Rede Mundial de Reservas da Biosfera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa mostrando a distribuição da Rede Mundial de Reservas da Biosfera (2009).

A Rede Mundial de Reservas da Biosfera (em inglês: World Network of Biosphere Reserves) é a estrutura coordenada de reservas da biosfera reconhecidas pela UNESCO no âmbito do Programa MaB (Programa Homem e Biosfera), constituída por áreas protegidas reconhecidas internacionalmente como exemplo de boas práticas na manutenção do equilíbrio entre a qualidade ambiental, nomeadamente a manutenção da biodiversidade e o desenvolvimento sustentado.

Estrutura da rede[editar | editar código-fonte]

Apesar do Programa Homem e Biosfera (MaB), que suporta a rede, ter sido estabelecido apenas em 1971, a UNESCO já no ano anterior tinha iniciado o processo de designar as áreas que satisfaziam os critérios estabelecidos para integra a futura rede.

Em 2010, a Rede Mundial de Reservas de Biosfera incluía 564 reservas da biosfera distribuídos por 109 Estados[1]. Este número leva em conta a retirada de algumas reservas da Lista em resultado do programa ter mudado o seu enfoque da simples protecção da natureza para o relacionamento entre o desenvolvimento sócio-económico e a conservação da biodiversidade, centrando-se na demonstração das boas práticas em matéria de relacionamento entre as populações humanas e o ambiente.

Região UNESCO Número de
Reservas da Biosfera
Número de
Estados
África 70 28
Estados Árabes 301 11
Ásia e Pacífico 142 24
Europa e América do Norte 302 36
América Latina e Caraíbas 125 21

Inclui a Reserva da Biosfera Intercontinental do Mediterrâneo, partilhada entre Marrocos e Espanha.
*Fonte: UNESCO, 2016.[2]

Referências

  1. UNESCO: Biosphere Reserves, consultado em 21 de Julho de 2010.
  2. «United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization». www.unesco.org. Consultado em 2016-05-26. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]