Relações entre Albânia e Japão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Relações entre Albânia e Japão
Bandeira da Albânia   Bandeira do Japão
Mapa indicando localização da Albânia e do Japão.
  Japão

As relações entre Albânia e Japão são as relações bilaterais entre Albânia e Japão. O embaixador do Japão em Roma é credenciado na Albânia,[1] enquanto um consulado-geral em Tirana auxilia os interesses japoneses na Albânia. A Albânia tem uma embaixada em Tóquio.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Primeiro-ministro da Albânia, Sali Berisha, com o primeiro-ministro japonês, Yasuo Fukuda, na Residência Oficial do Primeiro-Ministro em Tóquio, 5 de fevereiro de 2008.

As relações diplomáticas foram estabelecidas em abril de 1922 com o reconhecimento do novo estado albanês independente do Japão. Em 20 de junho de 1930, foi assinado o primeiro tratado comercial entre os dois países. Em 1935, o Reino da Albânia abriu o consulado-geral em Osaka. Após a Segunda Guerra Mundial, as relações foram congeladas e restabelecidas em março de 1981. Em dezembro de 2005, a Embaixada da República da Albânia foi aberta em Tóquio e em março de 2016, o governo japonês adotou a decisão de abrir a Embaixada em Tirana, tendo sua abertura oficial em janeiro de 2017.[3][4][5]

Relações econômicas[editar | editar código-fonte]

A Albânia considera o Japão como um dos parceiros comerciais mais importantes do Extremo Oriente. Eles assinaram muitos acordos bilaterais, que consistem principalmente em ajudar o desenvolvimento futuro da economia albanesa.

Comércio da Albânia com o Japão:

  • Exportações da Albânia para o Japão: ¥ 153 milhões
  • Exportações do Japão para a Albânia: ¥ 252 milhões

Ajuda japonesa ao desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

A Assistência Oficial ao Desenvolvimento do Japão para a Albânia totaliza 25,278 bilhões de ienes no total, ou aproximadamente 179 milhões de euros em maio de 2014.

Assistência à Doação: 4,98 bilhões de ienes:

  • Empréstimos em ienes: 18,092 bilhões de ienes
  • Cooperação técnica: 2,206 bilhões de ienes[6]

Outros acordos bilaterais[editar | editar código-fonte]

Os dois países assinaram mais de 15 acordos bilaterais e a maioria deles está focada no desenvolvimento da Economia da Albânia. Em setembro de 2007, foi alcançado um acordo sobre a abolição de vistos de passaportes diplomáticos com o Japão e entrou em vigor em 10 de dezembro de 2007.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Embassy of Japan in Albania». www.al.emb-japan.go.jp. Consultado em 29 de fevereiro de 2020 
  2. «Bilateral Relations | Embassy of the Republic of Albania in Japan». www.ambasadat.gov.al. Consultado em 29 de fevereiro de 2020 
  3. https://www.ata.gov.al/en/japan-to-open-embassy-in-tirana/
  4. «Bilateral Relations | Embassy of the Republic of Albania in Japan». www.ambasadat.gov.al. Consultado em 29 de fevereiro de 2020 
  5. «ambasciata del giappone». www.it.emb-japan.go.jp. Consultado em 29 de fevereiro de 2020 
  6. «Embassy of Japan in Albania». www.al.emb-japan.go.jp. Consultado em 29 de fevereiro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]