Rebelião de Engelbrekt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estátua de Engelbrekt em Örebro

A Rebelião de Engelbrekt - em sueco Engelbrektsupproret - foi um levante medieval popular ocorrido entre 1434 a 1436, liderado pelo nobre sueco Engelbrekt Engelbrektsson contra Érico da Pomerânia, rei da União de Kalmar.
Os acontecimentos conduziram à eleição de Engelbrekt para rikshövitsman, uma espécie de Condestável da Suécia, assim como à deposição do rei Érico e à erosão da União de Kalmar.

A rebelião começou na região mineira de Bergslagen, e alastrou-se a todo o centro e sul da Suécia, com o grito de guerra "Queimem os castelos!" (em sueco "Bränn borgarna!"). [1] [2]

Referências

  1. Christer Öhman. «Engelbrektsupproret» (em sueco). Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 2 de abril de 2015 
  2. «7. Engelbrektsupproret» (em sueco). Museu de Kalmar. Consultado em 2 de abril de 2015 


Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.