Regina Becker Fortunati

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Regina Becker
Deputada Estadual do Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul
Período 1 de fevereiro de 2015
até atualidade
Dados pessoais
Nascimento 9 de novembro de 1957 (59 anos)
Novo Hamburgo, RS
Cônjuge José Fortunati
Partido REDE

Regina Maria Becker, conhecida no meio político como Regina Becker Fortunati (São Leopoldo, 9 de novembro de 1957) é uma política brasileira, filiada a Rede Sustentabilidade. Já pertenceu ao Partido Democrático Trabalhista (PDT) e foi primeira-dama de Porto Alegre, sendo esposa do ex-prefeito José Fortunati.[1]

Causa animal[editar | editar código-fonte]

É defensora da causa animal.[2] Regina coordena o grupo que trabalha pela elaboração do Código Estadual de Direitos dos Animais, um projeto de lei de autoria da própria parlamentar que tramita no parlamento. O objetivo da nova lei é criar instrumentos legais que ajudem a amenizar o sofrimento dos animais que são abatidos, principalmente para o consumo humano.[3]

Política[editar | editar código-fonte]

Regina foi a titular da Secretaria Especial dos Direitos Animais (SEDA) de Porto Alegre, órgão criado na gestão de seu marido José Fortunati, até 2013, quando o Ministério Público do Rio Grande do Sul entendeu que tal indicação para chefiar a pasta configuraria nepotismo, e com isso, a Justiça determinou que Regina deixasse o cargo.[4] Porém, dias depois a liminar foi suspensa e ela pôde manter o cargo.[5]

Eleições[editar | editar código-fonte]

Nas eleições de 2014, em 5 de outubro, foi eleita deputada estadual na 54ª legislatura (2015 — 2019).[6] Assumiu o cargo em 1 de fevereiro de 2015, cujo mandato expira em 1 de fevereiro de 2019.[7]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.