Jovem Pan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Rede Jovem Pan)
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a rede Jovem Pan. Para a rádio de São Paulo, veja Jovem Pan News São Paulo. Para outros significados, veja Jovem Pan (desambiguação).
Jovem Pan
Logotipo da Rede Jovem Pan, usado desde 2018.
Rádio Panamericana S/A
País Brasil
Frequência(s) ver lista completa
Sede São Paulo
Slogan A maior e melhor rede de rádios do Brasil
Fundação 3 de junho de 1994 (27 anos) (Transmissões em rede)
Fundador Antônio Augusto Amaral de Carvalho
Pertence a Grupo Jovem Pan
Proprietário(s) Antônio Augusto Amaral de Carvalho Filho
Antigo(s) proprietário(s) Antônio Augusto Amaral de Carvalho
Outras emissoras
Formato Rede de rádio comercial
Gênero
Faixa etária Todas as idades (Jovem Pan FM)
Público de 30 a 75 anos (Jovem Pan News)
Idioma português
Nome(s) anterior(es) Rede Jovem Pan SAT (1993–2013)
Cobertura 37% dos municípios do Brasil (aprox.).[nota 1]
Aplicativo móvel
Página oficial jovempan.uol.com.br

Jovem Pan (também chamada de Rede Jovem Pan) é uma rede de rádio comercial brasileira com programação voltada ao jornalismo, entretenimento e transmissões esportivas, controlada pelo Grupo Jovem Pan.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Em 1993, a Jovem Pan deu início ao projeto de rede nacional, chamado de "Jovem Pan SAT", que começou a ser implantado em 1994.[2][3][4] A Jovem Pan SAT foi uma das primeiras redes de rádio com sinal de áudio totalmente digital, transmitindo via satélite para várias regiões do país.[3][4]

Em junho de 2017, a rede Jovem Pan possuía ao todo cerca de 100 emissoras próprias e afiliadas, espalhadas por diversas localidades do território brasileiro.[5] A programação da rádio se divide em duas redes: Jovem Pan FM, que possui uma programação musical voltada ao público jovem e a Jovem Pan News, que transmite noticiários e programas jornalísticos durante sua programação, além de transmitir programas e eventos esportivos.[1]

Disseminação de desinformação sobre a pandemia de Covid-19

Segundo o balanço do Radar Aos Fatos de 26 de fevereiro de 2021, a Joven Pan e outros veículos de comunicação ajudaram a impulsionar desinformação sobre a pandemia de Covid-19 ao publicar entrevistas com médicos no YouTube defendendo drogas sem eficiência comprovada ou com críticas ao uso de máscaras.[6] Em março de 2021, Ana Paula Henkel divulgou na Jovem Pan informações distorcidas sobre o número de mortes de pessoas vacinadas no Brasil.[7]

Emissoras[editar | editar código-fonte]

Programas[editar | editar código-fonte]

Os programas que são transmitidos pela rádio Jovem Pan são formados principalmente por programas jornalísticos, que a emissora tem como marca registrada desde a década de 1970, onde passou a investir no formato do jornalismo popular.[2] O Jornal da Manhã é um dos carros-chefes da programação da emissora, sendo considerado uma das redações jornalísticas mais tradicionais do rádio.[2]

A emissora possui em sua grade de programação transmissões de jornadas esportivas, das quais transmite as partidas dos principais campeonatos de futebol do país.[8]

Aplicativos[editar | editar código-fonte]

A Jovem Pan mantém três aplicativos: "Rádio Jovem Pan", com transmissão ao vivo e o conteúdo produzido pela emissora, o "Opina Pan", no qual a rádio faz pesquisas com seus ouvintes, que interagem com os programas da emissora em tempo real[9] e o "Panflix, o aplicativo gratuito com as íntegras dos programas e vídeos exclusivos, gravados nos estúdios do Panflix. O aplicativo "Rádio Jovem Pan" é compatível com os sistemas operacionais Android, iOS e Windows Phone.[10] Já o aplicativo "Opina Pan" é compatível apenas com as plataformas Android e iOS.[11] O Panflix é compartivel com Android, iOS e algumas Smart TVs. Os primeiros aplicativos da Jovem Pan, inicialmente para iPhones, foram lançados em 2009.[12] Já o Panflix foi lançado em 2020.

Notas e referências

Notas

  1. Os 37% representam a cobertura de cerca de 2.000 cidades citadas no mídia kit da emissora, sendo que o Brasil possui ao todo 5.570 municípios.[1]

Referências

  1. a b «Mídia Kit Jovem Pan» (PDF). Jovem Pan. 2016. Consultado em 23 de julho de 2017. Arquivado do original (PDF) em 2 de março de 2017 
  2. a b c «Sobre». Jovem Pan. Consultado em 13 de julho de 2017 
  3. a b «Criatividade orienta o senhor Jovem Pan». Propmark. 20 de setembro de 2009. Consultado em 26 de julho de 2015 
  4. a b «Rádio Jovem Pan comemora 69 anos». Bastidores do Rádio. 3 de maio de 2015. Consultado em 27 de julho de 2015. Arquivado do original em 28 de julho de 2017 
  5. «Afiliadas». Jovem Pan. Consultado em 13 de julho de 2017. Arquivado do original em 6 de junho de 2017 
  6. «Impulsionados pela imprensa, médicos que desinformam sobre Covid-19 somam 30 mi de visualizações no YouTube». Aos Fatos. 26 de fevereiro de 2021. Consultado em 25 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 26 de fevereiro de 2021 
  7. «Covid-19: Ana Paula Henkel distorce informações sobre mortes por vacina». Notícias. UOL. 3 de março de 2021. Consultado em 3 de março de 2021 
  8. «Programação». Jovem Pan. Consultado em 20 de abril de 2016. Cópia arquivada em 31 de janeiro de 2017 
  9. «Jovem Pan lança seu próprio aplicativo de pesquisas». Meio&Mensagem. 6 de maio de 2016. Consultado em 13 de julho de 2017 
  10. Keila Guimarães (2 de junho de 2014). «Jovem Pan busca aproximação com o digital». Propmark. Consultado em 13 de julho de 2017 
  11. «Opina Pan». AllQuest. Consultado em 13 de julho de 2017 
  12. Rafael Fischmann (10 de setembro de 2009). «Aorta Entretenimento lança apps da Rádio Jovem Pan (FM e AM) na iPhone App Store». MacMagazine. Consultado em 13 de julho de 2017 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Wikinotícias Notícias no Wikinotícias