Campos Gerais do Paraná

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Região dos Campos Gerais)
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:
Paisagem dos Campos Gerais no município de Tibagi.

Os Campos Gerais do Paraná são uma região fito-geográfica situada no sul do Brasil a oeste da Escarpa Devoniana do Estado do Paraná denominada “segundo planalto”, que invade ao norte o Estado de São Paulo e ao sul o Estado de Santa Catarina. A região dos Campos Gerais do Paraná foi denominada o "paraíso terrestre do Brasil" pelo naturalista francês Auguste de Saint-Hilaire em virtude de suas paisagens naturais.[1] É também conhecida como área de influência de Ponta Grossa.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Antes da chegada dos europeus, o território da região dos Campos Gerais era habitado por diversas tribos de índios. A ocupação do território da região dos Campos Gerais iniciou-se na primeira década do século XVIII por colonos portugueses que estabeleceram fazendas e sítios.[3] A partir da segunda metade do século XVIII, tropeiros vindos do Estado do Rio Grande do Sul, e que iam para as feiras no Estado de São Paulo passaram pela região.[4] Depois dos tropeiros, imigrantes alemães, holandeses, italianos, japoneses, libaneses, poloneses e ucranianos estabeleceram-se na região dos Campos Gerais do Paraná e fundaram colônias, entre as quais destacam-se Carambeí, a Colônia Witmarsum e Prudentópolis.[5][6]

Terminologia e conceituação[editar | editar código-fonte]

A região dos Campos Gerais foi definida por Maack (1947, 1948) como uma unidade fitogeográfica compreendendo os campos limpos e campos cerrados naturais situados sobre o Segundo Planalto Paranaense.[7][8][9][10]

Segundo Carmo (2006), os campos gerais paranaenses apresentam uma flora de transição entre o Cerrado e os Pampas.[11]

Em alguns trabalhos, o termo "campos gerais" é usado num sentido diferente ou mais amplo.[12] Por exemplo, Rizzini (1997) o aplica a certos campos limpos do Brasil Central, presentes em Abaeté (MG).[13]

Flora[editar | editar código-fonte]

A vegetação predominante da região dos Campos Gerais do Paraná pertence aos biomas Cerrado e Mata Atlântica, sendo caracterizada por seus campos limpos permeados de matas de galeria e capões esparsos de floresta ombrófila mista onde ocorre a espécie Araucaria angustifolia, árvore símbolo do Paraná.

Fauna[editar | editar código-fonte]

A fauna da região dos Campos Gerais do Paraná é composta por diversas espécies de peixes, espécies de aves como a curicaca, o pica-pau-do-campo e a seriema e por mamíferos terrestres como o graxaim-do-campo, o tamanduá-bandeira e o veado-campeiro.

Municípios[editar | editar código-fonte]

Municípios que fazem parte dessa região:

Ponta Grossa Castro Palmeira Lapa
Arapoti Campo do Tenente Cândido de Abreu Ipiranga
Jaguariaíva Ortigueira Piraí do Sul Porto Amazonas
Reserva Telêmaco Borba Tibagi Balsa Nova
Campo Largo Carambeí Imbaú Ivaí
Rio Negro São João do Triunfo São José da Boa Vista Teixeira Soares
Sengés Ventania Imbituva

Dezenove destes Municípios estão congregados na AMCG (Associação dos Municípios dos Campos Gerais).

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia se apresenta se forma diversificada, destacando os setores madeireiros, metalmecânico e agropecuário. As cidades dos Campos Gerais são recordistas nacionais em vários segmentos do agronegócio. Na região esta instalada a maior e melhor bacia leiteira e o maior produtor de trigo do Brasil.

Entre as principais indústrias instaladas na região são a Castrolanda, Batavo, Sadia, CCR Rodonorte, Caminhos do Paraná, Masisa do Brasil, Klabin, BRF Brasil Foods, Bunge Alimentos, Coinbra, Femsa, Heineken, Hübner, Insol do Brasil, Continental/Contitech, Cargill, Stora Enso, Capal, Norske Skog Pisa, Arauco do Brasil, Sengés Papel e Celulose, Swedish Match, Iguaçu Papel e Celulose, Pincéis Tigre, Tetra Pak, Winner Chemical, Lojas MM, CTA Continental Tobaccos Aliance, Premium Tabacos do Brasil, Sudati, Braspine Madeiras, Braslumber Indústria de Molduras, Scancom do Brasil, Geroma do Brasil, Makita, Mecprec, Kemira Chemicals, Valor Florestal, W3, GGL, Kurashiki, Louis Dreyfus, Macrofértil Fertilizantes, Beaulieu do Brasil, Águia Sistemas.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Principais pontos turísticos da região:

Parques e belezas naturais[editar | editar código-fonte]

Museus[editar | editar código-fonte]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Possui boa infraestrutura de referência, principalmente nas áreas de saúde e educação.

Saúde[editar | editar código-fonte]

Educação[editar | editar código-fonte]

Transporte[editar | editar código-fonte]

A região é privilegiada por agregar um dos maiores entroncamentro rodoferroviário do sul do Brasil.

Rodoviário[editar | editar código-fonte]

Principais rodovias que cortam a região dos Campos Gerais:

Aeroviário[editar | editar código-fonte]

Aeroportos[editar | editar código-fonte]
Teleférico[editar | editar código-fonte]

Energia[editar | editar código-fonte]

Usinas hidrelétricas[editar | editar código-fonte]

Características econômicas[editar | editar código-fonte]

As características econômicas dessa região são:

  • População de 1 100 000 habitantes.
  • Aproximadamente 1 milhão de hectares de lavouras anuais de milho, soja, trigo, feijão, batata;
  • Região com a melhor produtividade de milho no Brasil.
  • Um dos maiores pólos esmagadores de soja da América Latina.
  • Vasta área de florestas plantadas com fins madeireiros, papeleiros e energéticos.
  • Maior produção agropecuária do Paraná, destacada a produção de leite, suínos e aves.
  • Reconhecida bacia leiteira de excelência com a maior produção e melhor produtividade de leite do Brasil.
  • Produção de 1,07 milhões de litros de leite por dia.
  • Produção diversificada com mais de 160 produtos agropecuários.
  • Sistema de cooperativas agropecuárias consolidado com faturamento de R$ 1,5 bilhões.
  • 18 municípios ricos em cultura, turismo e natureza.
  • Comércio desenvolvido e diversificado com condições de atender as demandas da região.
  • Setor industrial voltado para o processamento de produtos rurais locais que agregam valor e geram emprego e renda para a região.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Monteiro Pereira, Marco Aurélio (2007). «O paraíso terrestre no Brasil: os campos gerais do Paraná no relato de Auguste de Saint-Hilaire». Revista de História Regional Volume 7 N° 1. Ponta Grossa, Paraná. Consultado em 20 de julho de 2017 
  2. Dicionário Histórico e Geográfico - UEPG
  3. Dicionário Histórico e Geográfico dos Campos Gerais. UEPG. Consultado em 20 de julho de 2017
  4. Você conhece a história da região dos Campos Gerais?. Diário dos Campos, 28 de abril de 2017. Consultado em 28 de julho de 2017
  5. Paraná: abrigo para mais de 20 etinas. Tribuna do Paraná, 24 de dezembro de 2014. Consultado em 23 de julho de 2017
  6. Imigrantes puros de origem. Gazeta do Povo, 24 de outubro de 2013. Consultado em 23 de julho de 2017
  7. MAACK, Reinhard. Breves Notícias Sobre a Geologia dos Estados do Paraná e Santa Catarina. Braz. arch. biol. technol., Jubilee Volume (1946-2001), pp. 169-288, 2001. Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-89132001000500010&lng=en&nrm=iso>. [Publicado originalmente em Arquivos de Biologia e Tecnologia, v. 2, pp. 63-154, 1947.]
  8. MAACK, R. 1948. Notas preliminares sobre clima, solos e vegetação do Estado do Paraná. Curitiba, Arq. Biol. Tecnol. 3:102-200.
  9. SILVA, C. R. (ed.). Geodiversidade do Brasil: conhecer o passado, para entender o presente e prever o futuro. Rio de Janeiro: Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais/Serviço Geológico do Brasil (CPRM/SGB), 2008. 264 p. Disponível em: <http://www.cprm.gov.br/publique/media/geodiversidade_brasil.pdf>.
  10. RITTER, Lia Maris Orth; RIBEIRO, Milton Cezar and MORO, Rosemeri Segecin. Composição florística e fitofisionomia de remanescentes disjuntos de Cerrado nos Campos Gerais, PR, Brasil - limite austral do bioma. Biota Neotrop. [online]. 2010, vol.10, n.3 [cited 2017-05-03], pp.379-414. Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032010000300034&lng=en&nrm=iso>
  11. CARMO, Marta Regina Barrotto do. Caracterização fitofisionômica do Parque Estadual do Guartelá, município de Tibagi, Estado do Paraná. 2006. viii, 142 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências, 2006. Disponível em: <http://hdl.handle.net/11449/100628>.
  12. Walter, B. M. T. (2006). Fitofisionomias do bioma Cerrado: síntese terminológica e relações florísticas. Tese de Doutorado, Universidade de Brasília, [1].
  13. Rizzini, C.T. (1997). Tratado de fitogeografia do Brasil: aspectos ecológicos, sociológicos e florísticos. 2a edição. Rio de Janeiro, Âmbito Cultural, 1997. Volume único, 747 p.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Behling, H., 1997. Late Quaternary vegetation, climate and fire history in the Araucaria forest and campos region from Serra Campos Gerais, Paraná State (South Brazil). Rev. Palaeobot. Palynol. 97, 109-121., [2].
  • Imaguire, N. 1980. Contribuição ao estudo florístico e ecológico da fazenda experimental do setor de ciências agrárias da Universidade Federal do Paraná. Parte 2. O porquê da existência dos campos e matas no primeiro e segundo planaltos paranaenses. Acta Biol. Par. 8/9: 47-72, [3].
  • Moro, R.S. (org.). Biogeografia do Cerrado nos Campos Gerais. Ponta Grossa: Editora UEPG, 2012.
  • Moro, R. S.; Carmo, M.R.B. A vegetação campestre nos Campos Gerais. In: Mel, M.S.; Moro, R.S.; Guimarães, G.B. (org.). Patrimônio natural dos Campos Gerais do Paraná. 1ed. Ponta Grossa: Editora da UEPG, 2007, v. 1, p. 93-98. link.
  • Ritter, L. M. O. Composição florística e aspectos físicos do cerrado nos Campos Gerais, Paraná. Tese de Doutorado. Dissertação de Mestrado. Universidade Estadual de Ponta Grossa, Paraná, 2008. link.
  • Silva, A.R. et al . Florística e fitossociologia em três diferentes fitofisionomias campestres no Sul do Brasil. Hoehnea, São Paulo, v. 43, n. 3, p. 325-347. link.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.