Recuperação de fase

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Recuperação de fase diz respeito à solução para o problema da fase. Dado um sinal complexo F(k), de amplitude |F(k)|, e fase \phi(k):

F(k)=|F(k)|e^{i \phi(k)},

a recuperação de fase consiste em encontrar a fase que, para uma amplitude medida, satisfaz um conjunto de restrições.

O problema da recuperação de fase surge em aplicações da teoria eletromagnética em que a fase da onda é aparentemente perdida ou difícil de ser medida e somente dados de intensidade estão disponíveis.[1]

Por exemplo se F(k) é a transformada de Fourier de f(x), uma restrição típica seria que f(x) é uma função limitada real e positiva.

A mais importante aplicação da recuperação de fase é a cristalografia de raios X, vencedora de vários Prêmios Nobel.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Taylor, L.; The phase retrieval problem; IEEE Transactions on Antennas and Propagation; Mar 1981; Volume: 29, Issue:2; pp 386 - 391; DOI 10.1109/TAP.1981.1142559
  • FERWERDA, H. A ., 1978, Inverse Source Problems in Optics, edited by H. P. Baltes, Topics in Current Physics, Vol . 9 (Berlin, Heidelberg, New York : Springer-Verlag), p. 13.
  • FIDDY, M. A., 1983, Inverse Optics, edited by A . J . Devaney, SPIE Proc. Vol . 413 (Bellingham : Society of Photo-Optical Instrumentation Engineers), p. 176.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]