Regência de Angra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Regência de Angra, também referida como Regência da Terceira, é um período na história dos Açores em que exerceu funções o conselho de regência instituído por Decreto de 15 de junho de 1829, assinado por D. Pedro de Bragança em nome de sua filha D. Maria II de Portugal.

Este conselho instalou-se em Angra (hoje Angra do Heroísmo) na ilha Terceira, então a única cidade dos domínios portugueses sob controlo das forças liberais.

A Regência de Angra funcionou efetivamente a partir de 15 de março de 1830, conduzindo os destinos da facção liberal da Guerra Civil Portuguesa até à chegada de D. Pedro à ilha, a 3 de março de 1832. Durante a sua vigência emitiu várias proclamações e 65 decretos.


Ícone de esboço Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.