Realismo sujo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Realismo sujo (Dirty realism, no original) é um movimento literário norte-americano nascido em 1970, em que a narrativa é despojada de suas características fundamentais.[1]

Este movimento é um derivado do minimalismo. No minimalismo, o realismo sujo é caracterizado por uma economia de palavras e um foco na descrição superficial. Autores que trabalham dentro do gênero tendem a afastar-se de advérbios e preferem permitir que o contexto dite os significados. Os personagens de histórias minimalistas e romances tendem a ser corriqueiros.[2]

Referências

  1. Online dictionary service in English, Spanish, German and other languages. (20 de junho de 2008). «"Definition: Dirt Realism".». Consultado em 30 de dezembro de 2008 
  2. Wolf, Tobias (20 de julho de 2008). «"Our Story Begins excels in dirty realism». 30 Dec. 2008  Texto " Metro.co.uk."" ignorado (ajuda)


Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.