Ministério Internacional da Restauração

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Renê de Araújo Terra Nova)
Ir para: navegação, pesquisa

O Ministério Internacional da Restauração é uma igreja restauracionista de base neopentecostal liderada por Renê Terra Nova e Ana Marita Terra Nova.[1]

Sua sede está localizada no bairro de Santo Agostinho, em Manaus.[2]

Considera-se uma igreja apostólica, pois acredita na atualidade do ministério apostólico. Consequentemente, devido o seu perfil doutrinário, seus principais líderes são conhecidos como apóstolos. É uma igreja constituída por pequenos grupos de estudos bíblicos e convivência chamados de "células", iniciadas nos grupos familiares a partir do contato com o G12, de César Castellanos, e com a Igreja Batista da Lagoinha[3] , igreja de cariz carismática. Hoje seu modelo celular é chamado M12 (Modelo dos 12), também conhecido por seus adeptos como "Visão Celular".[4]

História[editar | editar código-fonte]

No início da década de 90, o então pastor batista Renê Terra Nova deixa a liderança da Igreja Batista Memorial de Manaus para dedicar-se a construção de uma nova igreja, instalada na garagem de um de seus seguidores, com um grupo de 169 pessoas.[5]

Ali nascia a Primeira Igreja Batista da Restauração, nome original do que seria mais tarde o Ministério Internacional da Restauração, que tornou-se popularmente conhecida pelos manauaras como a "igreja da torre".[6]

Inicialmente ligado ao movimento G12, do pastor colombiano César Castellanos, Terra Nova e o MIR rompem com o movimento por conta do patenteamento do movimento. Por questões de direitos autorais cria o M12, uma versão nacional do movimento colombiano.[7]

Doutrina e funcionamento[editar | editar código-fonte]

O MIR é uma igreja de perfil restauracionista, que entende a dinâmica dos grupos pequenos, chamados pelos seguidores de "células", e a restauração do ministério apostólico como o retorno ao cristianismo primitivo.[8] Tem a Teologia da Prosperidade como base doutrinária[9] bem como a restauração de doutrinas judaicas não pertencentes ao Cristianismo tradicional.[10] Apesar de seguir as festas judaicas veterotestamentárias, como o Purim[11] e o Hanuká[12] , condena a comemoração de festas cristãs tradicionais como o Natal, tida como festa pagã.[13]

Desde o ano 2000, o MIR promove o Congresso de Resgate da Nação, em Porto Seguro, litoral baiano, além de promover inúmeros encontros e congressos internos e internacionais sobre a "visão celular" no modelo dos 12 (M12).[14]


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Vereadora Nereide Pedregal (22 de Fevereiro de 2010). «542/2010». Consultado em 07/09/2014. 
  2. Agito Manaus. «Ministério Internacional da Restauração - MIR - Estrada da Ponta Negra, 5001 - Santo Agostinho - Manaus». Consultado em 07/09/2014. 
  3. Renê Terra Nova (18 de novembro de 2014). «O MIR entra no Bar Mitzvah Apostólico». Consultado em 14 de julho de 2016. 
  4. Visão Celular
  5. «Apóstolo Renê Terra Nova». Unigospel. Consultado em 14 de julho de 2016. 
  6. «Primeira Igreja Batista da Restauração 23 anos - A história da igreja do avivamento». Ministério Internacional da Restauração. 18 de julho de 2015. Consultado em 14 de julho de 2016. 
  7. Onofre Ferreira Alves (2012). «Administração Eclesiástica - O Modelo do Governo dos Doze numa abordagem isenta de paixões». Arquivado desde o original em 07/09/2014. Consultado em 07/09/2014. 
  8. «Conhecendo as bases do ministério apostólico - parte 1». Ministério Internacional da Restauração. 15 de novembro de 2015. Consultado em 14 de julho de 2016. 
  9. «O discurso bíblico sobre honra e a prosperidade». Ministério Internacional da Restauração. 22 de março de 2015. Consultado em 14 de julho de 2016. 
  10. «Celebração das festas bíblicas». Ministério Internacional da Restauração. 27 de março de 2016. Consultado em 14 de julho de 2016. 
  11. «Purim celebrando o livramento». Ministério Internacional da Restauração. 21 de março de 2016. Consultado em 15 de julho de 2016. 
  12. «Hanuká - Tempo de Milagres». Ministério Internacional da Restauração. 16 de dezembro de 2014. Consultado em 15 de julho de 2016. 
  13. «Por que não celebramos o Natal». Ministério Internacional da Restauração. 25 de novembro de 2013. Consultado em 15 de julho de 2016. 
  14. Congresso Porto Seguro 2016
Ícone de esboço Este artigo sobre cristianismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.