Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Este artigo foi proposto para eliminação por consenso. Você é encorajado a melhorá-lo(a), mas não remova este aviso, o que seria considerado vandalismo.

Dê a sua opinião e caso ela seja transformada numa votação após uma semana, vote (se tiver direito a voto) na discussão.

Se aprovada, a eliminação ocorrerá a partir de 24 de maio.

Disambig grey.svg Nota: "Hospital São Camilo" redireciona para este artigo. Para o hospital do município de Coronel Fabriciano, veja Hospital Doutor José Maria Morais. Para outras acepções, veja São Camilo (desambiguação).
Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada. Foi sugerido que adicionasse esta.
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:

A Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo faz parte da Sociedade Beneficente São Camilo, uma das entidades que compreende a Ordem dos Ministros dos Enfermos (Camilianos), uma entidade religiosa presente em mais de 30 países, fundada pelo italiano Camilo de Lellis, há mais de 400 anos.

É uma Rede de hospitais gerais especializados em atendimento de urgência, emergência e tratamentos eletivos. A Instituição soma mais de quatro mil funcionários e mais de três mil médicos de 69 especialidades, com 681 leitos para receber os pacientes.

Unidades[editar | editar código-fonte]

A Rede possui três unidades na cidade de São Paulo, nos bairros Pompeia, Santana e Ipiranga.

Unidade Pompeia[editar | editar código-fonte]

A primeira Unidade da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo nasceu como Policlínica São Camilo em 1935. Em 1960, transformou-se no Hospital São Camilo Pompeia. Em 2001 o Hospital São Camilo Pompeia inaugurou seu Centro de Referência para o Transplante de Medula Óssea (TMO), que foi ampliado e revitalizado em 2011. O Ministério da Saúde concedeu ao Hospital São Camilo autorização para realização de transplantes de medula de alta complexidade, como o alogênico não aparentado (segundo Portaria n° 457, de 13 de setembro de 2010, publicada no Diário Oficial da União).

O Hospital também implantou um posto do Banco de Sangue para coleta exclusiva de células-tronco. A coleta é feita por aférese, procedimento em que o sangue é retirado, processado e devolvido ao doador, geralmente por uma única veia do braço. Em 2013 a Unidade Pompeia passou a ter um profissional dedicado apenas a fazer a busca de medula em outros bancos para realização de transplantes nesta Unidade.

Como parte do plano de expansão da Rede, até o fim de 2014 o Centro de Referência para o Transplante de Medula Óssea será ampliado de 9 para 20 leitos e será finalizada a construção de uma nova torre com 90 leitos de internação, além de salas de cirurgia.

A Unidade Pompeia possui certificações nacionais e internacionais de qualidade concedidas pela Joint Commission International, pela Accreditation Canada e pela ONA – Organização Nacional de Acreditação, com de Excelência nível III. Em 2013 a Unidade iniciou o processo de recertificação da Canadense com a metodologia Qmentum.

Unidade Santana[editar | editar código-fonte]

O Hospital Dom Silvério Gomes Pimenta, fundado em 1977, passou a ser chamado de Hospital São Camilo Santana em 1999. Além da revitalização da fachada, o Pronto-Socorro Adulto teve sua área ampliada. O Hospital São Camilo – Santana presta atendimento de urgência, emergência e de alta complexidade em diversas especialidades, entre elas Oncologia, Ortopedia e Cirurgia Geral.

Possui a Acreditação Internacional Canadense e Excelência, nível III, pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), mediante avaliação do Instituto Qualisa de Gestão (IQG). Em 2013 a Unidade iniciou o processo de recertificação da Canadense com a metodologia Qmentum.

Unidade Ipiranga[editar | editar código-fonte]

A Sociedade Beneficente São Camilo assumiu a gestão do Hospital Leão XIII, transformando-o em Hospital São Camilo Ipiranga em 2000. Foram realizados investimentos para modernizá-lo e padronizá-lo conforme os demais hospitais da Rede. Em 2012, a Unidade aumentou o número de leitos na UTI, que chegaram a 50. Entregou 21 novos quartos de clínica médica e cirúrgica, e continuou a expansão até atingir 180 leitos no fim de 2012. O Centro Cirúrgico também foi revitalizado.

O Hospital São Camilo Ipiranga conquistou a acreditação da Organização Nacional de Acreditação (ONA) nível III, que atesta a qualidade no atendimento e a segurança dos pacientes no que se refere ao controle de infecções e à segurança de medicamentos e instalações. Em 2013, a Unidade ingressou no modelo canadense de certificação com a nova metodologia Qmentum.

Linha do tempo[editar | editar código-fonte]

1922

  • Os religiosos camilianos, Padre Inocente Radrizzani e Eugenio Dalla Giacoma chegam ao Brasil e iniciam um trabalho significativo de assistência social, à saúde e à educação.

1923

  • O Padre Inocente Radrizzani funda a Sociedade Beneficente São Camilo, pertencente à Ordem dos Ministros dos Enfermos (Camilianos), uma entidade religiosa presente em mais de 30 países, fundada pelo italiano Camilo de Lellis, há mais de 400 anos.

1923

  • No bairro da Pompeia, a Sociedade Beneficente São Camilo inaugura o Consultório Médico São Camilo. O espaço passaria a ser a primeira Unidade da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, anos depois.

1935

  • O Consultório Médico São Camilo se transforma em Policlínica São Camilo.

1946

  • A Sociedade Beneficente São Camilo inicia a construção do Hospital São Camilo Pompeia.

1960

  • Inaugura-se oficialmente o Hospital São Camilo Pompeia.

1977

  • A Sociedade Beneficente São Camilo assume e batiza o prédio hospitalar Dom Silvério Gomes Pimenta que, mais tarde, passaria a se chamar Hospital São Camilo Santana.

2000

  • A Sociedade Beneficente São Camilo assume o Hospital Leão XIII, transformando-o em Hospital São Camilo Ipiranga – terceira Unidade da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo.

2001

  • O Hospital São Camilo Pompeia inaugura o Centro de Referência para o Transplante de Medula Óssea (TMO) com o objetivo de atender aos pacientes onco-hematológicos.

2004

  • Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo é eleita “Rede Hospitalar do Ano de 2009” pelo Prêmio Hospital Best.

2007

  • A Unidade Pompeia recebe o prêmio Top Hospitalar na categoria Responsabilidade Social.

Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo é eleita “Rede Hospitalar do Ano de 2007” pelo Prêmio Hospital Best.

2008

  • O Hospital São Camilo Pompeia conquista o Certificado Nacional de Acreditação (ONA) Nível III de Excelência da ONA (Organização Nacional de Acreditação). O certificado atesta os resultados positivos em relação ao estado de saúde dos pacientes e sua satisfação com o sistema de prestação de serviço.
  • Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo é eleita “Rede Hospitalar do Ano de 2008” pelo Prêmio Hospital Best.
  • Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo adota a metodologia Lean para seus processos.

2009

  • O Instituto de Ensino e Pesquisa São Camilo é inaugurado.
  • Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo é eleita “Rede Hospitalar do Ano de 2009” pelo Prêmio Hospital Best.
  • O Hospital São Camilo Santana conquista Acreditação nível III de Excelência da ONA pelos resultados obtidos em relação ao estado de saúde dos pacientes e sua satisfação com o sistema de prestação de serviço.
  • Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo participa do 21nd IHI International Forum, apresentando trabalhos sobre segurança do paciente.

2010

  • O Hospital São Camilo Pompeia conquista a Certificação Internacional Canadense, que atesta a excelência em estrutura, assistência, segurança do paciente e gestão de riscos.
  • O Hospital São Camilo Pompeia é eleito “Hospital do Ano 2010” pelo prêmio Hospital Best.
  • A Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo é eleita “Rede Hospitalar do Ano de 2010” pelo Prêmio Hospital Best.
  • O Hospital São Camilo Ipiranga também recebe o Certificado de Acreditação Nacional Nível III da ONA.
  • Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo participa do 22nd IHI International Forum, apresentando cinco trabalhos sobre indicadores de qualidade e segurança do paciente.
  • Hospital São Camilo Pompeia inaugura novo prédio com mais de 70 leitos.
  • Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo realiza seu I Congresso Internacional, sob o tema: “Urgência e Emergência”. Evento reúne mais de 900 pessoas.
  • É lançado o primeiro livro da Rede: “Urgência e Emergência”.

2011

  • Hospitais São Camilo de São Paulo são eleitos a “Rede Hospitalar do Ano de 2011” pelo prêmio Hospital Best.
  • O Hospital São Camilo Santana conquista a Certificação Internacional Canadense.
  • O Hospital São Camilo Ipiranga inaugura o Serviço de Hemodinâmica, que oferece mais de 100 procedimentos de alta complexidade em quatro áreas: Cardiologia Intervencionista, Radiologia Vascular Intervencionista, Neurorradiologia Intervencionista e Eletrofisiologia.
  • Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo promove o II Congresso Internacional, sob o tema: “Urgência, Emergência e Segurança do Paciente”. Evento atrai público de mais de 800 pessoas.
  • Livro “Emergência na Enfermagem” é lançado durante o II Congresso.

2012

  • O Hospital São Camilo Santana inaugura o Centro de Oncologia Clínica com equipe de profissionais especializada e multidisciplinar, capacitada a atender a todos os tipos de tumores.
  • O Hospital São Camilo Pompeia conquista a Certificação Joint Commission International, um dos mais importantes e rigorosos processos de certificação do mundo.
  • Unidades Pompeia e Santana ganham novo Pronto-Socorro Adulto, que teve sua área ampliada para atender aos pacientes com mais agilidade e conforto.
  • Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo realiza I Congresso Internacional de Simulação Realística.

Números da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo[editar | editar código-fonte]

  • 3 mil médicos
  • 69 especialidades
  • 681 leitos
  • 4.435 funcionários

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um hospital ou uma instituição de saúde é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.