Becky Lynch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Rebecca Quin)
Ir para: navegação, pesquisa
Becky Lynch
Becky Lynch WrestleMania 32 Axxess.jpg
Lynch em Março de 2016
Informações pessoais
Nome completo Rebecca Quin[1][2]
Nascimento 31 de janeiro de 1987 (29 anos)[3]
Dublin, Irlanda[2][4]
Residência Orlando, Florida, Estados Unidos
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
Becky Lynch[5]
Rebecca Knox[2]
Altura
anunciada
1 68 m[2][4]
Peso
anunciado
135 lb (61 kg)[2][4]
Anunciado
de
Dublin, Irlanda[6]
Treinado
por
Prince Devitt[7]
Gonzo De Mondo[2]
NWA UK Hammerlock[2]
Paul Tracey[7]
Estreia 11 de Novembro de 2002[2]

Rebecca Quin[2] (Dublin, 30 de janeiro de 1987)[3] é uma lutadora de luta livre profissional e manager irlandesa conhecida como Rebecca Knox no circuito independente. Atualmente ela trabalhada para a WWE no programa SmackDown sob o nome de ringue Becky Lynch.

Quin começou a treinar como lutadora profissional com Fergal Devitt e Paul Tracey como seus treinadores em junho de 2002, e em novembro teve seu primeiro combate. No começo, Quin começou a lutar com seu irmão em combates de equipe e em seguida expandiu sua carreira ao lutar no resto da Europa. Ela começou a lutar regularmente nas companhias One Pro Wrestling, Germany's German Stampede Wrestling e Queens of Chaos, onde venceu o Campeonato da Queens of Chaos em 2006.

Ela competiu na promoção SuperGirls Wrestling, onde foi a campeã inaugural do Campeonato SuperGirls por dez meses. Ela também estreeou na Shimmer Women Athletes em 2006, envolvendo-se em vários combates com Daizee Haze, onde a luta de duas quedas entre elas se tornou uma das mais aclamadas da luta livre feminina.

Em setembro de 2006, Knox sofreu uma lesão na cabeça e foi diagnosticada com possíveis danos em seu oitavo nervo craniano. Ela estava programada para retornar a luta livre em 2008, mas decidiu aposentar-se de sua carreira. Em 2011, Knox retornou na SHIMMER como manager e em 2013 foi contratada pela WWE, sendo designada ao território de desenvolvimento NXT.

Carreira na luta livre profissional[editar | editar código-fonte]

Treinamento e começo de carreira (2002–2005)[editar | editar código-fonte]

Quando adolescente, Quin ouviu que Fergal Devitt e Paul Tracey estariam abrindo uma escola de luta livre na Irlanda, decidindo-se visitar.[3][7] No começo de junho de 2002, Quin se interessou e iniciou seus treinamentos, junto com seu irmão.[7] Ela fez a estreia cinco meses depois em 11 de novembro sob o nome de ringue Rebecca Knox.[2][3] Ela se aliou com seu irmão em uma lutas de duplas mistas durante o começo de sua carreira.[3] Mais tarde ela começou a treinar na NWA UK Hammerlock.[2]

Europa (2005–2008)[editar | editar código-fonte]

Durante o começo de sua carreira, Knox lutou apenas na Irlanda.[8]

Em 7 de agosto de 2005, Knox lutou em uma luta fatal-4-Way na Fighting Spirit Federation (FSF) pelo Campeonato Mundial das Rainhas da Chaos contra a campeã Nikita, Jersey e Sweet Saraya.[9] Após Nikita deixar o título vago, Knox derrotou Saraya pelo título em 4 de junho de 2006 em um show na Chouilly, França.[10] Ela defendeu o título contra Skye e o perdeu para Saraya na World Association of Wrestling (WAW) em Great Yarmouth, Inglaterra em 23 de setembro.[11][12]

Durante 2006, Knox competiu na One Pro Wrestling,[13] International Wrestling Zone[14] e German Stampede Wrestling.[2] Durante um combate na GSW, Knox sofreu um curte em cima do olho,[2] postando mais tarde em seu site oficial que estava sentindo dores de cabeça, zumbidos em seu ouvido esquerdo e problemas de vistas desde a lesão. Mais tarde ela foi diagnosticada com possíveis danos em seu oitavo nervo craniano, onde no processo ela cancelou todos seus outros combates que teria durante o resto do ano.[2][15] Knox então se retirou da luta livre em 8 de maio de 2008.[16][17]

América do Norte (2005–2008; 2011)[editar | editar código-fonte]

Em 2005, Knox se juntou a SuperGirls Wrestling, uma versão feminina da NWA: Extreme Canadian Championship Wrestling (ECCW). Ela imediatamente iniciou uma rivalidade com Miss Chevius, derrotando-a em 17 de maio na Surrey, Colúmbia Britânica e perdendo em 17 de junho na Port Coquitlam, British Columbia.[18][19] Entretanto, na noite seguinte ela se aliou com Calum Macbeth derrotando Miss Chevius e Tony Tisoy em uma luta de duplas mistas em Vancouver.[19] Em 24 de junho, Knox derroto Miss Chevius em um show ao vivo na Surrey, Colúmbia Britânica para se tornar a campeã inaugural do Campeonato SuperGirls.[20][21] Knox defendeu o título contra LuFisto em 23 de setembro nas gravações do DVD Supergirls, retendo o título após acertá-lo em LuFisto e sua manager Scotty Mac aplicar um powerbomb em LuFisto numa mesa.[22][23] Na noite seguinte ela também defendeu o título com sucesso em dois combates; contra Cheerleader Melissa quando Mac aplicou um Superkick em Melissa e contra Madison, onde Knox usou ilegalmente as cordas para sustentar o pinfall.[19][23] No décimo aniversário da ECCW em janeiro de 2006 ela derrotou El Phantasmo em uma luta intergender.[24] Em março, Knox rivalizou com Nikki Matthews, derrotando-a em 25 de março e em seguida aliando-se com Sid Sylum e Gurv Sihra derrotando-a em 31 de março, onde Matthews estava com Phantasmo e Kyle O'Reilly.[25][26] Knox permaneceu como campeã por 10 meses, perdendo então o título em 21 de abril de 2006 para Lisa Moretti.[20][27]

Em 14 de outubro de 2005, Knox apareceu na New England Championship Wrestling em Framingham, Massachusetts onde competiu em uma four way match vencida por Violet Flame.[28] Mais tarde naquele mesmo mês, Knox participou de um torneio da All Pro Wrestling (APW) em Hayward, Califórnia. Ela derrotou Morgan na primeira rodada em 28 de outubro, mas perdeu para a futura campeã Mariko Yoshida mais tarde naquela noite.[6] Na noite seguinte ela aliou-se com Cheerleader Melissa e Tiffany perdendo um combate para Rain, Morgan e Hailey Hatred na APW.[29] Ela também apareceu na companhia AWA Pinnacle em 21 de janeiro de 26 de fevereiro de 2006. Em 21 de janeiro ela atuou como árbitra especial em um combate entre Christopher Ryseck e Caden Matthews, onde ajudou Ryseck a vencer acertando uma cadeira em Matthews.[30] Em 26 de fevereiro ela e Ryseck foram derrotados por Matthews em uma handicap match em Pacific, Washington.[31]

Knox então começou a trabalhar na companhia feminina Shimmer Women Athletes em 2006. Em 12 de fevereiro ela derrotou Allison Danger no Volume 3 ao fingir uma lesão. No evento principal do Volume 4 ela perdeu para Daizee Haze, levando-as a rivalizar em seguida.[32] No Volume 5 em 21 de maio, Knox atacou Haze após um combate de Haze contra Portia Perez. Ela então derrotou Haze em uma luta de duas quedas naquele mesmo evento.[33][34] O combate durou 29 minutos e foi descrito por Dave Prazak como "provavelmente a melhor luta [que ele já viu] nos EUA em anos, se não a melhor".[35] Knox e Haze estavam programadas para uma 60-minute Iron Woman match nas gravações do Volume 7, mas devido sua lesão na Alemanhã a luta foi cancelada.[36] Knox então se aposentou em 26 de abril de 2008, dia no qual ela havia uma luta programada, onde ela alegou não querer continuar seguindo com a carreira de lutadora profissional por algum momento.[16]

Em 26 de março de 2011, Knox retornou a Shimmer como manager da dupla Saraya e Britani Knight.[37]

Japão (2005–2006)[editar | editar código-fonte]

Em novembro de 2005, Knox começou uma turnê de duas semanas no japão lutando na International Women's Grand Prix, onde ela aliou-se com Aja Kong e Gran Hamada em um combate no evento principal, onde venceram. Em 9 de novembro, Knox venceu uma battle royal em Korakuen Hall, Tokyo.[2][38][38] Ela retornou ao japão em agosto de 2006, derrotando Yuri Urai e em 13 de agosto aliou-se com Bullfight Sora derrotando Gami e Kyoko Kimura.[39] Em 18 de agosto ela aliou-se com Yuki Miyazaki derrotando La Amapola e Kimura,[40] onde dois dias depois perdeu uma luta individual para Kimura.[2]

WWE[editar | editar código-fonte]

NXT (2013–2015)[editar | editar código-fonte]

Lynch em março de 2015.

Em 8 de abril de 2013, foi anunciado que Quin havia assinado um contrato de desenvolvimento de dois anos com a WWE para o território de desenvolvimento NXT.[1] Em 29 de agosto, Quin revelou seu nome de ringue Becky Lynch, estreitando em um evento ao vivo em novembro.[2][5]

Lynch fez sua estreia televisionada em 26 de junho de 2014 derrotando Summer Rae.[41] Em 3 de julho, Lynch aliou-se com Bayley, perdendo um combate para "The BFFs" (Campeã das Mulheres do NXT Charlotte e Sasha Banks),[42] onde em seguida começou a competir contra Charlotte em combates não-título.[43][44][45] Em 23 de outubro, Lynch foi proposta uma aliança por Banks em troca de fazê-la relevante, onde Lynch atacou Bayley para aceitar a proposta.[46] Elas então começaram a se entitular como "Team B.A.E." (Best at Everything). A aliança começou a se desfazer quando Banks custou Lynch um combate contra Bayley em fevereiro de 2015.[47][48]

Em 11 de fevereiro no NXT TakeOver: Rival, Lynch participou de uma luta fatal-4-Way pelo Campeonato das Mulheres do NXT envolvendo a até então campeã Charlotte, Banks e Bayley, onde Banks venceu.[49] Em 22 de abril, Lynch venceu uma luta de tripla ameaça contra Charlotte e Bayley para se tornar desafiante ao Campeonato das Mulheres do NXT.[50] Em 22 de maio no NXT TakeOver: Unstoppable, Lynch perdeu o combate para Banks pelo título, estreando um personagem inspirado em Chandra Nalaar de Magic: The Gathering.[51][52]

Divas Revolution; PCB (2015–2016)[editar | editar código-fonte]

Lynch fez sua estreia no roster principal em 13 de julho no Raw, junto com Charlotte e Sasha Banks após Stephanie McMahon promove-las para uma "revolução" na Divisão das WWE Divas. Lynch e Charlotte se aliaram com Paige enquanto Banks se aliou com Naomi e Tamina Snuka, rivalizando com elas e a equipe entre The Bella Twins (Brie e Campeã das Divas Nikki Bella) e Alicia Fox.[53] A equipe de Lynch inicialmente foi nomeada "Submission Soronity", mas em seguida foi renomeada para "Team PCB" devido a um site pornográfico que possuía o mesmo nome.[54] Ela então fez sua estreia no ringue em 20 de julho no Raw, onde ela e Paige perderam para Sasha Banks e Naomi.[55][56] Em 28 de julho no Main Event, Lynch obteve sua primeira vitória sozinha ao derrotar Brie Bella.[57] As equipes então se enfrentaram no SummerSlam em um combate de tripla ameaça de eliminação, onde a equipe de Lynch venceu após Lynch pinar Brie Bella.[58]

Em 31 de agosto, no Raw, todas as integrantes da equipe PCB se enfrentaram em um combate "Beat the Clock" para determinar a desafiante ao Campeonato das Divas de Nikki Bella, onde Charlotte venceu.[59] Em 20 de setembro, Charlotte venceu o título das Divas no Night of Champions,[60] e na noite seguinte, no Raw, Paige cortou uma worked shoot promo sob as outras lutadoras da divisão, incluindo Charlotte e Lynch enquanto Charlotte comemorava sua vitória; na qual clamou que Charlotte apenas estava na WWE devido seu pai, Ric Flair, e que Lynch era a mais irrelevante da divisão, tornando-se uma vilã no processo.[61] Durante outubro, Paige tentou se reconciliar com Charlotte e Lynch,[62][63] levando-as a um combate de equipes em 26 de outubro no Raw, onde Paige as atacou após o combate.[64] Em 2 de novembro no Raw, Lynch competiu em uma luta fatal-4-Way para determinar a desafiante ao título de Charlotte, mas Paige venceu após piná-la.[65] Uma semana depois no Raw, Lynch derrotou Paige em um combate.[66]

Em 30 de novembro no Raw, Charlotte começou a demonstrar táticas de vilã após derrotar Lynch fingindo uma lesão na perna, seguido por uma distração de seu pai, Ric Flair.[67] Durante dezembro elas começaram a se estranharem,[68][69][70][71][72] e em 4 de janeiro de 2016 no Raw, Charlotte veio a atacar Lynch após Lynch derrotá-la em um combate, oficializando o fim da parceria entre elas.[73]

Competições individuais (2016-presente)[editar | editar código-fonte]

Após se desaliar de Charlotte, Lynch veio a derrotá-la novamente três dias depois em 7 de janeiro no SmackDown.[74] Em 24 de janeiro no Royal Rumble, Lynch lutou pelo Campeonato das Divas da WWE de Charlotte, mas perdeu após interferência de Ric Flair.[75]

"Lynch é o motivo do surgimento inicial da "Revolução das Divas". Seu enredo com Charlotte é talvez o mais planejado do roster principal. E funcionou."

Dave Meltzer em fevereiro de 2016[76]

Na noite seguinte no Raw, Lynch enfrentou Banks em um combate antes de salvá-la de um ataque de Naomi e Tamina,[77][78][79][80] levando-as a se aliar contra a dupla e enfrentá-las em um combate de equipes no Fastlane, onde venceram.[81] Na noite seguinte no Raw, foi anunciado que Lynch e Banks se enfrentariam em uma luta para determinar a desafiante de Charlotte ao Campeonato das Divas na WrestleMania 32.[82] Entretanto, o combate acabou em no-contest após um duplo pinfall.[83] Três dias depois no SmackDown, Lynch e Banks se enfrentaram em um novo combate, porém foram atacadas por Charlotte, resultando também em no-contest.[84] Devido a interferência de Charlotte, uma luta de tripla ameaça foi anunciada mais tarde entre elas para o pay-per-view.[85] No evento, foi anunciado que o Campeonato das Divas da WWE seria desativado após a luta e que a campeã seria a campeã inaugural do Campeonato das Mulheres da WWE,[86] onde Charlotte venceu o combate.[87][88]

Após a WrestleMania, Lynch iniciou uma rivalidade com Emma, sendo derrotada por ela em 2 de maio no Raw[89] e derrotando-a com Charlotte três dias depois no SmackDown em um combate de equipes com Natalya.[90] Em 9 de maio no Raw, Lynch foi atacada por Emma e Dana Brooke em um segmento nos bastidores.[91] Três dias depois em 12 de maio no SmackDown, Lynch perdeu um combate para Brooke após distração de Emma e em 16 de maio no Raw quando Brooke estava sozinha devido uma lesão que Emma havia sofrido nas costas.[92][93] No Money in the Bank, ela e Natalya foram derrotadas por Charlotte e Brooke e após o combate, Natalya atacou Lynch.[94]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Quin foi fan de luta livre profissional enquanto criança e costumava assistir com seu irmão que também lutou sob o nome de ringue Gonzo de Mondo.[3][7][3] Quin já fez aulas de equitação, natação e basquete.[3] Antes de começar a treinar como lutadora ela tinha problemas de alcolismo, mas diz que a luta livre a ajudou a superar.[3]

Quin frequentou a faculdade estudando filosofia, histórias e política, mas disse "ter odiado" a experiência e abandonou os estudos.[3][38] Quin tem os dois tornozelos quebrados.[3]

Durante o tempo longe da luta livre, Quin trabalhou como atriz em pequenos papéis, incluindo o mais notório o seriado "Vikings" em 2012.[95] Ela se formou em teatro na Dublin Institute of Technology e frequentou a Columbia College Chicago na Gaiety School of Acting.[95] Ela também trabalhou como aeromoça na Aer Lingus por dois anos e meio.[96]

Na luta livre profissional[editar | editar código-fonte]

Campeonatos e prêmios[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Sheehy, Clodagh (8 de abril de 2013). «Wrestler Rebecca ready to take on the world». Herald.ie (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2016. 
  2. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x «Online World of Wrestling profile» (em inglês). Online World of Wrestling. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  3. a b c d e f g h i j k Mata, Shiai (2005). «Rebecca Knox Q & A; Hibernian Battler Crosses the Atlantic» (em inglês). Lady Sports. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  4. a b c d e «Shimmer Roster» (em inglês). Shimmer Women Athletes. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  5. a b Namako, Jason (29 de agosto de 2013). «New WWE signees get their NXT ring names» (em inglês). WrestleView. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  6. a b «Rebecca Knox» (em inglês). ChickFight. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  7. a b c d e «Rebecca Knox» (em inglês). Slammin Ladies. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  8. «Eden Black» (em inglês). G.L.O.R.Y. Wrestling. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  9. «August 7, 2005–Fighting Spirit Federation (Queens of Chaos Showcase Matches) in Froberville (France)» (em inglês). Online World of Wrestling. 7 de agosto de 2005. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  10. «June 4, 2006–Fighting Spirit Federation (Queens of Chaos Showcase Matches) in Chouilly (France)» (em inglês). Online World of Wrestling. 4 de junho de 2006. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  11. «September 10, 2006–Fighting Spirit Federation (Queens of Chaos Showcase Matches) in Montville France» (em inglês). Online World of Wrestling. 10 de setembro de 2006. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  12. a b Allen, Stewart. «Queens Of Chaos 2, Show One review» (em inglês). Wrestling Observer/Figure Four Online. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  13. Vetter, Chris (21 de junho de 2006). «Torch Indy Midweek Report: CIMA headed to PWG, Christian Cage, Monty Brown, Sonjay Dutt» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  14. «Emil Sitoci» (em inglês). Online World of Wrestling. Consultado em 2 de junho de 2016. «September 10, 2006 – IWZ-Day 3: Rebecca Knox defeated "Tremendous" Emil Sitoci and Robbie Mireno in a Triple Threat match.» 
  15. «Rebecca Knox Injury» (em inglês). SuperGirls. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  16. a b Jane, Emily (2 de maio de 2008). «Knox no shows SHIMMER, expected to miss ChickFight» (em inglês). ChickFight. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  17. Alvarez, Bryan. «Maria Playboy, Knox returns, MVP defends, Heyman Hustle, more» (em inglês). Wrestling Observer/Figure Four Online. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  18. «Past Events: Surrey, BC – May 27th, 2005» (em inglês). SuperGirls Wrestling. 27 de maio de 2005. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  19. a b c «Past Events» (em inglês). SuperGirls Wrestling. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  20. a b c d «Rebecca Knox» (em inglês). SuperGirls Wrestling. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  21. «Results: Rebecca Knox becomes the first SuperGirls champion!» (em inglês). SuperGirls Wrestling. 29 de junho de 2005. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  22. Allen, Stewart. «Supergirls Volume 1 DVD review with Stewart Allen» (em inglês). Wrestling Observer/Figure Four Online. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  23. a b Johns, Greg (26 de setembro de 2005). «Supergirls strong in B.C. debut». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  24. Johns, Fred (31 de janeiro de 2006). «Returning vets revel in ECCW anniversary». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  25. «NWA ECCW TV Tapings in Vancouver, British Columbia before 220 fans» (em inglês). Online World of Wrestling. 25 de março de 2006. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  26. «April 8, 2006–NWA ECCW in D’Arcy, British Columbia» (em inglês). Online World of Wrestling. 8 de abril de 2006. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  27. Johns, Fred (28 de abril de 2006). «Ivory proud to be independent; Former WWE Women's champ takes NWA Supergirls Championship». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  28. «October 14, 2005–New England Championship Wrestling in Framingham, Massachusetts» (em inglês). Online World of Wrestling. 14 de outubro de 2005. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  29. «All Pro Wrestling – Chickfight III (Part 2) in Hayward, California» (em inglês). Online World of Wrestling. 29 de outubro de 2005. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  30. «January 21, 2006–AWA Pinnacle – House Call in Pacific, Washington» (em inglês). Online World of Wrestling. 21 de janeiro de 2006. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  31. Vetter, Chris (27 de fevereiro de 2006). «Torch Indy Weekend Report: Aries & Strong retain tag titles, Dragon over Rave, Claudio & Hero win Chikara tourney» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. «AWA-Pinnacle, Feb. 25, Pacific, Wash.: [...] Caden Mathews defeats Christopher Ryseck & Rebecca Knox in a handicap match» 
  32. «Volume 3 and 4 – February 12, 2006 : Berwyn, IL.» (em inglês). Shimmer Women Athletes. 12 de fevereiro de 2006. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  33. «Volume 5 and 6 – May 21, 2006 : Berwyn, IL.» (em inglês). Shimmer Women Athletes. 21 de maio de 2006. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  34. Vetter, Chris (29 de dezembro de 2006). «DVD Review: Shimmer, Volume 5 (5–21–06) with Knox-Haze, Martinez-Del Ray, Roxx-Kong» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  35. Kessler, Jamie Melissa (18 de outubro de 2006). «SHIMMER bright light of women's wrestling». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 62 de junho de 2016. 
  36. «Volume 7 e 8 – October 22, 2006 : Berwyn, IL.» (em inglês). Shimmer Women Athletes. 22 de outubro de 2006. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  37. a b Martin, Adam (28 de março de 2011). «Indy News #2: SHIMMER Vol. 37, 38, 39, 40 results» (em inglês). WrestleView. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  38. a b c «Rebecca Knox» (em inglês). G.L.O.R.Y. Wrestling. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  39. «ja:8月13日(日)». NEO Japan Ladies Pro Wrestling (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2016. 
  40. «ja:8月19日(土)». NEO Japan Ladies Pro Wrestling (em japônes). Consultado em 2 de junho de 2016. 
  41. Trionfo, Richard (26 de junho de 2014). «WWE NXT report: Neville versus Van Dam; Vaudevillains in action; Becky Lynch and Bull Dempsey debut; a return...with attitude». Pro Wrestling Insider (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2016. 
  42. Trionfo, Richard. «WWE NXT report: Zayn versus Gabriel; Tyson Kidd tells his side of the story; Sash and Charlotte... for the last time?». Pro Wrestling Insider (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2016. 
  43. Nolan, Howell (31 de julho de 2014). «NXT: Kidd is a lemon against Rose». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  44. Howell, Nolan (21 de agosto de 2014). «NXT: Tag team finals and Takeover II set». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  45. Asher, Matthew (16 de outubro de 2014). «NXT: Badda-Bing! Realist chick in the ring Carmella makes her debut». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  46. James, Justin (24 de outubro de 2014). «James's WWE NXT Report 10/23: Neville defends NXT Title against Titus O'Neil, Tyler Breeze, Ascension, more; Overall Reax» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  47. a b «Becky Lynch» (em inglês). WWE. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  48. Asher, Matthew (4 de fevereiro de 2015). «NXT: NXT Rival card now officially set». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  49. a b Asher, Matthew (13 de fevereiro de 2015). «NXT TakeOver: Rival: Two new champs crowned». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  50. James, Justin (22 de abril de 2015). «JAMES'S WWE NXT REPORT 4/22 - Week 149: Kevin Owens vs. Sami Zayn main event, #1 contender Women's Title match, Balor & Itami & Rhyno in singles; Overall Reax» (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2016. 
  51. Killam, Mike (20 de maio de 2015). «Check Out Becky Lynch’s Brand New Look & Possible Influence» (em inglês). WrestleZone. «her new look bears a striking resemblance to a character from the Magic the Gathering card game called Chandra Nalaar.» 
  52. a b Trionfo, Richard (20 de maio de 2015). «LIVE ONGOING WWE NXT TAKEOVER UNSTOPPABLE REPORT: WOMEN'S TITLE MATCH: SASHA BANKS VERSUS BECKY LYNCH» (em inglês). PWInsider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  53. Caldwell, James (13 de julho de 2015). «CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 7/13: Ongoing "virtual-time" coverage of live Raw - Brock Smash, final Battleground PPV hype, more» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  54. Caldwell, James (7 de agosto de 2015). «WWE news: WWE introduces replacement name for Paige Trio» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  55. Caldwell, James (20 de julho de 2015). «CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 7/20: Ongoing "virtual-time" coverage of live Raw - Battleground fall-out, Undertaker opening Raw, Brock Lesnar, Road to Summerslam, more» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  56. Caldwell, James (27 de julho de 2015). «CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 7/27: Complete "virtual-time" coverage of live Raw - Cena vs. Rollins for U.S. Title, SSlam hype, Owens vs. RKO, two Divas matches, more» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  57. Trionfo, Richard (29 de julho de 2015). «WWE MAIN EVENT REPORT: BECKY VERSUS BRIE, NEVILLE VERSUS BARRETT, BO VERSUS RYDER» (em inglês). PWInsider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  58. a b Meltzer, Dave (23/10/2015). «WWE SummerSlam 2015 live results: Brock Lesnar vs. Undertaker, John Cena vs. Seth Rollins» (em inglês). Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  59. Caldwell, James (31 de agosto de 2015). «CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 8/31: Ongoing "virtual-time" coverage of live Raw - Sting opening Raw, Night of Champions hype, Beat the Clock, SSlam re-match, more» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  60. Caldwell, James (20 de setembro de). «CALDWELL'S WWE NOC PPV REPORT 9/20: Live Night of Champions Coverage from Houston - Seth Rollins's double duty, more» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  61. Trionfo, Richard (21 de setembro de 2015). «LIVE ONGOING WWE RAW REPORT: THERE IS A FOURTH HOUSE IN THE DIVAS REVOLUTION AND IT IS FULL OF JEALOUSY» (em inglês). PWInsider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  62. Parks, Greg (15 de outubro de 2015). «10/15 WWE Smackdown Report by Greg Parks» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  63. Parks, Greg (22 de outubro de 2015). «10/22 WWE Smackdown Report by Greg Parks» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  64. «10/26 WWE Raw Results – CALDWELL’S Live Report on HIAC fall-out» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  65. Trionfo, Richard. «Nova Desafiante ao título de Charlotte» (em inglês). Pro Wrestling Insider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  66. Trionfo, Richard. «WWE RAW REPORT: FRIENDS DON'T LET FRIENDS EULOGIZE UNDERTAKER AND KANE, THE WWE TITLE TOURNAMENT BEGINS, THREE MEN ARE NOT HAPPY WITH THE TOURNAMENT PARTICIPANTS, AND MORE» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  67. Trionfo, Richard (30 de novembro de 2015). «WWE RAW REPORT: A NEW GROUP IS FORMED, IS THE QUEEN OF THE JUNGLE SHOWING HER TRUE STRIPES?, ARE THE NEW DAY TURNING INTO J&J SECURITY FOR SHEAMUS?, A FEW RETURNS, AND MORE» (em inglês). PWInsider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  68. Trionfo, Richard (4 de dezembro de 2015). «WWE SMACKDOWN REPORT: MAYBE LEAGUE OF NATIONS WAS AN ACCURATE NAME, IS BECKY BEING PLAYED?, THE WYATTS GET EXTREME, AND MIZ LOOKS FOR A NEW PERSON TO MENTOR» (em inglês). PWInsider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  69. Trionfo, Richard (10 de dezembro de 2015). «WWE SMACKDOWN REPORT: ARE YOU READY FOR TABLES . . . LADDERS . . . AND CHAIRS?, A CONTRACT SIGNING, RETURN OF THE 'LAWYERS', AND MORE» (em inglês). PWInsider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  70. Trionfo, Richard (14 de dezembro de 2015). «WWE RAW REPORT: THE LAST STAND FOR EXTREME?, THE LAST STAND OF THE ROMAN EMPIRE?, THE NEW DAY SHOW HONOR, AND MORE» (em inglês). PWInsider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  71. Trionfo, Richard (17 de dezembro de 2015). «WWE SMACKDOWN REPORT: IS THERE A FRACTURE IN THE FRIENDSHIP BETWEEN BFFS?, WHO IS IN CONTROL WHEN IT COMES TO THE IC TITLE?, WHAT IS NEXT FOR THE WYATTS?, WHAT IS NEXT FOR TYLER?, AND MORE» (em inglês). PWInsider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  72. Trionfo, Richard (22 de dezembro de 2015). «WWE SMACKDOWN REPORT: INTERCONTINENTAL TITLE TRIPLE THREAT MATCH, TAG TITLE MATCH, HOW NOT TO DRINK EGG NOG, AND AN EIGHT MAN TAG MATCH IN A PEAR TREE» (em inglês). PWInsider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  73. Trionfo, Richard (4 de janeiro de 2016). «WWE RAW REPORT: IT'S A NEW YEAR . . . WITH OLD FRIENDS AND NEW CHALLENGES, NEW GROUPS FORM WHILE OLD FRIENDSHIPS END, AND A NEW WRINKLE TO THE ROYAL RUMBLE MATCH» (em inglês). PWInsider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  74. Johnson, Mike (7 de janeiro de 2015). «WWE SMACKDOWN SPOILERS FOR TONIGHT» (em inglês). PWInsider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  75. a b Caldwell, James (24 de janeiro de 2016). «1/24 Royal Rumble PPV Results – CALDWELL’S Complete Live Report» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  76. "" (em inglês). ISSN 1083-9593.
  77. Caldwell, James (1 de fevereiro de 2016). «2/1 WWE Raw TV Results – CALDWELL’S Complete, Live Report» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  78. Trionfo, Richard (4 de fevereiro de 2016). «WWE SMACKDOWN REPORT: DOUBLE DUTY, BIG MATCH NEXT WEEK, WHEN FRIENDS ARE NOT FRIENDS, MORE WITH GOLDUST AND R TRUTH, AND MORE» (em inglês). Pro Wrestling Insider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  79. Trionfo, Richard (8 de fevereiro de 2016). «WWE RAW REPORT: DANIEL BRYAN GIVES HIS RETIREMENT SPEECH» (em inglês). Pro Wrestling Insider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  80. Trionfo, Richard (11 de fevereiro de 2016). «WWE SMACKDOWN REPORT: THE JERICHO AND STYLES SHOW, WYATT FORESHADOWS A FEUD?, AND MORE» (em inglês). Pro Wrestling Insider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  81. Johnson, Mike (21 de fevereiro de 2016). «TEAM BAD VS. SASHA & BECKY: LIVE, ONGOING WWE FAST LANE PPV COVERAGE» (em inglês). Pro Wrestling Insider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  82. Trionfo, Richard (22 de fevereiro de 2016). «WWE RAW REPORT: A NAME YOU PROBABLY DIDN'T EXPECT, MATCHES ANNOUNCED FOR WRESTLEMANIA, DETROIT MEDICAL FACILITIES ARE GOING TO BE BUSY , AND MORE» (em inglês). Pro Wrestling Insider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  83. Trionfo, Richard (29 de fevereiro de 2016). «WWE RAW REPORT: TAG TITLE MATCH NEXT WEEK, WHO IS THE NUMBER ONE CONTENDER FOR THE DIVAS TITLE?, WHO GETS A TITLE MATCH?, WHAT ABOUT THE SHANE/TAKER MATCH?, AND MORE» (em inglês). Pro Wrestling Insider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  84. Parks, Greg (3 de março de 2016). «3/3 WWE Smackdown – Parks’s Complete, Real-Time Report» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  85. Clapp, John (3 de março de 2016). «Divas Champion Charlotte vs. Becky Lynch vs. Sasha Banks (Triple Threat Match)» (em inglês). WWE. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  86. WWE.com, Staff (3 de abril de 2016). «All-new WWE Women’s Championship introduced at WrestleMania» (em inglês). WWE.com. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  87. Matthew, Artus (3 de abril de 2016). «Charlotte def. Becky Lynch and Sasha Banks to become first new WWE Women’s Champion» (em inglês). WWE.com. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  88. Richard, Trionfo (3 de abril de 2016). «COMPLETE WWE WRESTLEMANIA 32 REPORT: THE WOMEN'S TITLE DEBUTS, WHO IS IN CHARGE OF RAW?, ANDRE THE GIANT BATTLE ROYAL, IC TITLE LADDER MATCH, AND MORE IN THE 6 HOURS AND 50 MINUTES OF COVERAGE». PWInsider (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2016. 
  89. a b Caldwell, James (2 de maio de 2016). «5/2 WWE Raw Results – CALDWELL’S Complete Live TV Report» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  90. Richard, Trionfo (5 de maio de 2016). «WWE SMACKDOWN REPORT: WHAT IS NEXT FOR REIGNS AND STYLES, THE FEUD YOU ARE WAITING FOR EXPLODES NEXT WEEK, THE IC TITLE PICTURE GETS CLOUDIER, AND MORE». PWInsider (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2016. 
  91. Richard, Trionfo (9 de maio de 2016). «WWE RAW REPORT: A CHANGE TO THE IC TITLE MATCH, THE VAUDEVILLAINS SEND A MESSAGE, COUNT HOW MANY TIMES THEY SAY NEW ERA, WHEN DOES KEVIN OWENS GET HIS SHOW?, AND MORE». PWInsider (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2016. 
  92. a b Richard, Trionfo (12 de maio de 2016). «WWE SMACKDOWN REPORT: IC TITLE MATCH PARTICPANTS IN TAG MATCH, DANA BROOKE'S IN RING DEBUT, GOLDANGO BREEZES INTO THE TRUTH, AND MORE». PWInsider (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2016. 
  93. Richard, Trionfo (16 de maio de 2016). «LIVE ONGOING WWE RAW REPORT: KALISTO VERSUS DEL RIO AND RUSEV MAKES A CAMEO». PWInsider (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2016. 
  94. Caldwell, James (19 de junho de 2016). «6/19 WWE MITB PPV Results – CALDWELL’S Ongoing Live Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 19 de junho de 2016. 
  95. a b «Rebecca Quin» (em inglês). Irish Film & Television Network. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  96. Melok, Bobby (20 de maio de 2015). «Built to win: Becky Lynch's incredible around-the-world journey to NXT» (em inglês). WWE. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  97. Melok, Bobby (10/6/2015). «WWE NXT results - June 10, 2015: Samoa Joe makes his debut, Zack Ryder & Mojo Rawley join forces» (em inglês). WWE. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  98. Namako, Jason. «WWE NXT results - 2/25/15 (Balor vs. Kendrick)» (em inglês). wrestleview.com. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  99. a b James, Justin (29/4/2015). «WWE NXT REPORT: CAN RILEY'S RAGE GET HIM OUT OF THAT CAGE?, MATCHES FOR TAKEOVER ANNOUNCED, TAG CHAMPS IN ACTION, AND MORE» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  100. Trionfo, Richard (26/6/2014). «WWE NXT Report: Neville versus Van Dam; Vaudevillains in action; Becky Lynch and Bull Dempsey debut; a return ... with attitude» (em inglês). PWInsider.com. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  101. Jason, Namako (18/12/2014). «WWE NXT Results - 12/18/14 (Neville ve. Owens)». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  102. a b Mike, Tedesco (17/8/2015). «WWE RAW Results - 8/17/15 (Undertaker attacks Lesnar)». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  103. Martin, Adam (20/5/2015). «NXT TAKEOVER: UNSTOPPABLE RESULTS - 5/20/15 (JOE DEBUTS)» (em inglês). WrestleView. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  104. Tedesco, Mike (July 20, 2015). «WWE RAW RESULTS - 7/20/15 (UNDERTAKER/LESNAR BRAWL)» (em inglês). WrestleView. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  105. a b Trionfo, Richard (30/10/2015). «WWE RAW REPORT: PAUL HEYMAN HAS A MESSAGE FOR THE UNDERTAKER, ONE OF THE THREE DIVAS TEAMS HAS AN OFFICIAL NAME, THE SHIELD AND EVOLUTION CAN WORK TOGETHER, AND MORE» (em inglês). PWInsider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  106. Trionfo, Richard (25/2/2015). «WWE NXT: Combate pelo título das mulheres na próxima semana» (em inglês). PWInsider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  107. Martin, Adam (27/7/2015). «WWE RAW RESULTS - 7/27/15 (JOHN CENA VS. SETH ROLLINS)» (em inglês). WrestleView. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  108. Martin, Adam (23/8/2015). «WWE SUMMERSLAM PPV RESULTS - 8/23/15 (LESNAR VS. TAKER)» (em inglês). WrestleView. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  109. Tedesco, Mike (12/8/2015). «WWE RAW RESULTS - 10/12/15 (SETH ROLLINS VS. DEMON KANE)» (em inglês). WrestleView. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  110. «NXT Redux (February 25th, 2015): Living for Hugs (and Destruction)» (em inglês). 
  111. a b James, Justin (25/2/2015). «JAMES'S WWE NXT REPORT 2/25 - Week 141: The Brian Kendrick returns vs. Balor, Itami, more; Overall Reax» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  112. Johnson, Mike (February 11, 2015). «OWENS VS. ZAYN, AMAZING WOMEN'S FOUR WAY, NEW CHAMPIONS CROWNED & MORE - COMPLETE WWE NXT TAKEOVER: RIVAL COVERAGE» (em inglês). PWInsider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  113. Trionfo, Richard (22/6/2014). «WWE NXT REPORT: NEVILLE VERSUS VAN DAM; VAUDEVILLAINS IN ACTION; BECKY LYNCH AND BULL DEMPSEY DEBUT; A RETURN. . . WITH ATTITUDE» (em inglês). PWInsider. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  114. «Superstars and Divas pick Survivor Series dream teams: 2015 edition» (em inglês). 19 de novembro de 2015. «True to form, The Lass Kicker’s Survivor Series team is as eccentric as the Diva herself.» 
  115. «Becky Lynch "Lass Kicker" Authentic T-Shirt» (em inglês). WWE Shop. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  116. Benigno, Anthony (30 de novembro de 2015). «Divas Champion Charlotte def. Becky Lynch» (em inglês). WWE.com. «it’s the lesson Maiden Ireland learned after requesting a friendly match against Divas Champion Charlotte» 
  117. «U Can't Touch This - MC Hammer» (em inglês). iTunes. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  118. «WWE: Celtic Invasion (Becky Lynch) - Single» (em inglês). iTunes. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  119. «Pro Wrestling Illustrated (PWI) Female 50 for 2015». Pro Wrestling Illustrated (em inglês). Internet Wrestling Database. Consultado em 2 de junho de 2016. 
  120. Meltzer, Dave. (25 de janeiro de 2016). "25 de janeiro de 2016 Wrestling Observer Newsletter: 2015 Observer Awards" (em inglês). Wrestling Observer Newsletter p. 43.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Becky Lynch