Red Bull Racing RB14

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Red Bull Racing RB14
Verstappen Red Bull RB14 Testing Barcelona.jpg
Visão Geral
Produção 2018
Fabricante Red Bull Racing
Modelo
Carroceria Monoposto de corrida
Designer Adrian Newey
Ficha técnica
Motor Renault R.E.18 (renomeado como TAG Heuer) 1.6 V6 Turbo híbrido
Transmissão Red Bull 8 marchas + 1 reverso sequênciais
Cronologia
Red Bull RB13
Red Bull Racing RB15

O Red Bull Racing RB14 é o modelo de carro de corrida fabricado pela equipe Red Bull Racing para a disputa da temporada de Fórmula 1 de 2018, pilotado por Daniel Ricciardo e Max Verstappen.

O lançamento do carro ocorreu em 19 de fevereiro.[1]

Pré-Temporada[editar | editar código-fonte]

Adrian Newey, coordenador técnico, utilizou a versão final do carro de 2017, vencedor com Max na Malásia e no México, como base para o projeto do RB14 deste ano. Max e Ricciardo ficaram entusiasmados com sua velocidade e, principalmente, confiabilidade. “Nunca tivemos uma pré-temporada tão produtiva”, definiu Ricciardo. O RB14 recebeu elogios explícitos até de Hamilton.

Max afirmou que o seu time vai estar no nível de Ferrari e Mercedes. “Se nosso ritmo for três ou quatro décimos pior na classificação, então na corrida lutaremos pela vitória, porque em condição do corrida nosso ritmo é semelhante.” A exemplo de Hamilton, Max vê Mercedes, Ferrari e RBR como adversários diretos este ano.

O importante, destacou Ricciardo, foi a quilometragem acumulada sem enfrentar problemas, realidade oposta a vivida pela RBR no ano passado. “Permanecer na pista nos permitiu entender e desenvolver o carro, como não tinha sido possível ainda para mim desde que cheguei aqui”, afirmou. O australiano completou 165 votas na pista catalã na quarta-feira e 92 nesta sexta-feira. Max, 130 voltas na terça-feira e 187 na quinta-feira, algo inusitado para a RBR.

Ricciardo estreou na RBR no ano da introdução da tecnologia híbrida, 2014, depois de a equipe conquistar os quatro títulos anteriores de pilotos e construtores. Mas a unidade motriz Renault, apesar da evolução, nunca esteve no nível da produzida pela Mercedes, e o próprio chassi da RBR se mostrou competitivo, de verdade, somente no fim do ano passado.

Pois Max e Ricciardo, tudo indica, vão dispor, agora, de um conjunto chassi-unidade motriz para lutar pelas primeiras colocações desde o início do campeonato. “Até agora, nós nos tornávamos relativamente competitivos na segunda metade do ano. Acredito ser a primeira vez, para mim, que deveremos brigar lá na frente desde o começo”, explicou Ricciardo. Os elementos que emergiram da pré-temporada sustentam a afirmação do piloto. Confirmado, o duelo entre Ricciardo e Max será uma das atrações da temporada.[2]

Raio X[editar | editar código-fonte]

Nos testes, o modelo RB14 foi veloz, mas apresentou alguns problemas. Caso a confiabilidade seja alcançada, deve incomodar Ferrari e Mercedes e pode beliscar vitórias.[3]

Referências

  1. «Red Bull launch new F1 car in special edition livery». Formula1.com. 19 de Fevereiro de 2018. Consultado em 19 de Fevereiro de 2018 
  2. Oricchio, Livio (10 de Março de 2018). «Quem é quem após os testes da F1». Globoesporte.com. Consultado em 10 de Março de 2018 
  3. «Guia da Fórmula 1 2018». Globoesporte.com 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Red Bull Racing RB14
Ícone de esboço Este artigo sobre Fórmula 1 é um esboço relacionado ao projeto sobre Fórmula 1. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.