Redes de campus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2017).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Uma rede de campus, rede de área de campus, rede de área corporativa ou CAN é uma rede de computadores feita da interconexão de redes de área local (LANs) dentro de uma área geográfica limitada.[1][2] Os equipamentos de redes (comutadores, roteadores) e meios de transmissão (fibra óptica, cabos pares trançados) são quase inteiramente pertencentes ao inquilino/proprietário do campus: seja uma empresa, universidade, governo, etc.[3]

Campus universitários[editar | editar código-fonte]

As redes de área de campus de uma faculdade ou universidade frequentemente interconectam vários edifícios, incluindo os administrativos, acadêmicos, bibliotecas da universidade, campus ou centros estudantis, residências, ginásios e outras estruturas periféricas, como centros de conferência, centros de tecnologia e institutos de formação.

Os primeiros exemplos de uma CAN, incluem a Rede da Universidade Stanford, na Universidade Stanford,[4] o Projeto Athena no Instituto de Tecnologia de Massachusetts,[5] e o Projeto Andrew na Universidade Carnegie Mellon.[6]

Campus corporativos[editar | editar código-fonte]

Muito parecido com uma rede de campus de uma universidade, a rede de campus corporativa serve para conectar edifícios. Exemplos disso são as redes no Googleplex e o campus da Microsoft. As redes de campus são normalmente interligadas com links Ethernet de alta velocidade, que operam através de fibra óptica, tais como gigabit Ethernet e 10 Gigabit Ethernet.

Alcance da rede[editar | editar código-fonte]

O alcance da CAN é de 1 km a 5 km. Se dois edifícios têm o mesmo domínio e são conectados com uma rede, então ele será considerado apenas como uma CAN. Contudo, a CAN é usada principalmente por campus corporativos, então o link de dados será de alta velocidade.[carece de fontes?]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Edwards, Wade. CCNP Complete Study Guide (642-801, 642-811, 642-821, 642-831). Sybex. © 2005
  2. Long, Cormac. IP Network Design. McGraw-Hill/Osborne. © 2001.
  3. Gary A., Donahue (2007). Network Warrior (em inglês). [S.l.]: O'Reilly. p. 5 
  4. «Network (SUNet — The Stanford University Network)». Stanford University Information Technology Services (em inglês). Universidade Stanford. 16 de julho de 2010. Consultado em 27 de maio de 2017 
  5. «Athena history (1983 - present) from A to Z» (em inglês). Instituto de Tecnologia de Massachusetts. Consultado em 27 de maio de 2017 
  6. N. S., Borenstein (dezembro de 1996). «CMU's Andrew project: a retrospective». Communications of the ACM (em inglês). 39 (12). doi:10.1145/272682.272717 
Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.