Reforma da ortografia sueca de 1906

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Reforma ortográfica da língua sueca - Stafningsukasen - foi realizada em 1906 [1], tendo simplificado a grafia das letras "v" e "t".[2]

Desta forma a grafia antiga "dt" foi substituída por "t", e as grafias "f"/"fv"/"hv" por "v".

A reforma ortográfica causou amargura em certos círculos, ao mesmo tempo que foi criticada por outros por não ser mais abrangente.
Por que não acabar igualmente com as grafias múltiplas do som /j/, substituindo "dj" e "hj" por "j"?

Após um parecer positivo da Academia Sueca e da Administração Nacional do Ensino Secundário, foi publicado um decreto real em abril de 1906 promulgando a execução da reforma.

Em 1908, foi entregue ao rei da Suécia uma petição com 40.000 nomes pedindo uma revisão da reforma ortográfica, mas sem nenhum resultado. [3]

A nova ortografia ganhou lentamente terreno dentro da literatura e dentro dos jornais.

Desde então a língua sueca tem tido uma grande estabilidade.

Sueco-Norueguês-Dinamarquês[editar | editar código-fonte]

A reforma da ortografia sueca afastou um pouco a escrita sueca das restantes escritas escandinavas.

Em norueguês e dinamarquês ainda se usa "dt" e "hv" em algumas situações.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Fridtjuv Berg» (em sueco). Nordisk familjebok. Consultado em 12 de setembro de 2013 
  2. http://broderdjingis.sprakhistoria.se/?page_id=141
  3. http://www.kotus.fi/index.phtml?l=sv&s=4269

Fontes[editar | editar código-fonte]