Consultado em 5 de dezembro de 2016 
  7. «Pré-Copa do Brasil: Rio Branco-AC derrota o Real Noroeste e avança». globoesporte.com. 26 de fevereiro de 2014. Consultado em 5 de dezembro de 2016 
  8. «Real Noroeste empata com Atlético-ES e leva o tri da Copa Espírito Santo». globoesporte.com. 22 de novembro de 2014. Consultado em 3 de novembro de 2016 
  9. «Com hat-trick de Stênio Garcia, Real vence Atlético-AC e pega o Criciúma». globoesporte.com. 22 de fevereiro de 2015. Consultado em 3 de novembro de 2016 
  10. «Criciúma goleia o Real, elimina o jogo de volta e avança na Copa do Brasil». globoesporte.com. 18 de março de 2015. Consultado em 3 de novembro de 2016 
  11. «Espírito Santo empata com o Real Noroeste e fica com título da Copa ES». globoesporte.com. 7 de novembro de 2015. Consultado em 3 de novembro de 2016 
  12. «Tiva bate o Real, avança à final, fatura uma vaga na Série D e elimina o rival». globoesporte.com. 23 de abril de 2016. Consultado em 20 de julho de 2016 
  13. «Classificado, Real Noroeste segura o empate e elimina o Atlético Itapemirim». globoesporte.com. 10 de março de 2018. Consultado em 11 de março de 2018 
  14. «Real Noroeste vence Espírito Santo novamente e chega a sua primeira decisão de Capixabão». globoesporte.com. 24 de março de 2018. Consultado em 26 de março de 2018 
  15. «Serra perde para o Real Noroeste, mas conquista o título do Capixaba 2018». globoesporte.com. 7 de abril de 2018. Consultado em 8 de abril de 2018 
  16. «Atlético Itapemirim vence o Real Noroeste e avança à decisão da Copa ES 2018». globoesporte.com. 6 de outubro de 2018. Consultado em 7 de outubro de 2018 
  17. «Robert marca nos acréscimos, de pênalti, e Real Noroeste está na decisão do Campeonato Capixaba 2019». gazetaonline.com.br. 13 de abril de 2019. Consultado em 14 de abril de 2019 
  18. «Vitória-ES vence o Real Noroeste nos pênaltis e conquista o 10º título do Campeonato Capixaba». gazetaonline.com.br. 27 de abril de 2019. Consultado em 28 de abril de 2019 
  19. «Após indicação da FES, Real Noroeste é confirmado pela CBF na Copa Verde 2019». gazetaonline.com.br. 8 de junho de 2019. Consultado em 14 de junho de 2019 
  20. «Real Noroeste vence o Iporá-GO e abre vantagem na primeira fase da Copa Verde». gazetaonline.com.br. 24 de julho de 2019. Consultado em 25 de julho de 2019 
  21. «Iporá vence o Real Noroeste e avança para as oitavas de final da Copa Verde 2019». globoesporte.com. 30 de julho de 2019. Consultado em 1 de agosto de 2019 
  22. «Real vence o Serra nos pênaltis, avança às finais da Copa Espírito Santo 2019 e garante vaga na Série D do Brasileiro em 2020». globoesporte.com. 2 de novembro de 2019. Consultado em 4 de novembro de 2019 
  23. «Real Noroeste empata com o Vitória-ES e conquista o tetra da Copa Espírito Santo». globoesporte.com. 15 de novembro de 2019. Consultado em 16 de novembro de 2019 
  24. «Com dois gols contra, Real Noroeste bate o Aquidauanense e abre vantagem na pré-Série D». globoesporte.com. 6 de setembro de 2020. Consultado em 21 de setembro de 2020 
  25. «Real Noroeste volta a vencer o Aquidauanense e garante a vaga na fase de grupos da Série D». globoesporte.com. 13 de setembro de 2020. Consultado em 21 de setembro de 2020 
  26. «Goiânia vence o Real Noroeste na última rodada da primeira fase da Série D». globoesporte.com. 28 de novembro de 2020. Consultado em 8 de dezembro de 2020 
  27. «Com dois gols de Zé Love, Brasiliense vence o Real Noroeste avança na Série D do Brasileirão 2020». globoesporte.com. 12 de dezembro de 2020. Consultado em 15 de dezembro de 2020 
  28. «Real Noroeste é derrotado pelo Serra, mas avança às semifinais do Capixaba 2020». globoesporte.com. 2 de dezembro de 2020. Consultado em 8 de dezembro de 2020 
  29. a b Branco, Por GloboEsporte comRio; AC. «Pré-Copa do Brasil: Rio Branco-AC derrota o Real Noroeste e avança». globoesporte.com. Consultado em 25 de julho de 2019 
  30. a b Compartilhar; Facebook; Twitter; LinkedIn; Whatsapp (22 de fevereiro de 2015). «Real Noroeste vence Atlético-AC e avança na Copa do Brasil». Gazeta Online. Consultado em 25 de julho de 2019 
  31. Branca, Por GloboEsporte comÁguia; ES. «Criciúma goleia o Real, elimina o jogo de volta e avança na Copa do Brasil». globoesporte.com. Consultado em 25 de julho de 2019