Rede Mirante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde março de 2015).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rede Mirante
Televisão Mirante Ltda.
Tipo Rede estadual de televisão comercial
País  Brasil
Fundação 15 de março de 1987 (30 anos)
por Fernando Sarney
Pertence a Grupo Mirante
Proprietário Paulo Guimarães
Presidente Fernando Sarney
Cidade de origem Maranhão São Luís, MA
Sede Bandeira de São Luís.svg São Luís, MA
Avenida Ana Jansen, 200 - São Francisco
MAPA
Estúdios Bandeira de São Luís.svg São Luís, MA
Avenida Ana Jansen, 200 - São Francisco
Slogan Você é a nossa matéria
Formato de vídeo 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Afiliações SBT (1987-1991)
Rede Globo (desde 1991)
Cobertura Estado do Maranhão
Emissoras próprias Bandeira de São Luís.svg TV Mirante São Luís (São Luís)
Bandeira imperatriz.jpg TV Mirante Imperatriz (Imperatriz)
Bandeira do Municipio de Caxias Maranhao.svg TV Mirante Cocais (Caxias-Codó)
Bandeira santa inês.jpg TV Mirante Santa Inês (Santa Inês)
Bandeira Balsas.png TV Mirante Balsas (Balsas)
Página oficial redeglobo.globo.com/ma/tvmirante
Disponibilidade aberta e gratuita
Analógico
03 VHF (Açailândia)
06 VHF (Balsas)
07 VHF (Chapadinha)
08 VHF (Caxias)
09 VHF (Codó)
10 VHF (São Luís e Imperatriz)
12 VHF (Bacabal)
13 VHF (Santa Inês)
14 UHF (Timon)
Digital
28 UHF (Caxias)
29 UHF (São Luís, Imperatriz e Timon)
31 UHF (Balsas)
Disponibilidade por satélite
Oi TV
Canal 10 (São Luís)
Disponibilidade por cabo
NET
Canal 10 (São Luís)
Canal 518 (HD) (São Luís)
TVN
Canal 19 (São Luís)

Rede Mirante é uma rede de televisão brasileira afiliada à Rede Globo no Maranhão, com sede na região metropolitana de São Luís. Pertence ao Grupo Mirante, conglomerado de mídia pertencente a Paulo Guimarães, que comprou a emissora do sócio Fernando Sarney em 2014, juntamente com as rádios Mirante e Mirante FM e o jornal O Estado do Maranhão.

História[editar | editar código-fonte]

SBT (1987-1990)[editar | editar código-fonte]

Antiga câmera da TV Mirante

A TV Mirante de São Luís inicia suas transmissões através no canal 10 em 15 de março de 1987, como afiliada ao Sistema Brasileiro de Televisão (SBT).[1]

Rede Globo (Desde 1991)[editar | editar código-fonte]

Em 2010, pouco antes de deixar o governo em 31 de março para se candidatar ao governo de Minas Gerais, o então ministro das Comunicações, Hélio Costa (PMDB-MG) deu as outorgas de autorizações para que a TV Mirante possa ser retransmitida integralmente por emissoras de Santa Luzia do Tide e Pinheiro para José Sarney, que é amigo pessoal. A Mirante tem o filho mais velho de Sarney, Fernando, como superintendente. Outros dois filhos do senador - a atual ocupante do governo maranhense Roseana Sarney (PMDB) e o deputado federal Sarney Filho (PV), o "Zequinha", são sócios da TV. As portarias com as autorizações foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) de 26 de março (Santa Luzia) e 5 de abril (Pinheiro), conforme informa o site do Ministério das Comunicações. Não foi mencionado o nome da emissora que será a repetidora da Mirante em Santa Luzia (a 294 quilômetros de São Luís). Em Pinheiro (Baixada Maranhense), cidade natal de José Sarney, a programação da Mirante será retransmitida pela Radio e TV Princesa da Baixada. Na prática, as concessões ampliam o império de comunicações da Família Sarney para usar eleitoralmente.[2]

Em 2014, com a derrota eleitoral que pôs fim à 50 anos da oligarquia de José Sarney no governo maranhense, Fernando Sarney negociou a venda do Sistema Mirante de Comunicação a outros sócios[3]. Estiveram interessados na compra o Sistema Verdes Mares, sediado em Fortaleza, CE e o Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte, pertencente à Paulo Guimarães, sócio de Fernando, e sediado em Teresina, PI.[4] Em 18 de outubro, foi confirmada a venda do grupo para Paulo Guimarães, que agora passa a ser sócio majoritário, com 60% das ações.[5]

Em 30 de setembro de 2016, um ano após encerrar a produção local de programas, a TV Mirante Açailândia também fechou o seu departamento comercial, sendo oficialmente extinta e tornando-se uma sucursal da TV Mirante Imperatriz.

Emissoras[editar | editar código-fonte]

Cobertura das emissoras da Rede Mirante.
Azul: TV Mirante São Luís
Violeta: TV Mirante Imperatriz
Laranja: TV Mirante Cocais
Verde: TV Mirante Santa Inês
Amarelo: TV Mirante Balsas
Nome Canal analógico Canal digital Cidade
TV Mirante São Luís 10 29 São Luís
TV Mirante Imperatriz 10 29 Imperatriz
TV Mirante Cocais 08 28 Caxias
TV Mirante Santa Inês 13 29 Santa Inês
TV Mirante Balsas 06 31 Balsas

Referências

  1. «Portal Imirante.com: Apropriações e usos das características do jornalismo online» (pdf). pág. 180. CAMBIASSU – Edição eletrônica. Janeiro/junho de 2011. 194 páginas. Consultado em 25 de março de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda)
  2. OSWALDO VIVIANI (11 de abril de 2010). «Clã Sarney amplia o império televisivo com novas outorgas». Jornal Pequeno. Consultado em 1 de junho de 2010 
  3. «TV Mirante pode ter sido vendida a grupo piauiense». Portal A8. 20 de outubro de 2014. Consultado em 25 de março de 2015 
  4. Cutrim, John (21 de outubro de 2014). «Paulo Guimarães pode comprar a TV Mirante». Jornal Pequeno. Consultado em 1 de dezembro de 2014 
  5. Minard, Marcelo (20 de outubro de 2014). «Exclusivo! Paulo Guimarães dono da Meio Norte é o mais novo proprietário do Sistema Mirante». Blog do Minard. Consultado em 1 de dezembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]