Rede Matogrossense de Comunicação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Rede Matogrossense)
Ir para: navegação, pesquisa
Rede Matogrossense de Comunicação
Televisão Morena Ltda.
Tipo Rede de televisão comercial
País  Brasil
Fundação 25 de dezembro de 1965 (51 anos)
por Eduardo Elias Zahran
Pertence a Grupo Zahran
Proprietário Ueze Zahran
Antigo proprietário Eduardo Elias Zahran (1965-1969)
Presidente Zilmar Melatte
Cidade de origem Mato Grosso do Sul Campo Grande, MS
Sede
Estúdios
  • Bandeira de Campo Grande - MS.svg Campo Grande, MS
  • Avenida Eduardo Elias Zahran, 1600 - São Bento
  • Bandeira de Cuiabá.svg Cuiabá, MT
  • Avenida Marechal Deodoro, 504 - Santa Helena
Slogan Com você
Formato de vídeo
Canais irmãos
Afiliações Rede Globo
Cobertura Estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso
Emissoras próprias
Nome(s) anteriore(s) Rede Matogrossense de Televisão (1965-2017)
Página oficial TV Morena
TVCA
Disponibilidade aberta e gratuita
Analógico
Digital

A Rede Matogrossense de Comunicação (RMC) é uma rede de emissoras de televisão regionais afiliadas à Rede Globo. Transmite sua programação através de suas emissoras para os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Sua sede principal localiza-se em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul e divide-se em duas emissoras: TV Centro América, no Mato Grosso e TV Morena, no Mato Grosso do Sul.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A Rede Matogrossense nasceu em 25 de dezembro de 1965, com a criação da TV Morena em Campo Grande, cidade do então interior do estado do Mato Grosso, por iniciativa do empresário Eduardo Elias Zahran, proprietário da Copagaz. A ideia inicial de Zahran era criar uma rede de retransmissoras para que o sinal das emissoras de São Paulo chegasse ao estado, mas optou-se por criar uma geradora devido as dificuldades de transmissão entre municípios.

Em 1967, foi inaugurada a TV Centro América na capital Cuiabá, dando inicio a formação da rede.[2] Em 1969, Eduardo Elias Zahran morre vitima de uma parada cardíaca, e seu irmão Ueze Zahran passa a administrar as empresas da família, incluindo a Rede Matogrossense de Televisão. A rede continua a se expandir em 1970, com a criação da TV Cidade Branca em Corumbá e em 1976, a programação que era uma mescla de programas locais com atrações da TV Excelsior (até 1969), REI e Rede Tupi é substituída pela Rede Globo, com quem a RMT passou a ser afiliada e continua até os dias atuais. Com o desmembramento da porção sul do estado para a criação do Mato Grosso do Sul em 1977, a rede de emissoras torna-se bi-estadual, com a TV Morena passando a gerenciar a programação no estado recém-criado e a TV Centro América no Mato Grosso.

Em 1989, a rede inaugurou mais duas emissoras, nas cidades de Ponta Porã (TV Sul América) e Rondonópolis (TV Centro América Rondonópolis). Em 1994, foi inaugurada a TV Centro América de Sinop, e em 1997, foi adquirida a TV Terra de Tangará da Serra, transformada em TV Centro América Tangará da Serra, completando a formação da rede.

A rede implantou as transmissões do Sinal Digital em 16 de dezembro de 2008 na TV Centro América em Cuiabá, que foi a oitava capital brasileira a contar com a nova tecnologia.[3] Em 4 de maio de 2009, foi a vez da TV Morena, em Campo Grande.

Em 2013, iniciaram as implantações do Sinal Digital nas emissoras interioranas, inicialmente nas cidades de Ponta Porã e Dourados em Mato Grosso do Sul,[4] e Tangará da Serra e Rondonópolis, em Mato Grosso.[5]

Em 22 de setembro de 2017, a Rede Matogrossense de Televisão passou a se chamar Rede Matogrossense de Comunicação, integrando rádio, televisão e internet.[6]

Emissoras[editar | editar código-fonte]

Divisão da área de cobertura da RMT por emissora em Mato Grosso do Sul e Mato Grosso
Prefixo Emissora Canal analógico Canal digital Cidade de origem
ZYA 942 TV Morena 6 VHF 30 UHF Campo Grande
ZYA 940 TV Morena Corumbá 5 VHF 31 UHF Corumbá
ZYA 947 TV Morena Ponta Porã 4 VHF 30 UHF Ponta Porã
ZYA 941 TV Centro América 4 VHF 36 UHF Cuiabá
ZYA 952 TV Centro América Sul 12 VHF 36 UHF Rondonópolis
ZYA 953 TV Centro América Norte 5 VHF 31 UHF Sinop
TV Centro América Tangará da Serra 13 VHF 36 UHF Tangará da Serra

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]