Relatório de Avaliação Global sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Relatório de Avaliação Global sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos é um relatório da Plataforma de Política Científica Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos das Nações Unidas, lançado em maio de 2019 acerca do estado global da biodiversidade. O relatório descobriu que, devido ao impacto humano sobre o meio ambiente no último meio século, a biodiversidade da Terra sofreu um declínio catastrófico sem precedentes na história da humanidade.

O relatório deduz que "a sociedade precisa mudar de um único foco em perseguir o crescimento econômico".[1] O relatório pediu aos países que começassem a se concentrar em "restaurar habitats, cultivar alimentos em menos terra, impedir a extração ilegal de madeira e a pesca, proteger áreas marinhas e interromper o fluxo de metais pesados e águas residuais para o meio ambiente".[2]

Referências

  1. «One million species at risk of extinction, UN report warns». National Geographic. National Geografic. 6 de maio de 2019. Consultado em 9 de maio de 2019 
  2. «World must undergo huge social and financial transformation to save future of human life, major report finds». The Independent. 6 de maio de 2019. Consultado em 9 de maio de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Ciência (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.