RedeTV! Belém

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
RedeTV! Belém
Rádio e TV União Ltda.
Belém, Pará
Brasil
Tipo Comercial
Canais
Outros canais
Sede Bandeira belem.jpg Belém, PA
Rede RedeTV!
Pertence a Sistema Livre de Comunicação
Proprietário Félix Miranda
Sebastião Miranda Neto
Fundação 15 de junho de 2006 (13 anos)
Nome(s) anteriore(s) TV Livre (2006-2012)
Emissoras irmãs
RedeTV! Altamira
RedeTV! Marabá
Cobertura Grande Belém
Página oficial redetvbelem.com.br

RedeTV! Belém é uma emissora de televisão brasileira sediada em Belém, capital do estado do Pará. Opera no canal 47 (48 UHF digital), e é afiliada à RedeTV!. Pertence ao Sistema Livre de Comunicação, de propriedade dos empresários Félix Miranda e Sebastião Miranda Neto, que também controlam emissoras afiliadas à RedeTV! em Altamira e Marabá.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundada em 15 de junho de 2006 em Belém e Marabá como TV Livre, retransmitindo a RedeTV! após a perda dos direitos de transmissão da RedeTV! pela TV Rauland (atual TV Grão Pará). Desde 2012, é chamada de RedeTV! Belém.

Sinal digital[editar | editar código-fonte]

Canal virtual Canal físico Resolução de tela Programação
47.1 48 UHF 1080i Principal programação da RedeTV! Belém / RedeTV!

A RedeTV! Belém iniciou na tarde de 3 de maio de 2017 os testes no sinal digital, com a imagem em qualidade OneSeg em 16:9 SD, podendo ser sintonizada pelo canal 48 UHF DTV e 47.1 virtual. Em 6 de novembro de 2018, passa a transmitir o sinal com imagem em alta definição.

Transição para o sinal digital

Com base no decreto federal de transição das emissoras de TV brasileiras do sinal analógico para o digital, a RedeTV! Belém, bem como as outras emissoras de Belém, cessou suas transmissões pelo canal 47 UHF em 30 de maio de 2018, seguindo o cronograma oficial da ANATEL.[2]

Referências

  1. Hiroshi Bogea (19 de setembro de 2007). «Bom pra Belém». Hiroshi Bogea Online. Consultado em 19 de junho de 2019 
  2. Higa, Paulo (15 de fevereiro de 2016). «Quando a TV analógica será desligada na sua cidade». Tecnoblog. Consultado em 30 de janeiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.