Reinaldo Xavier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procurar por outro Reinaldo, veja Reinaldo.
Reinaldo Xavier
Informações pessoais
Nome completo Reinaldo Luís Xavier
Data de nasc. 06 de maio de 1963 (55 anos)
Local de nasc. Carazinho (RS), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,88 m
Destro
Informações profissionais
Período em atividade 1980-1994 (14 anos)
Posição Treinador
ex-centroavante
Clubes de juventude
1980 Brasil Coritiba
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
19811983
1983
1984-1985
1986
1986-1987
1987
1988
1988
1988
1989
1989
1990
1991
1992
1993
1994
BrasilCoritiba
Brasil Taubaté
Brasil Palmeiras
Brasil Juventus
Brasil Atlético Mineiro
Brasil Juventus
Brasil Bahia
Brasil São Bento
Brasil Taubaté
Brasil Grêmio
Brasil Bangu
Bolívia Oriente Petrolero
Brasil Portuguesa Santista
Brasil Figueirense
Brasil Taubaté
Brasil Internacional de Limeira
---00(12)
---00(10)
95000(31)
---00(07)
1900(06)
---00(01)
00
---00(02)
---00(03)
00
0400(01)
00
00
00
---00(03)
---00(04)
Times/Equipas que treinou
2004
2007-2010
2008
2012
Brasil Taubaté (base)
Brasil Taubaté (base)
Brasil Taubaté (interino)
Brasil Taubaté (assistente)

Reinaldo Luís Xavier mais conhecido como Reinaldo Xavier , nasceu em Carazinho no Rio Grande do Sul, em 06 de maio de 1963 é um ex-futebolista brasileiro que atuava como centroavante. Formado em Educação Física atualmente mora na cidade de Taubaté, no Vale do Paraíba no Estado de São Paulo.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Reinaldo Xavier iniciou sua carreira futebolística no Coritiba na década de 80, mas foi no Taubaté que o alto e forte centroavante pintou como uma grande promessa, chamando a atenção do Palmeiras.[1] O Palmeiras, mesmo com uma equipe modesta, contava com jogadores ilustres como Emerson Leão, Mário Sérgio, Vágner Bacharel;[2] o artilheiro jogou durante 2 anos, foram 31 gols em 95 jogos. Em 1986 transferiu-se para o Clube Atlético Juventus onde foi campeão do Torneio Início Paulista com a equipe da Moóca, juntamente com jogadores como Raudinei, Nenê, Bizi, Betinho, Rocha e outros.[3] Após o Campeonato Paulista de Futebol pelo Juventus em 1986, foi para o Galo Mineiro onde disputou a Copa Brasil, onde sua equipe foi eliminada apenas na semifinal pelo Guarani de Campinas pelo placar de 2 a 1, mas Reinaldo deixou sua marca, ou seja, o gol.[4] Após essa boa passagem pelo Atlético Mineiro, teve rápidas passagens por vários clubes brasileiros e uma péssima experiência na Bolívia no Club Deportivo Oriente Petrolero em 1990 onde teve uma torção no joelho direito e desentendimento com dirigentes.[5] Encerrou sua carreira futebolística aos 31 anos na Internacional de Limeira em 1994. Para este goleador nato, bom cabeceador e oportunista,[1] restaram-lhe ótimas lembranças e poucos títulos.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Internacional
Competição Título Equipe Temporada
Costa do Marfim Taça Akwaba 1 Coritiba (1983)[6] ' [7]
Estaduais
Competição Título Equipe Temporada
São Paulo Torneio Início Paulista 1 Juventus (1986)[3]
Minas Gerais Taça Minas Gerais 1 Atlético Mineiro (1987)

Gols de Reinaldo Xavier[editar | editar código-fonte]

Coritiba:

Taubaté:

Palmeiras:

Juventus:

Atlético Mineiro:

São Bento de Sorocaba:

Bangu:

Internacional de Limeira:

Carreira de Treinador[editar | editar código-fonte]

Reinaldo Xavier com várias passagens de treinador nas equipes de base do Taubaté,[8] ' [9] foi técnico interino da equipe profissional em 2008. Em 2012 no Taubaté tornou-se assistente técnico, trabalhando com o conceituado treinador Edson Vieira.[10]

Família[editar | editar código-fonte]

Reinaldo Xavier é casado com Maria Alice, é pai de 2 filhas, Renata e Camila.[11]

Curiosidade[editar | editar código-fonte]

Após encerrar a carreira futebolística, antes de iniciar sua carreira de treinador, Reinaldo Xavier trabalhou na Volkswagen do Vale do Paraíba.[5]

Referências