Reign

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde novembro de 2013).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção se refere ou tem relação com uma série televisiva em exibição.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (Editado pela última vez em 16 de novembro de 2017.)
TV Future Icon.svg
Reign
Reign (PT/BR)
Informação geral
Formato Série
Gênero Romance
Drama
Suspense
Terror
Duração 42 minutos
Estado Finalizada
Criador(es) Laurie McCarthy
Stephanie SenGupta
País de origem  Estados Unidos
Idioma original Inglês
Produção
Produtor(es) Joyful Girl Productions
Warner Bros. Television
CBS Television Studios
Take 5 Productions
Whizbang Films
Elenco Adelaide Kane
Megan Follows
Torrance Coombs
Toby Regbo
Anna Popplewell
Alan Van Sprang
Caitlin Stasey
Celina Sinden
Jenessa Grant
Rossif Sutherland
Exibição
Emissora de televisão original Estados Unidos The CW
Portugal TVSéries
Brasil Netflix
Transmissão original Estados Unidos 17 de outubro de 2013 - Estados Unidos 16 de junho de 2017
Portugal 29 de outubro de 2013 - presente
Brasil 14 de outubro de 2015
N.º de temporadas 4
N.º de episódios 78 (lista de episódios)

Reign é uma série de televisão estadunidense de ficção histórica[1] que estreou em 17 de outubro de 2013 e transmitido pela The CW.[2][3]

Em Portugal, a série estreou no dia 29 de outubro de 2013, no canal TVSéries.[4]

No Brasil, a série é exibida com exclusividade por serviço streaming na Netflix e na Claro Video.

A série conta a história de Mary Stuart, Rainha da Escócia e seu caminho até o poder, iniciando com sua chegada à França ainda na adolescência e seu noivado com o Príncipe Francis. Acompanhada de suas quatro melhores amigas, Mary precisa sobreviver às intrigas, inimigos e forças obscuras que tomam conta da corte francesa.

O show é baseado na verdadeira história de Mary, que foi rainha da Escócia de 14 de Dezembro de 1542 a 24 de Julho de 1567, e, do seu período na França com o Príncipe Francis. Onde os dois se casam.

Reign ganhou no People's Choice Awards na categoria de Novo Drama Favorito de 2014. As duas primeiras temporadas da série foram encerradas com 22 episódios, assim como a maioria das séries do canal CW, no entanto na terceira houve uma diminuição para 18 episódios.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Legenda
Regular Recorrente
Atores Personagens Temporadas
1.ª 2.ª 3.ª 4.ª
Adelaide Kane Mary, Rainha da Escócia, França e Inglaterra Regular
Megan Follows Catherine de Medici Regular
Torrance Coombs Sebastian (Bash) Regular
Toby Regbo Príncipe Francis Regular Recorrente
Alan van Sprang Rei Henry II da França Regular Participação
Anna Popplewell Lola Regular
Caitlin Stasey Kenna Regular
Celina Sinden Greer Regular
Craig Parker Lord Narcisse Regular
Sean Teale Príncipe Condê Regular
Rossif Sutherland Nostradamus Regular Recorrente Participação
Anna Walton Diane de Poitiers Recorrente Participação
Jonathan Keltz Leith Recorrente Regular Recorrente
Yael Grobglas Olivia Regular
Rose Williams Príncesa Claude Recorrente Regular

Episódios[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Lista de episódios de Reign
Temporada Episódios Exibição original
Estreia da temporada Final da temporada
1 22 17 de outubro de 2013 (2013-10-17) 15 de maio de 2014 (2014-05-15)
2 22 2 de outubro de 2014 (2014-10-02) 14 de maio de 2015 (2015-05-14)
3 18 9 de outubro de 2015 (2015-10-09) 26 de junho de 2016 (2016-06-26)
4 16 10 de fevereiro de 2017 (2017-02-10) 16 de junho de 2017 (2017-06-16)

Mary Stuart na História[editar | editar código-fonte]

Reign é baseada na história real da rainha Maria da Escócia e sua rivalidade com sua prima Isabel I da Inglaterra.

Há, porém, bastante liberdade poética na série, que difere da história real da rainha dos escoceses[5][6][7] , como:

  • Mary não cresceu em um convento, como é mostrado na série, e sim passou sua infância ao lado de Francis e as irmãs dele na Corte Francesa.
  • Diane de Poitiers ficou responsável pela educação de Mary na França, ambas possuíam um bom relacionamento. Diane também correspondia-se com a mãe desta, Marie de Guise, para discutirem sobre a educação e o crescimento de Mary.
  • Mary, na vida real, tinha uma estatura bastante elevada, quase 1.80. Ela também era conhecida pela sua pele muito branca - a ponto de algumas veias ficarem mais nítidas - além de ter os cabelos ruivos e olhos cor de mel, bem diferente da Mary de cabelos negros e olhos escuros da série.
  • Francis não se envolve com nenhuma das damas de Mary, a bem da verdade, os relatos históricos revelam que eles possuíam uma relação carinhosa e amigável desde o dia em que se conheceram.
  • Francis, na vida real, possuía uma saúde bem frágil e era baixo.
  • Todas as quatro damas de companhia se chamavam Mary, este fato foi mudado na série para não gerar confusão
  • A relação de Kenna com Rei Henry é ficção.
  • Claude Valois tinha aproximadamente 11 anos na época em que Francis reinava.
  • Leith nunca existiu. A princesa Claude, na vida real, se casaria com Carlos III, duque de Lorena, com quem teria 9 filhos.
  • Na série, Francis rouba a armadura de Montgomery e mata seu próprio pai, mas na realidade foi o próprio Montgomery que acertou o Rei Henry
  • Não há confirmação histórica sobre o estupro de Mary na França.
  • Mary nunca se envolveu com Condé.
  • Mary não estava com Francis durante a sua morte.
  • Francis morreu em seu palácio, em decorrência de uma otite.
  • Don Carlos e Robert Dudley foram de fato pretendentes de Mary, mas eles nunca se encontraram pessoalmente.
  • No regresso de Mary a Escócia, não houve um naufrágio, e os lordes sabiam do seu regresso.
  • Nunca foram encontradas evidências da gravidez de Elizabeth I.
  • Francis nunca sugeriu que Charles e Mary ficassem noivos, foram os tios de Mary que tentaram armar o casamento, o qual foi impedido por Catherine.
  • Alguns historiadores afirmam que o casamento de Mary e Francis nunca foi consumado, em decorrência da saúde frágil de Francis, e que seu amor deles era fraternal.
  • Na série, Rei Henry e Catherine de Médici tiveram 9 filhos, mas na realidade eles tiveram 12.
  • Rei Henry teve 3 filhos bastardos, nenhum deles era Sebastian.
  • Catherine nunca teve filhos fora do casamento, portanto Clarissa não existiu.
  • Nunca existiu um Tomás de Portugal, o pretendente de Mary que aparece na 1ª temporada.
  • Charles não ficou noivo de Madeline, e sim de Elisabeth da Áustria, e posteriormente casou-se com ela.
  • Catherine nunca assassinou Diane, ela morreu em seu château, por auto envenenamento.
  • O corpo de Francis não foi cremado, está na Basílica de Saint Denis.
  • Historicamente Mary cresceu e foi educada para ser uma rainha consorte da França, embora tenha virado rainha dos escoceses com apenas seis dias de vida ela não foi tão bem preparada para governar o seu país um dia, por isso encontrou muitas dificuldades em seu reinado. Quando regressou à Escócia, Mary parece ter ficado desencantada com seu país, pois havia crescido na bela França e encontrou na Escócia um país mais pobre e rural, além disso, ao pisar na Escócia, Mary era praticamente desconhecida por seus súditos.
  • Mary morreu usando um vestido vermelho, cor do mártir católico, não negro.
  • James nunca foi ao encontro de Elizabeth para interceder por sua mãe, visto que havia crescido sem a presença dela.
  • A Batalha Guerra anglo-espanhola começou somente em 1585, não décadas antes como mostra a série.
  • A morte de Mary não foi bem vista pela Europa, visto que era uma rainha ungida, causando mais a impopularidade de Elizabeth perante outros reinos.

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Em sua 1ª temporada, Reign teve recepção mista por parte da crítica especializada. Com base em 24 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 53% no Metacritic. Por votos dos usuários do site, atinge uma nota de 7.9, usada para avaliar a recepção do público.[8]

Referências

  1. «"Reign": Ficção histórica estreia em outubro no TVSéries». filmespot.pt. 6 de outubro de 2013. Consultado em 20 de janeiro de 2014 
  2. (em inglês) "The CW Moves Up 'The Originals' Premiere to Follow 'The Vampire Diaries' + 'Supernatural' Gets Earlier Start"
  3. (em inglês) UPDATE: CW’s ‘The Tomorrow People’, ‘The 100′, ‘Reign’ & ‘Oxygen’ Ordered To Series
  4. «"Reign": ficção histórica estreia em outubro no TVSéries». filmspot.pt. 6 de outubro de 2013. Consultado em 23 de novembro de 2013 
  5. «Historical Differences». Consultado em 25 de julho de 2016 
  6. «10 vezes em que Reign "fez certo por linhas tortas"». Portal Reign Brasil. 23 de novembro de 2016. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  7. «Adelaide Kane Brasil  » Reign: As diferenças entre a ficção e a realidade - Adelaide Kane Brasil». adelaidekanebr.com. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  8. «Reign» (em inglês). Metacritic. Consultado em 15 de setembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]