Referendo sobre a independência da Nova Caledônia em 2020

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
             Flag of France.svg             
Referendo sobre a independência da Nova Caledônia em 2020
Independência da Nova Caledônia
4 de outubro de 2020
Tipo de eleição:  Referendo sobre a independência
Demografia eleitoral
Hab. inscritos:  180 799
Votantes : 154 918
  
85.69%  
Votos válidos: 153 036
Votos nulos: 1 882
Nova Caledónia
Referendo sobre a independência da Nova Caledônia em 2020
  Sim
  Não
Resultados[1]
Sim
  
46.74%
Não
  
53.26%

O referendo sobre a independência da Nova Caledônia (português brasileiro) ou Nova Caledónia (português europeu) (oficialmente em francês: Référendum de 2020 sur l'indépendance de la Nouvelle-Calédonie) foi um referendo de independência realizado na Nova Caledônia em 4 de outubro de 2020.[2][3] A independência foi rejeitada, com 53,26% dos eleitores escolhendo contra tal mudança. A participação foi de 85,69% da população.[1]

Segundo o Acordo de Nouméa de 1998, a população da Nova Caledônia teria permissão para até três referendos sobre a independência do território; o primeiro ocorreu em 2018, este de 2020 foi o segundo, e outro está programado para ocorrer em 2022. Os referendos anteriores não resultaram em independência, mas um terço dos membros do Congresso da Nova Caledônia votou para a realização de uma novo referendo.[4] No referendo realizado em novembro de 2018, 56.4% dos eleitores rejeitaram a independência, enquanto 43,6% foram a favor da mesma.[5][6]

Pergunta[editar | editar código-fonte]

A pergunta para o referendo foi "Quer que a Nova Caledônia atinja a soberania plena e se torne independente?" (no original, Voulez-vous que la Nouvelle-Calédonie accède à la pleine souveraineté et devienne indépendante?).[7]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Os resultados oficiais de 284 estações de voto do processo participativo foram os seguintes:[8]

Independência da Nova Caledónia
Inscritos Sim Sim Não Não Total Votos válidos Brancos e nulos
180 799 71 533 81 503 154 918 153 036 1 882
«Você quer que a Nova Caledônia atinja a soberania plena e se torne independente?»
Votos
«Sim»
(46,74 %)
Votos
«Não»
(53,26 %)
Maioria absoluta

Consequências[editar | editar código-fonte]

Com o aumento da participação, o escrutínio viu a vitória dos militantes não independentes que, embora em declínio, reuniram pouco mais de 53% dos eleitores. O andamento do voto de independência garante o recurso à possibilidade de convocar um terceiro e último referendo em 2022.[9]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «New Caledonia referendum: South Pacific territory rejects independence from France» (em inglês). BBC News. 4 de outubro de 2020. Consultado em 5 de outubro de 2020 
  2. Nouvelle-Calédonie. Le référendum sur l’indépendance se déroulera le 4 octobre (em francês). Ouest France, 24 de junho de 2020. Consultado em 5 de outubro de 2020
  3. Le Deuxième référendum Élections NC
  4. New Caledonia referendum: call to reject 'colonising power' France The Guardian, 17 de julho de 2018
  5. Government of New Caledonia. «Référendum Nouvelle-Calédonie» (PDF). Consultado em 5 de novembro de 2018 
  6. «Território francês da Nova Caledónia rejeita a independência». Público. Consultado em 5 de novembro de 2018 
  7. «Histoire & enjeux - Référendum NC 2020». www.referendum-nc.fr (em francês) 
  8. Referendum 2020 (em francês). Elections France. Consultado em 5 de outubro de 2020
  9. «Nouvelle-Calédonie : le non à l'indépendance l'emporte à 53,26 % des voix». leparisien.fr (em francês). 4 de outubro de 2020. Consultado em 5 de outubro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]