Refinaria Isaac Sabbá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Refinaria Isaac Sabbá ou Refinaria de Manaus (REMAN) é uma refinaria localizada no município de Manaus, no estado do Amazonas, que pertence à Petrobras, com capacidade instalada para 46 mil barris/dia.[1]

Seus principais produtos são gás de cozinha, gasolina, querosene, querosene de aviação, diesel, óleos combustíveis, asfaltos e álcool.

História[editar | editar código-fonte]

Fundada por Isaac Benayon Sabbá, iniciou suas operações em 6 de Setembro de 1956, com o nome de Companhia de Petróleo da Amazônia (COPAM) e capacidade instalada para 5 mil barris/dia. Foi oficialmente inaugurada em 3 de Janeiro de 1957 com a presença do presidente Juscelino Kubitschek. Possui a primeira unidade de Craqueamento Catalítico de petróleo da América Latina. A Petrobras assumiu o controle acionário da COPAM em 1971, renomeando-a como Refinaria de Manaus (Reman). Em 1997, em homenagem a seu fundador, a refinaria foi rebatizada como Refinaria Isaac Sabbá - UN-Reman. Atualmente, a capacidade de refino da REMAN é de aproximadamente 47 mil barris/dia.

Mercado[editar | editar código-fonte]

A REMAN abastece os Estados de Amazonas, Acre, Rondônia, Roraima e parte do Pará, ocorrendo exportações de modo esporádico para a Colômbia, Peru e Bolívia.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Petrobras. «REMAN - Refinaria Isaac Sabbá». Consultado em 16 de Maio de 2009. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]